História Mundial 1400-1450 DC - História

História Mundial 1400-1450 DC - História

1400 DC Reino de Maracca foi fundado - O Reino de Malaca foi fundado na península malaia na atual Indonésia. Malaca, fundada por Paramesvara, logo se tornou a principal potência marítima do Sudeste Asiático.
1400 DC Mongóis invadem a Síria - Em 1400, o conquistador mongol Tameralne invadiu a Síria após devastar a Geórgia e a Rússia. No ano seguinte, ele devastou Aleppo Damasco e Bagdá. Em 1402, Tamerlão derrotou o sultão otomano na batalha de Angorá.
1405 DC Mongol Empire Divided- Tamerlane, o líder dos Mongols, morreu repentinamente enquanto se preparava para atacar a China Ming. Com sua morte, o Império Mongol rapidamente se desintegrou.
1410 DC Batalha de Tannenberg - Os poloneses e os lituanos derrotaram os cavaleiros alemães na Batalha de Tannenberg em 15 de julho de 1410. Apesar da vitória, na Paz de Thorn assinada em 1411, os poloneses não conseguiram obter acesso ao mar.
1415 DC As forças inglesas destroem os franceses na batalha de Agincourt Os britânicos derrotaram os franceses de forma decisiva na batalha de Agincourt em 25 de outubro. Os arqueiros britânicos, sob o comando de Henrique V, foram a chave para a vitória britânica sobre os franceses. Cinco condes franceses, 90 barões e mais de 5.000 cavaleiros franceses foram mortos na batalha e 1.000 foram feitos prisioneiros. Como resultado da vitória inglesa, a nobreza francesa foi destruída e o sistema feudal foi destruído. A Normandia estava aberta à reconquista inglesa.
1415 DC Henrique, o Navegador - Toma Ceuta - O explorador e príncipe português Henrique, o Navegador, conquistou Ceuta, no atual Marrocos da dinastia Marind. Isso dá início à conquista portuguesa de partes da África.
1420 DC Capital da China - Pequim - O Segundo Imperador Ming mudou a capital da China de Nanquim para Pequim.
1420 DC Tratado de Troyes- Os franceses de Filipe e a Inglaterra de Henrique V assinaram o Tratado de Troyes. Segundo os termos do tratado, Henrique tornou-se rei da França e da Inglaterra. Henry foi autorizado a ocupar todas as terras do Loire.
1423 DC Batalha de Cravant - Em 1422, a Inglaterra retomou sua guerra com a França. Em agosto de 1423, as forças francesas e escocesas foram derrotadas de forma decisiva pelas forças da Inglaterra sob o comando de John Plantagent, que atuava como regente do infante Henrique VI.
1424 DC A França invade a Itália - Carlos VIII Rei da França iniciou as Guerras italianas invadindo a Itália em setembro de 1494. Em fevereiro de 1495, Nápoles se rendeu a Carlos. Ele se tornou temporariamente o rei de Nápoles. Alexandre VI organiza a Santa Liga que incluiu a Espanha para repelir os franceses da Itália. Em julho de 1495, os franceses perderam a Batalha de Fornovo e Carlos foi forçado a fugir da Itália.
1424 DC James I Freed - Rei da Escócia Depois de ser mantido em cativeiro inglês desde os 11 anos, o escocês James I foi libertado aos 29 anos. O conde de Somerset remeteu 10.000 marcos para resgatar James como dote por sua filha Jane. Jane e James se casaram em fevereiro de 1424. Em maio, James foi coroado rei da Escócia.
1429 DC Joana d'Arc Frees Orleans - A guerra entre a França e a Inglaterra continuou intermitente, apesar de vários acordos para cessar. Em 1428, os ingleses começaram a suplicar a Orleans. Joana d'Arc, uma jovem de Lorrain, começou a ter visões e alegar ouvir vozes. Ela convenceu o delfim francês a fornecer-lhe um pequeno exército e foi libertar Orleans. Isso mudou a própria natureza do conflito, dando aos franceses um novo senso de confiança em seu conflito com a Inglaterra e revigorando a monarquia francesa. Joana convenceu o povo de que o delfim era o filho legítimo de Carlos VI e foi coroado rei em Reims em 17 de julho de 1429.
1431 DC Joana d'Arc - Queimada Viva - Joana d'Arc entrou em Comiegne fora de Paris e foi feita prisioneira. Os britânicos mantiveram Joan na prisão em uma torre em Rouen. Carlos VII não fez nenhum esforço para ajudá-la. Em 1431, os ingleses entregaram Joana ao ex-bispo do bispo de Beauvais Pierre Cauchon, com a garantia de que ela seria condenada por traição contra Deus. Ela foi condenada e morta na fogueira em 30 de maio de 1431.
1431 DC Angkor Sacked - Angkor, a capital do Khmer, foi capturada e saqueada pelos tailandeses. O Império Khmer foi forçado a mudar sua capital para o local atual da capital cambojana, Phnom Penh.
1435 DC Tratado de Paz de Arras - Em 1435, o duque Filipe da Borgonha cansou-se de sua aliança com os ingleses. Ele assinou um tratado de paz com Carlos VI, que reconheceu Carlos como o único rei da França. Charles prometeu em troca punir os assassinatos do pai de Philip. Os ingleses não aceitaram o tratado de paz e a guerra continuou. Charles e Philip lutaram juntos e libertaram Paris dos ingleses. Uma trégua se seguiu entre a Grã-Bretanha e a França que durou 13 anos.
1438 DC Fundação da Dinastia Inca - A Dinastia Inca que governou o Peru até 1553 foi fundada em 1438. Diz-se que seu fundador foi Pachacutec. Ele rapidamente expandiu o império.
1444 DC Batalha de Varna- As forças otomanas travaram uma série constante de batalhas ao longo da fronteira com a Hungria. Murad, o sultão otomano, decidiu encerrar a contenda de uma vez por todas. Ele atacou Belgrado, a principal fortaleza na fronteira com a Hungria. Ele foi expulso de Belgrado. Encorajados por suas vitórias, os cristãos declararam uma nova cruzada contra os otomanos, cujo objetivo era expulsá-los da Europa. Os exércitos cristãos eram liderados por Hunyadi, que conquistou duas vitórias importantes, a primeira na batalha de Hermanstadt e depois na batalha de Nissa, na qual os otomanos são expulsos da Bulgária.
1450 DC Imprensa inventada - Em 1450, Johannes Guttenberg inventou a impressora. A invenção da imprensa revolucionou a comunicação e a educação, permitindo o desenvolvimento de jornais, além de livros com preços acessíveis. O primeiro produto da imprensa foi a Bíblia de Guttenberg.

Século 15

o Século 15 foi o século que abrange as datas julianas de 1 de janeiro de 1401 (MCDI) a 31 de dezembro de 1500 (MD).

Na Europa, o século 15 inclui partes do final da Idade Média, o início da Renascença e o início do período moderno. Muitos desenvolvimentos tecnológicos, sociais e culturais do século 15 podem, em retrospecto, ser vistos como o prenúncio do "milagre europeu" dos séculos seguintes. A perspectiva arquitetônica e os campos modernos que hoje são conhecidos como bancos e contabilidade foram fundados na Itália.

Constantinopla, conhecida como a Capital do Mundo e a Capital do Império Bizantino (atual Turquia), caiu para os emergentes turcos otomanos muçulmanos, marcando o fim do império bizantino tremendamente influente e, para alguns historiadores, o fim da Idade Média . [1] Isso levou à migração de eruditos e textos gregos para a Itália, enquanto a invenção do tipo móvel mecânico de Johannes Gutenberg deu início à impressão. Esses dois eventos desempenharam papéis fundamentais no desenvolvimento da Renascença. [2] [3] O Papado Romano foi dividido em duas partes na Europa por décadas (o chamado Cisma Ocidental), até o Concílio de Constança. A divisão da Igreja Católica e a agitação associada ao movimento hussita se tornariam fatores no surgimento da Reforma Protestante no século seguinte. A Espanha islâmica (Al-Andalus) foi dissolvida por meio da Reconquista cristã, seguida pelas conversões forçadas e a rebelião muçulmana, [4] encerrando mais de sete séculos de domínio islâmico e devolvendo a Espanha, Portugal e o sul da França aos governantes cristãos.

A busca pela riqueza e prosperidade do sultanato de Bengala na Índia [5] levou à colonização das Américas por Cristóvão Colombo em 1492 e às viagens portuguesas por Vasco da Gama, que ligou a Europa ao subcontinente indiano, inaugurando o período dos impérios ibéricos.

A Guerra dos Cem Anos terminou com uma vitória francesa decisiva sobre os ingleses na Batalha de Castillon. Problemas financeiros na Inglaterra após o conflito resultaram na Guerra das Rosas, uma série de guerras dinásticas pelo trono da Inglaterra. Os conflitos terminaram com a derrota de Ricardo III por Henrique VII na Batalha de Bosworth Field, estabelecendo a dinastia Tudor no final do século.

No Ásia, o Império Timúrida entrou em colapso e a dinastia Pashtun Lodi afegã foi fundada sob o sultanato de Delhi. Sob o governo do Imperador Yongle, que construiu a Cidade Proibida e comandou Zheng He para explorar o mundo além-mar, o território da Dinastia Ming atingiu seu auge.

No África, a disseminação do Islã levou à destruição dos reinos cristãos da Núbia, no final do século, deixando apenas Alodia (que entraria em colapso em 1504). O outrora vasto Império do Mali oscilou à beira do colapso, sob a pressão do crescente Império Songhai.

No Américas, tanto o Império Inca quanto o Império Asteca atingiram o auge de sua influência, mas a colonização europeia das Américas mudou o curso da história moderna.


História Mundial 1400-1450 DC - História

Uma década em que os homens que descobriram o Novo Mundo começaram a exploração e colonização das Américas, mesmo que não tenham sido os primeiros que pensaram que eram.

Mais pré-revolução

Dica de viagem ABH


Grande parte da melhor história da América inclui a beleza e a natureza de nossos parques nacionais, além de nossas praias e reservas. Desde o primeiro parque em Yellowstone, da costa do Maine até os trechos tropicais do pântano e a Big Cypress Preserve, foto acima, porta ao lado. Conheça a história dos EUA feita por nossas terras.

Acima: Explorador John Cabot. Imagem cortesia da Wikipedia Commons. À direita: Pintura de Cristóvão Colombo tomando posse de San Salvador, Ilha Watling por L Prang and Co., 1893. Imagens cortesia da Biblioteca do Congresso.


Século 15, 1401 a 1500

1402 Timur vence uma grande batalha em Angora (Ancara). Ele está preocupado por ter ajudado os cristãos ao derrotar um exército muçulmano. Ele envia enviados aos cavaleiros cristãos que governam Esmirna e exige que os cavaleiros se convertam ao Islã ou prestem homenagem. Eles se recusam a ambos, e Timur ataca e ordena que toda a população da cidade, incluindo mulheres e crianças, seja aniquilada. As cabeças dos derrotados, dir-se-ia, são exibidas em uma pirâmide.

1405 Um imperador da dinastia Ming, Yongle (ou Zhu Di), ordena que um de seus eunucos, Zheng He, um muçulmano que viajou para Meca e conhece o mundo um pouco melhor do que os outros na China, navegue em uma frota de navios no alto mares em busca de seu primo, o ex-imperador.

O imperador da China de 1406, Zhu Di, envia tropas que iniciam uma tentativa de 18 anos de conquistar Annam (Vietnã).

1406 A geografia de Ptolomeu, um grego antigo, é introduzida na Europa. Isso afirma que a terra é o centro do universo e que todos os corpos celestes giram em torno dela em círculos perfeitos.

1407 Londres tem uma nova instituição e um lugar para os loucos chamado hospital de Bethlehem.

1408 Na Grã-Bretanha, a Bíblia em língua inglesa de John Wyclif & # 39s foi publicada.

1409 Prelados se reúnem em Pisa para nomear um papa para substituir os dois que afirmam ser papa. Os dois papas existentes se recusam a se afastar.

1410 Uma força germânica, os Cavaleiros Teutônicos, estão tentando obter o controle da Polônia. Os cavaleiros são aliados dos reis da Boêmia e da Hungria. Seu exército tem "cruzados" voluntários e cerca de 27.000. Um exército de 39.000 lutando pelo rei polonês, Wladyslaw Jagiello, inclui lituanos, rutenos e tártaros, além de poloneses, e eles derrotam os alemães. Os Cavaleiros Teutônicos diminuem de poder e a Europa Oriental não se torna uma colônia alemã.

1413 Na Inglaterra, os seguidores de John Wyclif, morto desde 1384, afirmam que a Bíblia é a única regra de fé. Eles apelam ao clero católico para que retorne à vida simples da Igreja primitiva. Eles se opõem à guerra, à doutrina da transubstanciação, confissão e imagens na adoração. Eles marcham sobre Londres e Henrique V, temendo a desordem social, suprime o movimento.

1415 John Hus, um tcheco e ex-reitor de filosofia da Universidade de Praga, viaja ao Concílio de Constança para propor suas reformas para a Igreja. Após sua chegada, ele é julgado por heresia e queimado na fogueira.

1415 O príncipe Henrique de Portugal, com uma frota de 200 navios e 20.000 homens, captura o porto de Ceuta aos mouros.

1416 pescadores holandeses estão usando redes de deriva.

1419 Ultimamente, os portugueses têm construído navios equipados com latina, que podem navegar contra o vento. Eles estão explorando as águas da costa do norte da África e reivindicam a ilha de Madiera.

1420 Os portugueses lutam contra os habitantes das Ilhas Canárias, a sul da Madiera.

1421 Na Áustria, os judeus são presos e expulsos.

1421 Em Florença, a primeira patente é concedida & ndash para uma barcaça com guindastes, usada para transportar mármore.

1422 No Japão, um professor Zen, Ketsugan, está realizando exorcismos.

1425 templos Zen no Japão estão contribuindo para a difusão cultural importando literatura chinesa, estilos aritísticos e idéias religiosas.

1428 O Papa Martinho V ordena que os ossos de John Wyclif sejam exumados e queimados.

1428 O rei Alfonso V, rei de Nápoles e Sicília, ordena aos judeus da Sicília que se convertam ao catolicismo.

1429 A Guerra dos Cem Anos & # 39 continua e, em maio, Joana D'Arc derrota os ingleses em Orleans. Em agosto, ela entra em Paris em triunfo.

1431 Alguns ingleses veem Joana d'Arc como uma verdadeira bruxa e um agente do diabo - uma resposta comum à adversidade nesta época. Joan é capturada. Os ingleses a entregam às autoridades eclesiásticas & ndash a Inquisição & ndash e na cidade francesa de Rouen, então sob o domínio inglês, Joan é queimada na fogueira.

1431 Os mexicas (astecas) venceram uma guerra de três anos com os tepanecas, dominantes no centro do México e aos quais os mexicas têm prestado homenagem. Os mexicas conquistaram a cidade de Tepaneca, Azcapotzalco. Os Mexica estabelecem uma aliança com a Acolhua, da cidade Texcoco, e a Tepaneca, de Tlacopan. Esta aliança será a base de um império Mexica.

1431 O almirante Zheng He da China lidera uma frota de 52 navios, com quase 30.000 homens, para a costa leste da África.

1433 Os Songhai se rebelaram contra o Império do Mali e estão interrompendo o comércio do Mali no rio Níger. Mali está em declínio. Os Songhai são capazes de saquear e ocupar Timbuktu.

1434 Nesta era pré-industrial, o maior negócio é o banco, e na cidade toscana de Florença, uma família de banqueiros, os Medici, começa a dominar politicamente a cidade.

1434 Os portugueses começam a navegar pelo Cabo Bojador, para além do qual tinha sido considerado um "Mar das Trevas", do qual nenhum europeu tinha regressado.

1435 Em meio à rebelião e turbulência, o parlamento sueco se reúne pela primeira vez, para ser dominado por famílias nobres e pelo órgão que mantém a identidade nacional sueca.

1436 Da região do Cáucaso, al-Ashraf Qaytbay, aos vinte anos, é trazido ao Egito como escravo, comprado por um comerciante para ser recrutado como guerreiro mameluco. Ele é um hábil cavaleiro e seus dons são para chamar a atenção dos principais militaristas egípcios.

1438 A tribo Chanca ataca a cidade-estado inca de Cusco pelo norte. Em defesa, os Inca começam a reorganizar seu sistema governamental, a expandir suas alianças e com força para construir o Império Tahuantinsuyu.

1439 Os líderes da Igreja Católica Romana e Ortodoxa Oriental concordam em reunificar esses dois ramos do Cristianismo. Os russos não concordam e a Igreja Ortodoxa Russa permanecerá independente do Vaticano em Roma.

1441 Em uma de suas caravelas, os portugueses transportam cerca de 200 escravos da África para Portugal.

1448 Na China, a hiperinflação reduz o valor do papel-moeda em 97%.

1448 Em uma pequena ilha conhecida como Arguim (Arguim), aproximadamente 700 quilômetros ao sul do Cabo Bojador, os portugueses constroem um castelo e estabelecem o primeiro entreposto comercial europeu na África.

1448 A Igreja Ortodoxa Russa torna-se independente do Patriarca de Constantinopla.

1450 Em Kyoto, o templo Ryoanji Zen é construído. Tem um jardim de quinze pedras em areia branca e ndash uma austeridade para ajudar na meditação.

1450 O estado mais rico da costa leste da África, o Zimbábue, está abandonado depois de sofrer com o sobrepastoreio, erosão de terras agrícolas e perda de madeira. Reinos vizinhos ao Zimbábue são conquistados por Mwene Mutapa.

1452 Na Europa, placas de metal estão sendo usadas em prensas do tipo parafuso.

1452 Há fome na cidade mexica (asteca) de Tenochtitlan.

1453 Constantinopla tem declinado economicamente, em população e força militar. Usando artilharia e especialistas europeus, os turcos otomanos romperam as paredes de Constantinopla. Forças muçulmanas disciplinadas capturam a cidade. Isso termina Constantinopla como o centro do Cristianismo Ortodoxo Oriental e o coração das ruínas do Império Romano.

1453 Os franceses capturam Bordéus, último lugar ocupado pelos ingleses, exceto a cidade portuária de Calais, no canal da Mancha. A Guerra dos Cem Anos & # 39 termina sem um tratado formal assinado e sem renúncia dos direitos ao trono francês por um rei inglês. O nacionalismo aumentou, e as pessoas comuns na Inglaterra estão chateadas com o que consideram a Inglaterra tendo perdido a guerra. Com o fim da Guerra dos Cem Anos & # 39, o comércio revive e termina a depressão econômica.

1453 Quarenta e um judeus são queimados na fogueira em Breslau, Polônia.

1455 Na cidade alemã de Mainz, Johann Gutenberg, usando tipos de metal em uma impressora tipo parafuso, imprime a Bíblia de & quotGutenberg & quot. Sua impressora é um avanço em relação às prensas de rosca usadas na agricultura. Ele foi o primeiro europeu a usar a tipografia, começando por volta de 1439. A impressão foi para aumentar a circulação da literatura, estimular um aumento na alfabetização, conhecimento e ciência.

1455 Com inclinações humanistas e um entusiasmo pela literatura e arte, o Papa Nicolau V renasceu nos últimos cinco anos a Biblioteca do Vaticano & ndash colocando-a em curso para se tornar uma das maiores bibliotecas do mundo. Ele morre aos 58 anos.

1456 Juízes e comissários no palácio do arcebispo na cidade de Rouen declaram que Joana d'Arc era inocente das acusações que levaram à sua execução & ndash após dezenove anos de apelação e quase um ano de audiências. O arcebispo declara o caso encerrado.

1456 Os turcos otomanos invadem Atenas, iniciam uma estada que durará 400 anos e transformam o Partenon em uma mesquita.

1459 Os turcos otomanos assumiram o controle de toda a Sérvia.

1461 Duas famílias, ambas descendentes do rei Eduardo III (que reinou de 1327 a 1377 e era da dinastia Plantageneta) estão em guerra há anos. Uma família é a Casa de York e a outra a Casa de Lancaster. Esta é a Guerra das Rosas. Eduardo, da Casa de York, derrota os Lancastrianos em Mortimor & # 39s Cross. Ele é proclamado rei e ascende ao trono como Eduardo IV.

1461 O rei Loius XI da França cria um serviço postal.

1463 Os turcos otomanos expandem-se para a Bósnia. Eles executam o rei da Bósnia, Stefan Tomasevic, o último da dinastia Kotromanica. O assassinato, como meio de resistência ao domínio estrangeiro, é visto pelos sérvios da Bósnia como um ato heróico.

1464 Os Impérios Songhai e Mali lutam por Timbuktu, com grande perda de vidas. A vitória dos Songhai e o Império do Mali estão mais obviamente em declínio.

1466 Um albanês, George Kastrioti, também conhecido como Skanderbeg, liderou outra resistência bem-sucedida contra uma invasão otomana e é um herói em toda a cristandade.

1467 No Japão, uma disputa sobre a sucessão do shogunato Ashikaga dá início à Guerra Onin, que agrava o conflito entre senhores da guerra regionais (daimyo).

1468 Skanderbeg está doente e morre na cama, e os otomanos absorvem a Albânia.

1468 No Egito, al-Ashraf Qaytbay torna-se o sultão mameluco. Ele compra mais 46.000 escravos de sua área de origem e ndash o Caucusus. Esses escravos têm normalmente entre dez e 20 anos de idade, embarcados pelo estreito turco. É uma troca nas mãos dos genoveses.

1469 Fernando de Aragão casa-se com Isabel de Castela.

1471 Depois de ter assegurado muito do que hoje é o centro e o norte do Peru, os incas expandiram seu império para o Equador. Com um novo rei, Tupac Inca, eles começam a se expandir para o sul no Chile, Bolívia e Argentina.

1472 Benin é uma cidade murada com vários quilômetros de largura em uma região de floresta no interior de onde o rio Níger deságua no Oceano Atlântico. Seu rei, Ewuare, negocia cativos capturados em batalha, entregando-os como escravos aos portugueses.

1472 Em uma de suas viagens, o sultão mameluco, Qaytbay, é perseguido por camponeses. Ele acena para seus guarda-costas, cumprimenta-os e permite que agarrem suas roupas.

1477 França & # 39s Louis XI ganha o controle da Borgonha.

1477 No Japão termina a Guerra Onin. O shogunato é enfraquecido e o poder muda para os senhores da guerra feudais (daimyo).

1478 Uma conspiração, que inclui o Arcebispo de Pisa e tem o apoio do Papa Sisto IV, leva a um ataque aos Medici enquanto eles estavam na igreja. O arcebispo e vários outros são enforcados. O Papa Sisto coloca Florença sob o interdito e excomunga o líder Medici de Florença, Lorenzo de Medici. O papa forma uma aliança militar com o rei de Nápoles, e a diplomacia de Lorenzo impede um ataque.

1479 Após quatro anos de guerra, a Espanha aceita o monopólio do comércio de Portugal ao longo da costa atlântica da África e Portugal reconhece os direitos da Espanha nas Ilhas Canárias.

1479 Os turcos otomanos e Veneza estão em guerra desde 1463. Veneza é derrotada militarmente e cede a parte de seu império, ao longo do mar Adriático, que os turcos otomanos ocupam.

1480 Leonardo da Vinci de Florença, de 28 anos, inventa o paraquedas.

Ivan III de 1480 Moscou se sente forte o suficiente para se recusar a prestar homenagem aos mongóis

1481 Louis XI da França ganha os territórios de Anjou, Bar Mine e Provence.

1480 Fernando e Isabel, da Espanha, empregam a Inquisição Espanhola para investigar se os judeus convertidos estão secretamente apegados ao Judaísmo.

1481 Dois monarcas letões são executados pelo assassinato do rei polonês, Kazimierz IV.

1482 portugueses fundaram novos assentamentos comerciais na África & # 39 & quotCosta dourada & quot. Eles estão trocando ferragens, armas de fogo, têxteis e alimentos por ouro, marfim, comida e escravos.

1482 Os turcos otomanos ocupam a Herzegovina e unem-se administrativamente à Bósnia. Seus nobres e uma grande porcentagem de seus camponeses devem aceitar o Islã.

1482 Cairo é uma das maiores e mais ricas cidades e é muito admirada pelos viajantes ocidentais.

1483 Eduardo IV da Inglaterra morreu. Seu filho o sucede como Edward V, e ele é assassinado. O duque de Gloucester, irmão mais novo de Eduardo IV, usurpa o trono e é coroado Ricardo III.

1483 O Papa Inocêncio VIII emite uma declaração deplorando a disseminação da bruxaria e da heresia na Alemanha. Ele ordena que os gatos pertencentes a bruxas condenadas sejam queimados, assim como as bruxas.

1485 Henry Tudor, um parente da família Lancaster, derrota Ricardo III na Batalha de Bosworth. A família Tudor assume o poder e é coroada Henrique VII.

1485 Henry VII se casa com Elizabeth de York, unindo as famílias Lancaster e York. A Guerra das Rosas acabou.

1491 O rei Carlos VIII da França invade a Bretanha e força Ann, da Bretanha, de 14 anos, a se casar com ele, acrescentando a Bretanha ao território francês.

1492 Os monarcas da Espanha, Fernando e Isabel, fazem sua parte na guerra contra o Islã e anexam Granada. Também dão aos judeus três meses para se converterem ao cristianismo, se quiserem evitar o banimento do país. E a viagem que a monarquia está pagando, liderada por Cristóvão Colombo, zarpa para a China rumo ao oeste.

1493 Cristóvão Colombo retorna do Caribe e, no final do ano, ele navega de volta para o Caribe.

1494 Os reis estavam fazendo o que os reis faziam há séculos: buscar riqueza, expansão territorial e controle sobre as pessoas. Este ano, Cristóvão Colombo & ndash, um agente de Ferdinand e Isabella & ndash, começa a usar pessoas do Caribe como escravos.

1494 Piero de Medici governa desde a morte de seu pai, Lorenzo, em 1492. Ele faz as pazes com os franceses, que invadiram a Toscana (onde fica Florença). Um levante político o leva ao exílio. Florence está na anarquia. Um padre dominicano, Savonarola, é anti-renascentista. Ele se opõe à música popular, arte e outras coisas mundanas.

1496 judeus são expulsos da Síria.

1496 O sultão Qaytbay morre aos 53 anos, seguido por grandes emires competindo para sucedê-lo.

1497 Meninos que trabalham para Savonarola coletam de suas casas coisas associadas à frouxidão moral: espelhos, cosméticos, quadros, livros, vestidos finos, obras de poetas imorais. Savonarola mandou queimar isso. A obra de arte renascentista está perdida. O Papa Alexandre VI excomunga Savonarola.

1497 Na Escócia, as crianças são obrigadas por lei a ir à escola

1498 Escovas de dentes aparecem na China.

1498 Vasco da Gama chega à Índia.

1498 Savonarola é enforcado. Uma multidão enfurecida queima Savonarola no mesmo local onde ele ordenou sua fogueira.

1498 Colombo sai da Espanha com seis navios em sua terceira viagem para as Américas.

1498 judeus são expulsos de Nuremberg e da Baviera.

1498 Os turcos otomanos invadem a Dalmácia e devastam as terras ao redor de Zara. Veneza vai à guerra novamente contra os turcos otomanos.

1500 Portugal coloniza as ilhas de São Tomé e Príncipe ao largo da costa atlântica de África.


Eventos

Início do comércio de escravos português

Este foi o início do comércio de escravos brutal no Atlântico. Os escravos eram sequestrados e comercializados na África e depois trazidos para a Europa ou as Américas para trabalhar. A maioria dos escravos foi levada pelos portugueses para o Brasil, onde trabalhariam nas plantações de açúcar. Isso é importante por causa dos efeitos devastadores que teve sobre a população africana e a cultura que criou nas Américas, especialmente no Brasil.

Columbus & # 39 First Voyage

Cristóvão Colombo era um marinheiro genovês que procurava uma rota comercial para a Ásia pelo oeste. Estando um pouco confuso com sua geografia, ele achou que isso seria lucrativo. Fernando e Isabel da Espanha financiam sua viagem e ele descobre que a notícia de suas viagens no Caribe se espalhou e logo todas as potências europeias estão navegando para a América. Isso é tão importante por causa da imensa troca de plantas, animais, cultura, doenças e pessoas que ocorre e muda o mundo para sempre.

Bartolomeu Dias & # 39s viagem para o Oceano Índico

Explorador português que saiu de Portugal e contornou o Cabo da Boa Esperança para entrar no Oceano Índico. Embora ele não tenha sido capaz de explorar mais, é importante porque ele abriu uma rota para a Índia, China e ilhas no sudeste da Ásia, todas cheias de recursos.

Tratado de Tordesilhas

Este foi um tratado que Espanha e Portugal assinaram e que dividiu o mundo ao longo de uma linha imaginária (norte-sul 370 léguas a oeste dos Açores / Ilhas de Cabo Verde). A Espanha não pôde tomar nenhuma terra a oeste desta linha e Portugal ficou com as terras a leste da linha. Isso foi importante porque é o que deu a Portugal o Brasil e a Espanha em todos os outros lugares e lá o domínio impactou muito o futuro dessas terras.

Conquista espanhola do México

Hernan Cortes levou 450 soldados ao México em busca de ouro. O primeiro lugar que encontraram foi a capital asteca no Lago Texcoco, depois de algumas lutas que conseguiram fazer com que os astecas se rendessem. Espadas de aço, mosquetes, canhões, cavalos, doenças e alianças feitas com gente que não gostava dos mexicas é o que lhes dava vantagem ali.

Fundação da Sociedade de Jesus

A Companhia de Jesus foi fundada por Santo Inácio de Loyola, um nobre e soldado que, após um ferimento, voltou-se para a religião. Foi estabelecido para estender os limites e influência da nova Igreja Romana Reformada. Conhecidos como jesuítas, eles eram estrita e amplamente educados, o que os ajudou a se tornarem grandes missionários e aconselharam reis e governantes. Isso é importante porque eles poderiam influenciá-los no sentido de políticas que beneficiariam a igreja e em seus esforços missionários tornariam o cristianismo uma religião generalizada até mesmo global.

Concílio de trento

Esta foi uma assembléia de bispos, cardeais e outras autoridades importantes da Igreja que se reuniram para discutir reformas e questões de doutrina. Importante porque esta foi uma grande parte da Reforma Católica, eles disseram que os oficiais da Igreja teriam melhores padrões morais e construiriam escolas e seminários para melhor educar os padres.

Armada Espanhola

Esta foi uma frota naval enviada pelo rei Filipe II da Espanha à rainha Elizabeth da Grã-Bretanha. O rei Filipe, que era católico, ficou furioso com a rainha Elizabeth por ser protestante e queria que a Inglaterra voltasse aos seus costumes católicos, mas não deu certo.

Guerra dos Trinta Anos e # 39

Uma guerra que começou como um conflito religioso da Boêmia (protestantes contra católicos) e se transformou em uma guerra gigante que envolveu todas as grandes potências da época. Com o passar do tempo, isso se transformou em uma guerra mais política, em que os poderes individuais lutavam para fugir da ideia de unidade religiosa e queriam se tornar Estados centralizados independentes. Importante porque foi o que aconteceu com a Paz de Westfália.

Paz de Westphalia

A Paz de Westfália marcou o fim da Guerra dos Trinta Anos. Este tratado fez da Europa para sempre uma terra de Estados concorrentes, independentes e soberanos. A unidade religiosa chegou ao fim para sempre na Europa. Este tratado não acabou com os combates na Europa, mas marcou o início da & quotera de estados soberanos. ” (Tradições e Encontros 506).
A Paz de Westfália foi o tratado que encerraria a Guerra dos Trinta Anos. Basicamente, concordou que todos os países se reconheceriam como soberanos e iguais. Isso é importante porque, embora a luta não parasse depois disso, acabaria com a ideia de uma possibilidade de unidade religiosa e a Europa continuaria com Estados soberanos.

Guerra dos Sete Anos e # 39

A Guerra dos Sete Anos foi uma guerra que começou originalmente contra a França quando ele estava se tornando muito forte na Europa e mais tarde se tornaria um caso ainda maior envolvendo França, Áustria e Rússia contra a Grã-Bretanha e a Prússia. É importante porque mostra a soberania distinta de cada nação e por causa do envolvimento nas Américas mostra que a guerra foi em escala global lutando de forma mais imperialista.

Estabelecimento da 1ª Colônia na Austrália

A primeira colônia a ser estabelecida na Austrália, pelos britânicos, foi uma colônia penal. Trouxe 1.000 passageiros e 80% deles eram condenados e por muito tempo os criminosos superaram os não criminosos. Isso é importante porque só mais tarde é que os migrantes e colonos europeus começam a fluir seriamente para o continente e a fazer conexões duradouras.

Fim do comércio de escravos britânico

A Dinamarca foi a primeira a abolir o comércio de escravos em 1803 e depois a Grã-Bretanha e outras nações seguiram o exemplo. Embora fosse ilegal negociar escravos, a escravidão ainda era legal, então alguns escravos ainda estavam sendo vendidos e enviados ilegalmente. Esquadrões navais britânicos patrulhariam a costa oeste da África para impedir isso e o comércio ilegal de escravos acabou. A abolição da escravatura veio depois por razões econômicas e morais.


Gênios da Renascença

Alguns dos mais famosos e inovadores intelectuais, artistas, cientistas e escritores do Renascimento incluem:

Leonardo da Vinci (1452 & # x20131519): Pintor, arquiteto, inventor italiano e & # x201Homem renascentista & # x201D responsável pela pintura & # x201Ca Mona Lisa & # x201D e & # x201CA Última Ceia.

Desiderius Erasmus (1466 & # x20131536): Acadêmico da Holanda que definiu o movimento humanista no norte da Europa. Tradutor do Novo Testamento para o grego. & # XA0

René Descartes (1596 & # x20131650): filósofo e matemático francês considerado o pai da filosofia moderna. Famous for stating, “I think therefore I am.”

Galileo (1564-1642): Italian astronomer, physicist and engineer whose pioneering work with telescopes enabled him to describes the moons of Jupiter and rings of Saturn. Placed under house arrest for his views of a heliocentric universe.

Nicolaus Copernicus (1473�): Mathematician and astronomer who made first modern scientific argument for the concept of a heliocentric solar system.

Thomas Hobbes (1588�): English philosopher and author of “Leviathan.”

Geoffrey Chaucer (1343�): English poet and author of “The Canterbury Tales.”

Giotto (1266-1337): Italian painter and architect whose more realistic depictions of human emotions influenced generations of artists. Best known for his frescoes in the Scrovegni Chapel in Padua.

Dante (1265�): Italian philosopher, poet, writer and political thinker who authored “The Divine Comedy.”

Niccolo Machiavelli (1469�): Italian diplomat and philosopher famous for writing “The Prince” and “The Discourses on Livy.”

Titian (1488�): Italian painter celebrated for his portraits of Pope Paul III and Charles I and his later religious and mythical paintings like “Venus and Adonis” and "Metamorphoses."

William Tyndale (1494�): English biblical translator, humanist and scholar burned at the stake for translating the Bible into English.

William Byrd (1539/40�): English composer known for his development of the English madrigal and his religious organ music.

John Milton (1608�): English poet and historian who wrote the epic poem “Paradise Lost.”

William Shakespeare (1564�): England’s “national poet” and the most famous playwright of all time, celebrated for his sonnets and plays like “Romeo and Juliet.”

Donatello (1386�): Italian sculptor celebrated for lifelike sculptures like �vid,” commissioned by the Medici family.

Raphael (1483�): Italian painter who learned from da Vinci and Michelangelo. Best known for his paintings of the Madonna and “The School of Athens.”

Michelangelo (1475�): Italian sculptor, painter, and architect who carved �vid” and painted The Sistine Chapel in Rome.


DMCA Complaint

Se você acredita que o conteúdo disponível por meio do Site (conforme definido em nossos Termos de Serviço) viola um ou mais de seus direitos autorais, notifique-nos fornecendo um aviso por escrito ("Aviso de Violação") contendo as informações descritas abaixo para o designado agente listado abaixo. Se Varsity Tutors tomar medidas em resposta a um Aviso de Infração, ele fará uma tentativa de boa fé para entrar em contato com a parte que disponibilizou tal conteúdo por meio do endereço de e-mail mais recente, se houver, fornecido por tal parte aos Tutores do Varsity.

Seu Aviso de violação pode ser encaminhado para a parte que disponibilizou o conteúdo ou para terceiros, como ChillingEffects.org.

Informamos que você será responsabilizado por danos (incluindo custas e honorários advocatícios) caso expresse indevidamente que um produto ou atividade está infringindo seus direitos autorais. Portanto, se você não tiver certeza de que o conteúdo localizado ou vinculado ao site viola seus direitos autorais, você deve primeiro entrar em contato com um advogado.

Siga estas etapas para registrar um aviso:

Você deve incluir o seguinte:

Uma assinatura física ou eletrônica do proprietário dos direitos autorais ou de uma pessoa autorizada a agir em seu nome Uma identificação do direito autoral alegadamente violado Uma descrição da natureza e localização exata do conteúdo que você alega violar seus direitos autorais, em suficiente detalhes para permitir que os tutores do time do colégio encontrem e identifiquem positivamente esse conteúdo, por exemplo, exigimos um link para a questão específica (não apenas o nome da questão) que contém o conteúdo e uma descrição de qual parte específica da questão - uma imagem, um link, o texto, etc - sua reclamação refere-se ao seu nome, endereço, número de telefone e endereço de e-mail e uma declaração sua: (a) que você acredita de boa fé que o uso do conteúdo que você alega infringir seus direitos autorais é não autorizado por lei, ou pelo proprietário dos direitos autorais ou agente do proprietário (b) que todas as informações contidas em seu Aviso de violação são precisas e (c) sob pena de perjúrio, que você é o proprietário dos direitos autorais ou uma pessoa autorizada a agir em seu nome.

Envie sua reclamação para o nosso agente designado em:

Charles Cohn Varsity Tutors LLC
101 S. Hanley Rd, Suíte 300
St. Louis, MO 63105


CLICK BELOW for pages dedicated to the TWO UNITS in this PERIOD.

A deepening and widening of networks of human interaction within and across regions contributed to cultural, technological, and biological diffusion within and between various societies.

Improved commercial practices led to an increased volume of trade and expanded the geographical range of existing trade routes—including the Silk Roads, trans-Saharan trade network, and Indian Ocean—promoting the growth of powerful new trading cities.

The Indian Ocean trading network fostered the growth of states.

The growth of inter-regional trade in luxury goods (silk and cotton textiles, porcelain, spices, precious metals and gems, slaves, exotic animals)

(The Growth of Inter-regional Trade) was encouraged by innovations in previously existing transportation and commercial technologies, including the caravanserai, forms of credit, and the development of money economies as well as the use of the compass, the astrolabe and larger ship designs.

The economy of Song China flourished as a result of increased productive capacity, expanding trade networks, and innovations in agriculture and manufacturing.

The expansion of empires—including the Mongols—facilitated Afro-Eurasian trade and communication as new people were drawn into their conquerors’ economies and trade networks.

The expansion of empires—including Mali in West Africa—facilitated Afro-Eurasian trade and communication as new people were drawn into the economies and trade networks.

The expansion and intensification of long distance trade routes often depended on environmental knowledge, including advanced knowledge of the monsoon winds. The growth of inter-regional trade was encouraged by innovations in existing transportation technologies.

Muslim rule continued to expand to many parts of Afro-Eurasia due to military expansion, and Islam subsequently expanded through the activities of merchants, missionaries, and Sufis.

In key places along important trade routes, merchants set up diasporic communities where they introduced their own cultural traditions into the indigenous cultures and, in turn, indigenous cultures influenced merchant cultures.

As exchange networks intensified, an increasing number of travelers within Afro–Eurasia wrote about their travels. .

Increased cross-cultural interactions resulted in the diffusion of literary, artistic, and cultural traditions, as well as scientific and technological innovation.

Chinese cultural traditions continued, and they influenced neighboring regions.

Buddhism and its core beliefs continued to shape societies in Asia and included a variety of branches, schools, and practices.

Islam, Judaism, Christianity, and the core beliefs and practices of these religions continued to shape societies in Africa and Asia.

Hinduism, Islam, and Buddhism, and their core beliefs and practices, continued to shape societies in South and Southeast Asia.

Christianity, Judaism, Islam and the core beliefs and practices of these religions continued to shape societies in Europe.

There was continued diffusion of crops and pathogens, with epidemic diseases, including the Bubonic plague, along trade routes.

State formation and development demonstrated continuity, innovation, and diversity in various regions.

As the Abbasid Caliphate fragmented, new Islamic political entities emerged, most of which were dominated by Turkic peoples. These states demonstrated continuity, innovation, and diversity.

Empires and states in Afro-Eurasia and the Americas demonstrated continuity, innovation, and diversity in the 13th century. This included the Song Dynasty of China, which utilized traditional methods of Confucianism and an imperial bureaucracy to maintain and justify its rule.

State formation and development demonstrated continuity, innovation, and diversity, including the new Hindu and Buddhist states that emerged in South and Southeast Asia.

Europe was politically fragmented and characterized by decentralized monarchies, feudalism, and the manorial system.

Empires collapsed in different regions of the world and in some areas were replaced by new imperial states, including the Mongol khanates.

In the Americas and in Africa, as in Eurasia, state systems demonstrated continuity, innovation, and diversity, and expanded in scope and reach.

Muslim states and empires encouraged significant intellectual innovations and transfers.

Inter-regional contacts and conflicts between states and empires, including the Mongols, encouraged significant technological and cultural transfers,

…including during Chinese maritime activity led by Ming Admiral Zheng He.

Changes in trade networks resulted from and stimulated increasing productive capacity, with important implications for social and gender structures and environmental processes.

Demand for luxury goods increased in Afro–Eurasia. Chinese, Persian, and Indian artisans and merchants expanded their production of textiles and porcelains for export manufacture of iron and steel expanded in China.

The fate of cities varied greatly, with periods of significant decline and periods of increased urbanization buoyed by rising productivity and expanding trade networks.

The economy of Song China became increasingly commercialized while continuing to depend on free peasant and artisanal labor.

Europe was largely an agricultural society dependent on free and coerced labor, including serfdom.


World History Timeline (1450-1750)

This era was important because it was the age of technological development. Johann Gutenberg created the Gutenberg printing press. The invention which allowed for mass printings of newspapers and books and gave everyone the same knowledge. Donatello was a sculptor who revolutionized art in Florence. Leonardo da Vinci was a painter, architect, inventor and a scientist. He changed the viewpoint of humanism.

Beginning of portuguese slave trade

Slaves would be kidnapped and traded from Africa and then brought to Europe or the Americas to work. Most slaves went were taken by the Portuguese to Brazil and then made to work in the sugar plantations. This is an event that's important because of the destructive effects it had on the African population and the culture it created in the Americas, especially in Brazil.

Christopher's’ First Voyage

Christophers’ First Voyage was to find a new trading route to Asia. He never found the route he was looking for but instead found America. This then, in turn, lead to the Columbian Exchange and colonization of America. Both events changed the viewpoint of the world showing that the world wasn't flat and there was more to discover.

Early Modern Era

This was the time of scientific, mathematic discovery plus the discovery of the Americas.

Ottoman Empire took over Constantinople End of the Byzantine Empire

Ottoman army stormed Constantinople, Mehmed triumphantly entered the Hagia Sophia, which would become the city’s leading mosque. Emperor Constantine XI died in battle that day.

Columbus Exchange

It was the exchange of plants, animals, diseases, and technologies between the Americans and the rest of the world. This event changed both the Old and New World forever making an impact on both cultures.

Treaty of Tordesillas

When Spain and Portugal split the world along an imaginary line, Spain couldn't take any land west of this line and Portugal got the land to the east of the line. This event is important to history because it was a rivalry that was resolved without hostilities, through the demarcation of areas of influence by the Catholic Church. The Treaty of Tordesillas successfully arbitrated which lands could be ruled by Spain and which could be ruled by Portugal by creating a boundary.

Vasco de Gama discovers trade route to India

Vasco da Gama was a highly successful Portuguese sailor and explorer during the Age of Exploration. He was on a mission to reach India and open a sea route from Europe to the East.


World History timeline 600 CE - 1450 CE

The Sui Dynasty was a short-lived Imperial Chinese dynasty. Preceded by Southern and Northern Dynasties, unified China for the first time after over a century of north-south division.Founded by Emperor Wen of Sui, the Sui Dynasty capital was at Chang’an.

Tang dynasty

The Tang Dynasty was an imperial dynasty of China preceded by the Sui Dynasty and followed by the Five Dynasties and Ten Kingdoms Period. It was founded by the Li family, who seized power during the decline and collapse of the Sui Empire. The dynasty was interrupted briefly by the Second Zhou Dynasty when Empress Wu Zetian seized the throne, becoming the only Chinese empress regnant, ruling in her own right.

Rise of Islam

Started by the Islamic prophet, Muhammad, after his revelation with the Angel Gabriel. Would evolve into a major world religion becoming prominent in Africa, the Middle East, Indonesia, and even as far as the Iberian Peninsula in Europe.

Ummayyad caliphate

The Umayyad Caliphate was the second of the four major Islamic caliphates established after the death of Muhammad. The caliphate was centered on the Umayyad dynasty hailing from Mecca. The Umayyad family had first come to power under the third Caliph, Uthman ibn Affan but the Umayyad regime was founded by Muawiya ibn Abu

Silla dynasty

Kingdom of ancient Korea that in AD 668 unified togethor on the Korean peninsula under the Unified Silla dynasty. The Silla dynasy emerged as a full-fledged kingdom in the 6th century coming out of Chinese control. In a unique military corps, was organized allied with Tang-dynasty. Adopted a Chinese bureaucratic structure, but its aristocracy was never replaced by a bureaucratic class based on merit.

Fujiwara rule

Period of Japanese history during which the emperor resided in Nara. The capital city was modeled on the capital of Tang-dynasty China, Chang’an, from whom the Japanese borrowed extensively in this period. Buddhism, which had entered Japan a little more than a century earlier, rose in popularity, and many temples and statues were commissioned. The Chinese writing system was introduced and modified by the Japanese allowing two official histories and the earliest Japanese poetry collections to be produced. The Taiho Code, was based on Chinese law, and the Chinese equal-field system of land distribution, though no longer rigorously enforced, continued to remain in effect.

Battle of Tours

Battle in France between European forces and Islamic. The Islamic forces were pushing greatly into Europe and without a European victory, the Islamic forces may of been able to push even further if not, all the way through Europe.


The 100 Most Important People In History

Stony Brook University computer science professor Steven Skiena and Google software engineer Charles B. Ward take on this ambitious task in a book published this fall: "Who's Bigger: Where Historical Figures Really Rank . "

Just as Google ranks web pages, the researchers created an algorithm that ranks historical figures by Wikipedia PageRank, article length, and readership, as well as achievement and celebrity.

Their conclusions have not come without controversy. The top 100 significant figures are overwhelming white and male. For example, Nelson Mandela, who helped end Apartheid in South Africa, ranked only 356 . And just three women broke the top 100.

Cass Sunstein of "The New Republic" wrote a sprawling analysis of their findings. She questions not only if we can measure historical significance, but whether we should and certainly why the authors relied solely on the English-language version of Wikipedia. On that note, perhaps we could call these the most important figures in Western history.

1. Jesus: central figure of Christianity (7 B.C. - A.D. 30)

2. Napoleon: Emperor of France, involved in the Battle of Waterloo (1769 - 1821)

3. Muhammad: prophet and founder of Islam (570 - 632)

4. William Shakespeare: English playwright, wrote "Hamlet" (1564 - 1616)

5. Abraham Lincoln: 16th U.S. president, involved in the Civil War (1809 - 1865)

6. George Washington: 1st U.S. president, involved in the American Revolution (1732 - 1799)

7. Adolf Hitler: Fuehrer of Nazi Germany, involved in World War II (1889 - 1945)

8. Aristotle: Greek philosopher and polymath (384 - 322 B.C.)

9. Alexander the Great: Greek king and conqueror of the known world (356 - 323 B.C.)

10. Thomas Jefferson: 3rd U.S. president, co-wrote the Declaration of Independence (1743 - 1826)

11. Henry VIII: King of England, had six wives (1491 - 1547)

12. Charles Darwin: scientist, created the Theory of Evolution (1809 - 1882)

13. Elizabeth I: Queen of England, known as "The Virgin Queen" (1533 - 1603)

14. Karl Marx: philosopher, wrote the "Communist Manifesto" (1818 - 1883)

15. Julius Caesar: Roman general and statesmen, said "Et tu, Brute?" (100 - 44 B.C.)

16. Queen Victoria: Queen of Britain, Victorian Era (1819 - 1901)

17. Martin Luther: Protestant Reformation, wrote the "95 Theses" (1483 - 1546)

18. Joseph Stalin: Premier of USSR, involved in World War II (1878 - 1953)

19. Albert Einstein: theoretical physicist, created the Theory of Relativity (1879 - 1955)

20. Christopher Columbus: explorer, discoverer of the New World (1451 - 1506)

21. Isaac Newton: scientist, created the Theory of Gravity (1643 - 1727)

22. Charlemagne: first Holy Roman Emporer, considered the "Father of Europe" (742 - 814)

23. Theodore Roosevelt: 26th U.S. president, Progressive Movement (1858 - 1919)

24. Wolfgang Amadeus Mozart: Austrian composer, wrote "Don Giovanni" (1756 - 1791)

25. Plato: Greek philosopher, wrote "The Republic" (427 - 347 B.C.)

26. Louis XIV: King of France, known as The Sun King (1638 - 1715)

27. Ludwig Von Beethoven: German composer, wrote "Ode to Joy" (1770 - 1827)

28. Ulysses S. Grant: 18th U.S. president and Civil War general (1822 - 1885)

29. Leonardo da Vinci: Italian artist and polymath, painted the "Mona Lisa" (1452 - 1519)

30. Augustus: First Emporer of Rome, Pax Romana (63 B.C. - A.D. 14)

31. Carl Linnaeus: Swedish biologist, father of Taxonomy (1707 - 1778)

32. Ronald Reagan: 40th U.S. president, Conservative Revolution (1911 - 2004)

33. Charles Dickens: English novelist, wrote "David Copperfield" (1812 - 1870

34. Paul the Apostle: Christian apostle and missionary (A.D. 5 - A.D. 67)

35. Benjamin Franklin: Founding father, scientist, captured lightning (1706 - 1790)

36. George W. Bush: 43rd U.S. president during the Iraq War (1946 - )

37. Winston Churchill: Prime Minister of Britain, involved in World War II (1874 - 1965)

38. Genghis Khan: Founder of the Mongol Empire (1162 - 1227)

39. Charles I: King of England, involved in the English Civil War (1600 - 1649)

40. Thomas Edison: Inventor of the light bulb and phonograph (1847 - 1931)

41. James I: King of England, responsible for the King James Bible (1566 - 1625)

42. Friedrich Nietzsche: German philosopher, "God is dead" (1844 - 1900)

43. Franklin D. Roosevelt: 32nd U.S. President, responsible for the New Deal (1882 - 1945)

44. Sigmund Freud: neurologist and creator of psychoanalysis (1856 - 1939)

45. Alexander Hamilton: U.S. Founding Father, National Bank (1755 - 1804)

46. Mohandas Karamchand Gandhi: Indian nationalist leader, instrumental in non-violence (1869 - 1948)

47. Woodrow Wilson: 28th U.S. president, involved in World War I (1856 - 1924)

48. Johann Sebastian Bach: Classical composer, wrote the "Well Tempered Clavier" (1685 - 1750)

49. Galileo Galilei: Italian physicist and astronomer (1564 - 1642)

50. Oliver Cromwell: Lord Protector of England, involved in the English Civil War (1599 - 1658)

51. James Madison: 4th U.S. president, involved in the War of 1812 (1751 - 1836)

52. Guatama Buddha: central figure of Buddhism (563 - 483 B.C.)

53. Mark Twain: American author, wrote "Huckleberry Finn" (1835 - 1910)

54. Edgar Allen Poe: American author, wrote "The Raven" (1809 - 1849)

55. Joseph Smith: American religious leader, founded Mormonism (1805 - 1844)

56. Adam Smith: Economist, wrote "The Wealth Of Nations" (1723 - 1790)

57. David: Biblical King of Israel, founded Jerusalem (1040 - 970 B.C.)

58. George III: King of England, involved in the American Revolution (1738 - 1820)

59. Immanuel Kant: German philosopher, wrote "Critique Of Pure Reason" (1724 - 1804)

60. James Cook: Explorer and discoverer of Hawaii and Australia (1728 - 1779)

61. John Adams: Founding Father and 2nd U.S. president (1735 - 1826)

62. Richard Wagner: German composer, wrote "Der Ring Des Nibelungen" (1813 - 1883)

63. Pyotr Ilyich Tchaikovsky: Russian composer, wrote the "1812 Overture" (1840 - 1893)

64. Voltaire: French Enlightenment philosopher, wrote "Candidate" (1694 - 1778)

65. Saint Peter: Early Christian leader (?-?)

66. Andrew Jackson: 7th U.S. president, also known as "Old Hickory" (1767 - 1845)

67. Constantine the Great: Emperor of Rome, first Christian emperor (272-337)

68. Socrates: Greek philosopher and teacher, sentenced to death by hemlock (469 - 399 B.C.)

69. Elvis Presley: The "king of rock and roll" (1935 - 1977)

70. William the Conqueror: King of England, Norman Conquest (1027 - 1087)

71. John F. Kennedy: 35th U.S. president, Cuban Missile Crisis (1917 - 1963)

72. Augustine of Hippo: Early Christian theologian, wrote "The City of God" (354 - 430)

73. Vincent Van Gogh: Post-impressionist painter, painted "Starry Night" (1853 - 1890)

74. Nicolaus Copernicus: Astronomer, theorized a heliocentric cosmology (1473 - 1543)

75. Vladimir Lenin: Soviet revolutionary and Premier of USSR (1870 - 1924)

76. Robert E. Lee: Confederate General during the U.S. Civil War (1807 - 1870)

77. Oscar Wilde: Irish author and poet, wrote "The Picture of Dorian Grey" (1854 - 1900)

78. Charles II: King of England, post-Cromwell (1630 - 1685)

79. Cicero: Roman statesman and orator, wrote "On the Republic" (106 - 43 B.C.)

80. Jean-Jacques Rousseau: philosopher, wrote "On the Social Contract" (1712 - 1778)

81. Francis Bacon: English scientist, created the Scientific Method (1561 - 1626)

82. Richard Nixon: 37th U.S. president, involved in Watergate (1913 - 1994)

83. Louis XVI: King of France, executed in the French Revolution (1754 - 1793)

84. Charles V: Holy Roman Emporer during the Counter-Reformation (1500 - 1558)

85. King Arthur: Mythical 6th-century King of Britain (? - ?)

86. Michelangelo: Italian sculptor and Renaissance man, sculpted "David" (1475 - 1564)

87. Philip II: King of Spain, organized the Spanish Armada (1527 - 1598)

88. Johann Wolfgang von Goethe: German writer and polymath, wrote "Faust" (1749 - 1832)

89. Ali: Early Caliph and a central figure of Sufism (598 - 661)

90. Thomas Aquinas: Italian theologian, "Summa theologiae" (1225 - 1274)

91. Pope John Paul II: 20th-century Polish Pope, Solidarity (1920 - 2005)

92. Rene Descartes: French philosopher, coined "I think, therefore I am" (1596 - 1650)

93. Nikola Tesla: Inventor, discovered alternating current (1856 - 1943)

94. Harry S. Truman: 33rd U.S. president, involved in the Korean War (1884 - 1972)

95. Joan of Arc: French military leader and saint (1412 - 1431)

96. Dante Alighieri: Italian poet, wrote the "Divine Comedy" (1265 - 1321)

97. Otto von Bismarck: 1st chancellor and unifier of modern Germany (1815 - 1898)

98. Grover Cleveland: 22nd and 24th U.S. president (1837 - 1908)

99. John Calvin: French Protestant theologian, founded Calvinism (1509 - 1564)

100. John Locke: English Enlightenment philosopher, theorized "tabula rasa" (1632 - 1704)


Assista o vídeo: БЕЙЛИК ОСМАН В ХОИ 4. OLD EUROPE 1300. 1 СЕРИЯ. НАЧАЛО ПОХОДОВ!