Rockefeller empossado como vice-presidente

Rockefeller empossado como vice-presidente

Em dezembro, Rockefeller, ex-governador de Nova York, foi nomeado por Gerald Ford depois que ele próprio deixou o cargo para se tornar presidente dos Estados Unidos após a renúncia de Richard Nixon.


ROCKEFELLER ESTÁ MORTO A 70 VICE-PRESIDENTES SOB FORD E GOVERNADOR POR 15 ANOS

O ex-vice-presidente Nelson A. Rockefeller morreu na noite passada depois de sofrer um ataque cardíaco em seu escritório no complexo do Rockefeller Center no centro de Manhattan, anunciou um porta-voz da família hoje cedo.

O quatro vezes governador de Nova York, de 70 anos, foi atingido às 22h15. e aparentemente morreu instantaneamente enquanto estava sentado em sua mesa em seu escritório no 56º andar do 30 Rockefeller Plaza. Ele estava no escritório trabalhando até tarde em um livro sobre arte moderna, um de seus assuntos favoritos desde que deixou a vida pública em 1976.

Um assessor de segurança pessoal com ele no momento da parada cardíaca tentou sem sucesso reanimá-lo, de acordo com Hugh Morrow, um antigo porta-voz da família Rockefeller.

Paramédicos convocados do Hospital St. Clare & # x27s correram para o escritório pouco depois das 23h. e também tentou, sem sucesso, ressuscitar o cara do Sr. Rocker. O ex-vice-presidente foi levado às pressas para o Hospital Lenox Hill na 100 East 77th Street, perto da Lexington Avenue, chegando às 23h45.

Depois que mais esforços para reanimá-lo na sala de emergência do hospital e # x27s falharam, ele foi declarado morto pelo Dr. Ernest Esakof, um médico da família Rockefeller.

O Sr. Morrow disse que o Sr. Rockefeller, que não tinha histórico de doenças graves durante sua longa carreira na vida pública, passou a maior parte do dia em seu escritório escrevendo seu livro. No final da tarde, o Sr. Rockefeller foi para a Buckley School, 113 East 73d Street, onde dois de seus filhos, Nelson Jr. de 15 anos e Mark, de 12, são alunos, para apresentar o ex-secretário de Estado Henry A. Kissinger em um compromisso de palestra.

Após a nomeação na escola, o Sr. Rockefeller, sua esposa, Happy, e seus dois filhos voltaram para o apartamento duplex da família em 812 Fifth Avenue, perto da 62d Street, para um jantar tranquilo, disse Morrow.

Depois do jantar, por volta das 21h, o Sr. Rockefeller voltou ao escritório para retomar o trabalho em seu livro e foi atingido pouco mais de uma hora depois. Os médicos disseram que tudo indicava que Rockefeller morreu instantaneamente.

Um porta-voz disse que o corpo de Rockefeller e # x27s seria levado para uma funerária em Tarrytown, a vários quilômetros da propriedade da família Rockefeller em Pocantico Hills, N.Y.

A Sra. Rockefeller chegou ao Hospital Lenox Hill às 12h25. em um Mercedes Benz vermelho. Sr. Rockefeller & # x27s irmão, Laurence, e sua esposa também foram para o hospital, e o ex-vice-presidente & # x27s eld-

Um obituário completo de Rockefeller aparecerá no The Times de domingo.

est filho, Rodman, o presidente da International Basic Economy Corporation, chegou lá pouco antes das 2 da manhã.

O Sr. Morrow, parecendo calmo mas cansado e falando em tom lento e solene, anunciou a morte do Sr. Rockefeller e # x27s pouco depois da 1h da manhã. aos repórteres reunidos na entrada da garagem da sala de emergência do hospital & # x27s. Um pouco mais tarde, depois que os repórteres correram para os telefones com a notícia, o Sr. Morrow sorriu ao dizer a um repórter:

“Ele estava se divertindo com todo o empreendimento artístico. Ele estava ‘se divertindo’, como disse. ”

O porta-voz da família disse que a Sra. Rockefeller estava “aflita, mas urso. está muito bem. ” O porta-voz disse que pretendia informar seus filhos sobre o

morte. Enquanto parentes chegavam, um representante da Casa Branca ligou para confirmar a morte. O presidente Carter foi notificado logo em seguida.

A maioria dos membros da família deixou o hospital pouco depois das 2 da manhã. Pouco antes de fazer isso, a Sra. Rockefeller foi abraçada pelo ex-procurador-geral do Estado Louis J. Lefkowitz, que disse ter corrido para o hospital de seu apartamento em Manhattan após ouvir a notícia da morte de Rockefeller e # x27s no rádio.

O porta-voz disse que a família se reuniria no apartamento Laurence Rockefeller & # x27s, 934 Fifth Avenue. às 9h30 hoje para discutir os preparativos para o funeral. ft. Morrow disse que um advogado da família, Donal Brien, cuidaria dos arranjos.

Nelson Aldrich Rockefeller. que tentou três vezes ganhar a presidência, se aposentou da política em 1973, após 15 anos como governador de Nova York, e disse na época que nunca mais ocuparia um cargo público.

Mas depois que Gerald R. Ford sucedeu à presidência com a renúncia de Richare M. Nixon, o Sr. Rockefeller foi persuadido a se tornar um vice-presidente nomeado e foi empossado em 19 de dezembro de 1974. Ele serviu por dois anos sob o Sr. Ford , que completou o mandato do Sr. Nixon & # x27s.

Depois de deixar a vida pública quando os republicanos perderam a Casa Branca em 1976, Rockefeller concentrou suas energias em sua considerável coleção de arte e na redação de seus volumes sobre arte. No ano passado, com algum alarde, ele abriu uma loja de varejo na 57th Street entre Fifth and Madison Avenues para vender reproduções de obras de arte de sua propriedade.

Pouco antes do Natal, ele publicou um catálogo das ofertas da loja & # x27s, a maioria cara e de alta qualidade. A princípio, a loja não foi considerada pelo Sr. Rockefeller como um negócio permanente, mas seu sucesso o agradou.

Ele tinha uma palestra marcada para hoje na Quinta Conferência Mundial do Mercado de Antiguidades, e um porta-voz disse que ele pretendia anunciar que sua loja de arte no varejo seria uma operação permanente. Em uma declaração preparada, ele disse: “Estamos tão animados com a resposta do público à coleção e nossa loja temporária na 57th Street que alugamos um contrato de cinco anos”.

Depois de deixar a política, Rockefeller permaneceu deliberadamente fora dos holofotes, mas fez uma incursão - um retorno a Albany em maio passado para a rededicação do shopping de US $ 1,5 bilhão como o "Nelson Rockefeller Empire State Plaza". O Sr. Rockefeller foi a inspiração e a força motriz por trás da construção do shopping.

O governador Carey ordenou na noite passada que as bandeiras de todos os prédios do estado fossem hasteadas pela metade da equipe em memória de Rockefeller. “Com o falecimento de Nelson Rockefeller, perdemos nosso grande governador e nosso amado vice-presidente”, disse ele. “Lamentamos a partida de um homem de sabedoria e coragem, energia e visão que tanto contribuiu não só para o estado, mas para a nação e o mundo.

“Feliz Rockefeller e membros da família, compartilhamos seu sentimento de perda com profunda gratidão porque você compartilhou conosco a vida inteira de Nelson Rockefeller e # x27s.”

O ex-presidente Gerald R. Ford estava no Oriente Médio e não estava imediatamente disponível para comentar o assunto. Um assessor do ex-presidente Richard M. Nixon, Ken Khachigian, disse que Nixon foi dormir antes que a morte de Rockefeller e # x27 fosse relatada e não se esperava que comentasse até de manhã.

Ronald Reagan, o ex-governador da Califórnia e candidato presidencial, acordado em sua casa em um subúrbio de Los Angeles, disse: “Eu o conheço há anos e tínhamos muitos negócios como governadores. Ele foi um servidor público de longa data. Tínhamos nossas diferenças políticas, mas tínhamos uma relação cordial ”.

Perry 13. Duryea, ex-presidente da Assembleia Estadual, chamou o Sr. Rockefeller de "um grande líder".

“Ele deu uma enorme contribuição ao estado de Nova York e à nação. Sua falta será sentida por todos ”, disse Duryea.

Um porta-voz do senador Jacob J. Javits disse que o senador estava "profundamente entristecido pela morte repentina de um amigo próximo e aliado político de longa data".

Lefkowitz, o ex-procurador-geral do estado, disse: “Seu falecimento prematuro é uma perda pessoal profunda para mim. Eu o admirava e respeitava muito. Ele era um ser humano caloroso e um excelente servidor público. ”

Ele era uma instituição, o governador eterno. Quando ele deixou o cargo em 18 de dezembro de 1973, toda uma geração de nova-iorquinos havia atingido a idade de votar e entrado na idade adulta mal conseguindo se lembrar de uma época em que Nelson Rockefeller não era o presidente-executivo do estado. Apenas o primeiro governador de Nova York, George Clinton, manteve o cargo por mais tempo - 21 anos.

Começando com sua derrota para o titular democrata, W. Averell Harriman, em 1958, o Sr. Rockefeller deixou sua marca indelevelmente na vida econômica, política e cultural de Nova York.

Sua influência foi medida não em incrementos, mas em saltos quânticos: sob sua liderança, o sistema universitário estadual aumentou de 38.000 alunos ou. De 28 para 246.000 alunos em 71 campi, o número de funcionários do estado quase dobrou, de 102.000 para 183.000, o orçamento do estado mais que quadruplicou, de $ 2 bilhões para $ 8,85 bilhões e a arrecadação de impostos passou de $ 94 para $ 460 para cada homem, mulher e criança em o Estado.

Em 11 de dezembro de 1973, pouco mais de um ano antes do término de seu quarto mandato, o Sr. Rockefeller anunciou que estava renunciando ao cargo para dedicar seu tempo a duas organizações que chefiava. a Comissão Nacional de Escolhas Críticas para os Americanos - e a Comissão de Qualidade da Água. Heand entregou o governo a Malcolm Wilson, que havia sido seu vice-governador durante todos os 15 anos.

Membros de ambos os partidos tinham dificuldade em imaginar a vida na capital gaúcha sem ele. Ao longo dos anos. Sr. Rix: sorriso magnético de kefeller & # x27s e sua saudação perene de "Olá, cara!" havia se tornado matéria de cartuns políticos. e paródia fácil, mas não havia dúvida da força de sua personalidade.

Aqueles a quem ele falhou em encantar afirmavam que o Rockefeller público, com a facilidade vigorosa e graciosa que projetava, era apenas uma fachada cuidadosamente construída para mascarar uma natureza astuta, ambiciosa e totalmente política.

Seus críticos foram mais veementes depois que ele se recusou a ir ao local de um motim na Prisão Estadual de Attica em setembro de 1971, no qual 29 detentos e 19 reféns mantidos pelos prisioneiros foram mortos quando as autoridades estaduais esmagaram o retx • Ilion em um incêndio de tiros. O governador defendeu sua recusa alegando que era seu “melhor julgamento” e que só teria servido para prolongar o levante, mas os inimigos do governador nunca se esqueceram do assunto - e nunca o deixaram esquecer.

O crítico teve mais um dia de campo na piTi quando Rockefeller, próximo ao fim de sua administração, hackeado um duro que alguns o chamaram de Draconiano - revisão das penas para traficantes de narcóticos condenados.

Amigos íntimos e notáveis ​​políticos podem ganhar acesso à casa do próprio elenco do Governador & # x27s na propriedade ou em seu apartamento duplex, onde podem admirar um mural de Matisse que o artista, trabalhando na França a partir de uma maquete, projetado para caber a lareira da sala, ou uma paisagem abstrata que Fernand Leger veio ao apartamento para pintar


Hoje na história: Rockefeller torna-se vice-presidente

Pensamento para hoje: "Pior do que não realizar os sonhos da sua juventude, seria ter sido jovem e nunca ter sonhado." - Jean Genet (1910-1986).


Hoje é sexta-feira, 19 de dezembro, o dia 353 de 2014. Faltam 12 dias no ano.


O destaque de hoje na história:


Em 19 de dezembro de 1974, Nelson A. Rockefeller foi empossado como o 41º vice-presidente dos Estados Unidos na Câmara do Senado dos EUA pelo Chefe de Justiça Warren Burger com o presidente Gerald R. Ford observando (em uma primeira vez para o Senado, o processo foi televisionado ao vivo).


Em 1777, o general George Washington liderou seu exército de cerca de 11.000 homens para Valley Forge, Pensilvânia, para acampar durante o inverno.


Em 1813, as forças britânicas capturaram o Forte Niagara durante a Guerra de 1812.


Em 1843, & quotA Christmas Carol, & quot, de Charles Dickens, foi publicado pela primeira vez na Inglaterra.


Em 1907, 239 trabalhadores morreram na explosão de uma mina de carvão em Jacobs Creek, na Pensilvânia.


Em 1932, a British Broadcasting Corp. começou a transmitir para o exterior com seu Empire Service para a Austrália.


Em 1946, a guerra estourou na Indochina quando as tropas comandadas por Ho Chi Minh lançaram ataques generalizados contra os franceses.


Em 1950, o general Dwight D. Eisenhower foi nomeado comandante das forças militares da Organização do Tratado do Atlântico Norte.


Em 1961, o ex-embaixador dos EUA Joseph P. Kennedy Sênior, 73, sofreu um derrame debilitante enquanto estava em Palm Beach, Flórida.


Em 1972, a Apollo 17 caiu no Pacífico, encerrando o programa Apollo de pousos lunares tripulados.


Em 1984, um incêndio de carvão na mina Wilberg perto de Orangeville, Utah, matou 27 pessoas. A Grã-Bretanha e a China assinaram um acordo devolvendo Hong Kong à soberania chinesa em 1º de julho de 1997.


Em 1986, Lawrence E. Walsh foi nomeado advogado independente para investigar o caso Irã-Contra.


Em 1998, o presidente Bill Clinton sofreu impeachment pela Câmara, controlada pelos republicanos, por perjúrio e obstrução da justiça (ele foi posteriormente absolvido pelo Senado).


Dez anos atrás: No Iraque, carros-bomba atravessaram uma procissão fúnebre de Najaf e a principal estação rodoviária de Karbala, matando pelo menos 60 pessoas e ferindo mais de 120 nas duas cidades sagradas xiitas. Em Bagdá, três autoridades eleitorais iraquianas foram mortas como execução por insurgentes. A revista Time nomeou o presidente George W. Bush como a Pessoa do Ano pela segunda vez. A cantora de ópera Renata Tebaldi morreu em San Marino aos 82 anos.


Cinco anos atrás: Uma conferência climática da ONU em Copenhagen terminou com um acordo não vinculante para mostrar por duas semanas de debate e frustração que o negócio foi intermediado pelo presidente Barack Obama, que compareceu à conferência em seu último dia. Uma tempestade de neve paralisou grande parte do leste dos EUA no último fim de semana de compras.


Um ano atrás: o varejista de descontos Target anunciou que dados conectados a cerca de 40 milhões de contas de cartão de crédito e débito foram roubados como parte de uma violação que começou no fim de semana de Ação de Graças. O teto desabou parcialmente sobre uma plateia lotada no Apollo Theatre em Londres, ferindo quase 80 pessoas, sete delas gravemente. Al Goldstein, 77, o editor da revista Screw que derrubou as barreiras legais contra a pornografia, morreu em Nova York.


Aniversários de hoje: O cantor country Little Jimmy Dickens tem 94 anos. A atriz Cicely Tyson tem 90. O ex-competidor do game show Herb Stempel tem 88 anos. O cantor e músico de ritmo e blues Maurice White (Earth, Wind and Fire) tem 73 anos. O ex-presidente sul-coreano Lee Myung-bak tem 73. A atriz Elaine Joyce tem 71. O ator Tim Reid tem 70. O paleontólogo Richard E. Leakey tem 70. O músico John McEuen tem 69. A cantora Janie Fricke tem 67. O músico de jazz Lenny White tem 65. O ator Mike Lookinland tem 54. A atriz Jennifer Beals tem 51. O ator Scott Cohen tem 50. O ator Robert MacNaughton tem 48. O mágico Criss Angel tem 47. O músico de rock Klaus Eichstadt (Ugly Kid Joe) tem 47. O ator Ken Marino tem 46. O ator Elvis Nolasco tem 46. O músico de rock Kevin Shepard tem 46 anos. O ator Derek Webster tem 46. A atriz Kristy Swanson tem 45. A modelo Tyson Beckford tem 44. A atriz Amy Locane tem 43 anos. O Hall da Fama do Futebol Profissional Warren Sapp tem 42. A atriz Rosa Blasi tem 42. A atriz Alyssa Milano tem 42 anos. O ator Jake Gyllenhaal (JIH'-lihn-hahl) tem 34 anos. Atriz Marla So koloff tem 34 anos. A rapper Lady Sovereign tem 29 anos. O ator Iain de Caestecker (TV: & quotMarvel's Agents of S.H.I.E.L.D & quot) tem 27 anos.


Pensamento para hoje: & quot Pior do que não realizar os sonhos de sua juventude, seria ter sido jovem e nunca ter sonhado. & Quot - Jean Genet (1910-1986).


Rockefeller empossado como vice-presidente - HISTÓRIA


A 25ª Emenda ou a Emenda Rockefeller à Constituição !!
(A emenda proposta foi enviada aos estados em 6 de julho de 1965, pelo octogésimo nono Congresso. Foi ratificada em 10 de fevereiro de 1967).


Seção 2

[Vaga no cargo de vice-presidente.]

& quotQuando houver uma vaga no cargo de vice-presidente, o presidente nomeará um vice-presidente que assumirá o cargo após a confirmação por maioria de votos em ambas as casas do Congresso. & quot

No artigo II da Constituição, o vice-presidente seguia o presidente na linha de sucessão. Os autores da Constituição declararam que o CONGRESSO deve declarar quem é o próximo na fila após o Vice-Presidente:

& quot Em caso de destituição do presidente do cargo, ou de sua morte, renúncia ou incapacidade de cumprir os poderes e deveres do referido cargo, o mesmo caberá ao vice-presidente, e o Congresso poderá, por lei, dispor sobre o caso de Remoção, Morte, Renúncia ou Incapacidade, tanto do Presidente quanto do Vice-Presidente, declarando qual Diretor deverá então atuar como Presidente, e tal Diretor deverá agir de acordo, até que a Deficiência seja removida, ou um Presidente seja eleito. & quot

(Esta cláusula entre parênteses foi modificada pelas Emendas XX e XXV)

UMA Lei de Sucessão Presidencial de 1792 desde que, depois do vice-presidente, os próximos funcionários na fila sejam o presidente pro tempore (presidente) do Senado e o presidente da Câmara dos Representantes.

Em 1886, essa Lei de Sucessão foi alterada novamente para tornar o Secretário de Estado o próximo na linha, seguido pelos outros Secretários de Gabinete na ordem em que seus departamentos foram criados. Aqui é visto o poder crescente de Dinheiro do petróleo Rockefeller para mudar a Constituição dos EUA.

Em 1947, o presidente Harry Truman mudou a sucessão de volta ao que era no início com uma exceção: o Presidente da Câmara foi colocado ANTES do Presidente do Senado.


A razão pela qual o presidente Truman mudou a Lei de Sucessão em 1947 !!

Sumner Welles - um homossexual violento e sinistro - foi forçado a renunciar em 1943. Ele havia enchido o Departamento de Estado com seus pervertidos.

Nelson Rockefeller substituiu-o como Subsecretário de Estado. Nelson tinha apenas 35 anos na época. Sua ambição ardente era ser presidente. Tudo o que ele precisava fazer era nomear-se secretário de Estado. Não é grande coisa, já que ele POSSUI o governo de qualquer maneira.

Então, seu amigo, J. Edgar Hoover, poderia usar sua perícia para matar. ou forçar o presidente e o vice-presidente a renunciar e pronto. Rei Nelson I.


O presidente Truman bloqueou Rockefeller e salvou o mundo do desastre !!

Rockefeller foi derrotado em sua tentativa de roubar a presidência - mas apenas por um tempo. Ele tentaria novamente usando a Guerra do Vietnã e o assassinato do presidente Kennedy a fim de emendar a Constituição a fim de permitir ao Presidente designar seu sucessor.


O presidente dos Estados Unidos é o comandante-chefe das forças armadas. Ele é a ÚNICA pessoa com autoridade para lançar armas nucleares. Ele é sempre seguido por um oficial militar que carrega os códigos de lançamento ou o & quotnuclear football & quot, como às vezes é chamado.

Por quase 2 anos, somente com hora marcada, Nelson Rockefeller como vice-presidente era apenas uma batida do coração da presidência e o poder de lançar a Terceira Guerra Mundial. Enquanto era governador de Nova York, Rockefeller visitou o papa apenas 2 meses antes do assassinato, e ele estava ansioso para varrer a Rússia do mapa e cumprir Fátima por sua "quotolia".

Os EUA não tiveram vice-presidente de 12 de abril de 1945 a 20 de janeiro de 1949, e o governo funcionou sem problemas. O Congresso nem PENSOU em mudar a ordem de sucessão porque Nelson ainda não estava pronto para ser NOMEADO rei !!

Presidente Harry S. Truman disse isso sobre a sucessão presidencial em 1944, quando o presidente Roosevelt morreu repentinamente e ele se tornou presidente. Ele não teve vice-presidente até janeiro de 1949:

“Por causa da trágica morte do falecido presidente, agora está em meu poder nomear a pessoa que seria meu sucessor imediato em caso de minha própria morte ou incapacidade de agir.


Não creio que numa democracia este poder deva caber ao Chefe do Executivo.


Na medida do possível, o cargo de Presidente deve ser preenchido por um dirigente eleito. Não há nenhum dirigente em nosso sistema de governo, além do Presidente e do Vice-Presidente, eleito por todos os eleitores do país.


O presidente da Câmara dos Representantes, eleito em seu próprio distrito, também é eleito presidente da Câmara pelo voto de todos os representantes de todo o povo do país. Como resultado, acredito que o Presidente é o funcionário do Governo Federal, cuja escolha, ao lado da do Presidente e do Vice-Presidente, pode ser mais precisamente considerada como proveniente do próprio povo. & Quot

(Feerick, The 25th Amendment, p. 43).

A Emenda Rockefeller foi introduzida após o assassinato do presidente Kennedy

Presidente Kennedy era muito popular com o povo e teria sido eleito para um segundo mandato em 1964. Rockefeller não ia deixar NADA ficar em seu caminho para a Casa Branca, então deu a ordem para o assassinato de Kennedy. Isso foi realizado em Dallas, Texas, em 22 de novembro de 1963.

Nelson visitou o Papa apenas 2 meses antes do assassinato. Sem dúvida, para discutir os planos para a eliminação de Kennedy e sua própria nomeação como o primeiro REI dos Estados Unidos:

& quot No final de setembro (1963), desacompanhado de Happy, Rockefeller foi a Roma para uma audiência com o Papa, uma circunstância incomum e não inteiramente isenta de conotações de relações públicas. Mas a situação deprimente (seu recente divórcio e novo casamento) não foi totalmente mudada & quot

(Rogers, Rockefeller Follies, p. 67)

Após o assassinato do presidente Kennedy, seu vice-presidente, Lyndon Johnson, tornou-se presidente. Johnson concorreu à presidência em 1964 e foi facilmente reeleito.


Rockefeller alterou a Constituição para forçar sua entrada na Casa Branca !!

Em 1962, Rockefeller se divorciou de sua esposa há mais de 30 anos e em 1963 ele se casou com uma mulher muito mais jovem. Isso alienou ainda mais as mulheres eleitoras do país.

O príncipe herdeiro Nelson percebeu que, embora fosse o dono do país, seus servos não queriam votar nele. Ele nunca poderia chegar à Casa Branca através das urnas e isso deixou apenas uma tomada militar. ou uma NOMEAÇÃO para o cargo.

Obviamente, ele descartou uma tomada militar na época porque ordenou uma mudança na Constituição em relação à sucessão. Isso não foi problema para Rockefeller. Exigia apenas SUBORNAR dois terços do Senado e da Câmara dos Representantes e pelo menos 38 Estados !!

Senador Birch Bayh (1928 ---)


Senador Birch Bayh de Indiana foi usado para apresentar a Emenda Rockefeller-for-king. Ele tinha APENAS 36 anos e os senadores juniores deveriam ser vistos e não ouvidos.

Alguns de seus mais velhos tinham idade suficiente para ser seu avô, como o fóssil Presidente da Câmara, John McCormack, de Massachusetts. Quando se trata de dinheiro Rockefeller, no entanto, a idade não faz diferença. Bayh teve muita ajuda da American Bar Association e da New York Bar Association.

Bayh freqüentemente consultava seu chefe Nelson sobre o andamento de sua emenda:

“Depois que o professor Hyman terminou seu depoimento, pedi que uma proposta abrangente do governador de Nova York, Nelson Rockefeller, fosse incluída no registro. Embora esta proposta representasse um distinto afastamento do nosso consenso, lamentava que tivesse de ser apresentada por escrito, e não pessoalmente.

O governador teria sido uma testemunha glamorosa, trazendo para nossas audiências grande parte da atenção da imprensa que eu achava que precisávamos para manter nosso trabalho sob os olhos do público. Anteriormente, Ken Keating, como senador por Nova York, havia me abordado para sugerir que seu governador testemunhasse pessoalmente, visto que ele era eminentemente qualificado para fazê-lo, já que ele e sua equipe haviam estudado longa e profundamente os problemas de deficiência e sucessão & quot

(One Heartbeat Away, Birch Bayh, p. 73)

Na verdade, os Rockefeller planejavam roubar a Presidência há muito tempo. Pelo menos desde que a Standard Oil Co. foi incorporada em 1870 e os primeiros milhões roubados começaram a fluir para seus cofres.


A 25ª Emenda ou a Emenda Rockefeller à Constituição !!
(A emenda proposta foi enviada aos estados em 6 de julho de 1965, pelo octogésimo nono Congresso. Foi ratificada em 10 de fevereiro de 1967).

Seção 2
[Vaga no cargo de vice-presidente.]

& quotQuando houver uma vaga no cargo de vice-presidente, o presidente nomeará um vice-presidente, que assumirá o cargo após a confirmação por maioria de votos em ambas as casas do Congresso. & quot

A Emenda nem foi mencionada na imprensa !!

O poder da impressora controlada Rockefeller é mais evidente neste caso. Nenhuma menção à emenda apareceu no New York Times até muito depois que a emenda foi aprovada. O mesmo é verdade para todos os outros cheques de latão que Rockefeller possuía e controlava "jornais" no país. A Guerra do Vietnã estava convenientemente travada naquela época, e TODOS estavam distraídos com todas as más notícias vindas daquele país.

Presidente Lyndon Baines Johnson oficia em uma cerimônia na Casa Branca testemunhando a ratificação do Vigésima quinta emenda à Constituição dos Estados Unidos em 23 de fevereiro de 1967.

De pé, da esquerda para a direita:

Congressista William McCulloch Senador Birch Bayh Presidente do Senado pro tempore Carl Hoyden

Vice-presidente Hubert H. Humphrey, Congressista Emanuel Celler, Presidente da Câmara, John McCormack.

Lawson Knott, Administrador de Serviços Gerais e Presidente Johnson.


Rockefeller usou a 25ª Emenda para se nomear Vice-presidente !!

A eleição presidencial de 1968

Presidente Nixon (1913-1994).
Presidente de 1969 a '74.

Nixon se recusou a nomear Rocky como seu vice-presidente e nomeou o grego-americano Spiro Agnew em vez de. Ele provavelmente sabia que ter Rockefeller como vice-presidente era um suspiro de sua própria sentença de morte.

O vice-presidente foi forçado a renunciar em 74 por acusações forjadas apresentadas pelo IRS controlado por Rockefeller.

A renúncia forçada de Spiro Agnew deixou uma vaga para o cargo de vice-presidente. Essa era a oportunidade que Rockefeller esperava. A vice-presidência era apenas uma batida do coração da presidência e sua nomeação cabia ao presidente Nixon. Nixon o traiu e nomeou Gerald Ford em seu lugar.

Essa decisão custou ao presidente Nixon sua presidência.


Rockefeller estava por trás de Watergate

Rockefeller estava por trás do escândalo chamado Watergate que forçou Nixon a renunciar. Seu homem na Casa Branca era Secretário de Estado Henry Kissinger.

Em primeiro lugar, o vice-presidente de Nixon, Spiro Agnew, foi forçado a renunciar e Nixon NOMEOU Ford como seu vice-presidente. Este foi o primeiro uso da Emenda Rockefeller recentemente aprovada.

Após a nomeação de Ford como vice-presidente, Nixon foi forçado a renunciar por causa de Watergate e, em seguida, Ford tornou-se presidente apenas por nomeação. Ford não desejava a presidência como Rockefeller e foi vítima dos acontecimentos rápidos para tornar o presidente Rockefeller apenas por indicação.


Presidente Gerald Ford o presidente MIRACLE!!

Presidente Ford foi um milagre presidente porque toda vez que ele saía da Casa Branca alguém atirava nele, mas pela graça de Deus, ele sobreviveu a todas as tentativas de assassinato.

Presidente Gerald Ford (1913-2006).
(Presidente dos EUA de 9 de agosto de 1974 a 20 de janeiro de 1977).

Rockefeller foi empossado como vice-presidente em 19 de dezembro de 1974. Ele estava agora a apenas um segundo de sua ambição de ser rei dos Estados Unidos.

Rockefeller no Salão Oval da Casa Branca com o presidente Ford e Kissinger.

Rockefeller estava, de fato, a apenas um batimento do coração de distância da presidência quando atuou como vice-presidente do presidente Ford.


O presidente Ford tinha um TARGET nas costas depois de tornar Rockefeller vice-presidente !!

Para o choque de sua família e da nação, duas mulheres (disfarçadas Rockefeller controlavam CIA agentes) tentaram matar o presidente Ford em incidentes separados em setembro de 1975. Em 5 de setembro, enquanto Ford cumprimentava simpatizantes do lado de fora do Senator Hotel em Sacramento, Califórnia, Lynette & quotSqueaky & quot Fromme, aos 26 anos, seguidor do assassino em massa Charles Manson, apontou um Colt .45 contra a Ford e apertou o gatilho à queima-roupa.

A arma falhou e Fromme foi jogado no chão antes que ela pudesse dar um segundo tiro.

Duas semanas depois, em San Francisco, em 22 de setembro, Sara Jane Moore, de 45 anos, ex-informante do FBI, disparou um revólver calibre 38 contra a Ford. O tiro errou Ford por alguns metros porque um espectador estragou sua pontaria.

Ambas as mulheres foram condenadas de acordo com a lei de 1965 que considera a tentativa de assassinato do presidente um crime federal punível com prisão perpétua.

Atividade após o atentado contra a vida do presidente Ford por Lynette & quotSqueaky & quot Fromme, em Sacramento, Califórnia, 5 de setembro de 1975.

Nosso ótimo Deus anulou essas 2 tentativas perversas de assassinar o presidente, então Nelson Rockefeller lançou seu último ataque mortal. Esse foi o susto da gripe suína de 1976.

Ataque ao Presidente dos Estados Unidos com uma arma MORTAL, cortesia da Inquisição Médica Rockefeller. Ele recebeu a agulha ENVENENADO em frente a uma audiência de TV em todo o país em 11 de outubro de 1976.

Rockefeller estava "rezando" para que morresse ou ficasse incapacitado e então seria presidente vitalício. Obrigado Deus que Ele anulou esta conspiração mortal de Roma e Rockefeller contra o povo e a Constituição:

& quotA mera coincidência pode ser prejudicial. Isso ocorreu na malfadada campanha de vacinação contra a gripe suína montada em 1976 para proteger os americanos contra o que se acreditava ser uma cepa extremamente perigosa da gripe. Três idosos, todos pacientes cardíacos, morreram em um dia (11 de outubro) depois de receberem vacinas em uma clínica de Pittsburgh. Os especialistas concluíram que a vacina não era a responsável, mas foi preciso que o presidente Gerald Ford e sua família recebessem vacinas contra a gripe suína em rede nacional para restaurar a confiança no programa - e mesmo assim apenas por algum tempo. & Quot

(Washington Post, sábado, 14 de dezembro de 2002, p. A01)


Notas do Editor

Presidente Johnson B. Johnson enviada ao Congresso em 28 de janeiro de 1965, uma mensagem especial solicitando que o Congresso emendasse a Constituição:

  1. providenciar o exercício das funções de Presidente durante a deficiência presidencial e o preenchimento de vaga no cargo de Vice-Presidente

  2. reformar o sistema eleitoral

Todos, exceto 3 estados - Geórgia, Dakota do Norte e Carolina do Sul - aprovaram a 25ª Emenda.

Arkansas Alasca Arizona, Alabama Califórnia Colorado
Connecticut Delaware Flórida Havaí Indiana Idaho
Iowa Illinois Kansas Kentucky Louisiana Minnesota
Maryland Mississippi Missouri Maine Massachusetts Michigan
Montana Nova Hampshire Novo México Nova york Nova Jersey Nebraska
Nevada Carolina do Norte Oklahoma Oregon Ohio Pensilvânia
Rhode Island Dakota do Sul Tennessee Texas Utah Vermont
Virgínia Wyoming Washington West Virginia Wisconsin


A ratificação foi concluída em 10 de fevereiro de 1967.


O ÚNICO Rockefeller a chegar à Casa Branca é o presidente Bill Clinton - filho de Winthrop Rockefeller

Obrigado Deus que o ÚNICO Rockefeller a alcançar o Branco até agora é William Jefferson Clinton - a filho de Winthrop Rockefeller!!

Imagine a influência financeira necessária para a aprovação de uma Emenda Constitucional. Exige controle total do Senado, da Câmara dos Representantes e de quase todos os 50 estados. Durante a audiência no Senado para a nomeação de Nelson em 1974, várias tentativas foram feitas para estimar os bilhões de Rockefeller. Nenhum chegou perto. Uma figura mencionada foi 70 bilhões de dólares.

Newsweek (Propriedade de Rockefeller) diz que a fortuna estava "além do cálculo".

Allen, Gary. O Arquivo Rockefeller. '76 Press, Seal Beach, CA, 1976.

Bayh, Birch. Uma pulsação de distância. The Bobbs-Merrill Co., Indianapolis e Nova York, 1968.

Feerick, John D. De mãos falhando: a história da sucessão presidencial. Fordham University Press, Nova York, 1965.

Feerick, John, D. A vigésima quinta emenda, sua história completa e a aplicação mais antiga. Fordham University Press, Nova York, 1976.

Josephson, Emanuel. The Federal Reserve Conspiracy & amp Rockefellers. Chedney Press, New York, 1968.

Kramer, Michael, & Roberts, Sam. I Never Wanted to be Vice President of Anything, An Investigative Biography of Nelson Rockefeller. Basic Books, New York, 1976.

Rogers, William. Rockefeller's Follies: An Unauthorized View of Nelson A. Rockefeller. Stein & Day, New York, 1966.

Sobel, Lester (Editor). Presidential Succession, Ford, Rockefeller & the 25th Amendment. Facts on File, New York, 1975.


Rockefeller assumes VP duties

WASHINGTON -- Nelson A. Rockefeller was late for work today in his first day as vice president but quickly took over the duties of his sole constitutional job -- presiding in the Senate.

Rockefeller, sworn in Thursday night as the nation's 41st vice president, arrived several minutes after the Senate opened its doors at 9 a.m. EST, apparently a victim of the morning traffic jam in Washington.

Carrying a black leather copy of the Senate rules, the former New York governor was greeted by GOP leaders Hugh Scott and Robert Griffin and Assistant Democratic leader Robert Byrd went through the formalities of opening the Senate.

Rockefeller then took over the presiding officer's chair from Sen. Thomas Mclntyre, DN. H., who was filling in.

He listened to Scott complain that Congress has been passing too many laws and should take time to review what it has done before embarking on more legislation. Byrd gave a synopsis of the accomplishments of the last session of 93rd Congress.

Scott, before the Senate began its last day of the session, told reporters that "the things he (Rockefeller) is called upon to do he will do exceedingly well."

Scott said that one of Rockefeller's key abilities is "attracting talented people" into government "and that's what we need.

"At last we're playing with a the 41st vice president, full deck," Scott said, referring to the four months during which the nation was without a vice president.

There were indications during the swearing-in ceremony Thursday night that Rockefeller would be the most active vice president in history. He pledged to help President Ford deal with the country's worsening economy.

The televised ceremony came two hours after the House voted 287-128 to confirm him as the 41st vice president.

For Rockefeller, 66, it was the end of a four-month political battle that has brought him the closest he has ever come to the presidency, which he tried three times to gain but failed.

For Ford, who has come under severe criticism for his handling of the economy, there was the hope that Rockefeller would be able to bring new talent and a fresh approach to the problems of inflation and recession.

Ford reportedly was considering appointing Rockefeller to head a new Domestic Policy Board designed to chart a new course for the administration on the economy.

He has said Rockefeller will be "a full working partner" In his administration.

Many members of Congress said they voted for Rockefeller's confirmation because they felt his ability to attract talented people into government would help Ford as President.

A few believe Rockefeller will turn out to be an "acting president" under Ford.

"This is a period In which our country faces tremendous difficulties," the former New York governor told members of Congress who crowded in to watch the swearing-in, the first event ever televised in the Senate chamber.

"But there is nothing wrong with America that Americans cannot right," Rockefeller said.


Conteúdo

Nelson was born to the very wealthy Rockefeller Family. Nelsons father (John D. Rockefeller Jr.) married Abby Aldrich Rockefeller (Nelson's mother) in 1901, 7 years before Nelsons birth. Abby was the daughter of Nelson W. Aldrich, who was a civil war veteran, Representative and Senator from Rhode Island.

Nelson was born on July 8th 1908 in Bar Harbor Maine. He was the second son of John. For Nelsons early years he went to school at Lincoln School in New York. Nelson Graduated college in 1930. Most of Nelsons following years were filled with him being employed in multiple family jobs.

Early Political Years

Before gaining any political offices Nelson was able to become fluent in Spanish. Because of Nelsons fluency in Spanish and his pressure on Roosevelt he was hired by the Administration and became the Coordinator of inter American Affairs.


Nelson Rockefeller – Vice Presidential Nomination (1974)

The original Constitution provided no mechanism for choosing a new Vice President in the event of the incumbent’s death or resignation. The current arrangement, that the President may nominate a new Vice President whenever a vacancy occurs, didn’t exist until the Twenty-Fifth Amendment was ratified in 1967 shortly after the Kennedy assassination. Sixteen of the thirty-seven pre-25th Amendment Vice Presidents (43%) either died in office, resigned, or succeeded a dead president. Of VPs 4 (George Clinton) through 21 (Thomas Hendricks), ten of them (56%) didn’t complete their terms. Some of these vacancies were remarkably long: the United States had no Vice President from November 23, 1814 to March 4, 1817 April 4, 1841 to March 4, 1845 July 9, 1850 to March 4, 1853 April 18, 1853 to March 4, 1857 April 15, 1865 to March 4, 1869 September 19, 1881 to March 4, 1885 November 25, 1885 to March 4, 1889 September 14, 1901 to March 4, 1905 and April 12, 1945 to January 20, 1949.

Section 2 of the Twenty-Fifth Amendment—that “[w]henever there is a vacancy in the office of the Vice President, the President shall nominate a Vice President who shall take office upon confirmation by a majority vote of both Houses”—has been invoked only twice in its short history. Richard Nixon nominated Congressman Gerald Ford to the office after Spiro Agnew resigned rather than endure impeachment proceedings (too bad for those of us who wonder whether Agnew would have attempted to preside over his own impeachment trial as President of the Senate). And eleven days after Ford succeeded his own nominator as president, he nominated Nelson Rockefeller of New York to be Vice President:

Although explaining to Ford that he was “just not built for standby equipment,” he eventually consented to the nomination. “It was entirely a question of there being a Constitutional crisis and a crisis of confidence on the part of the American people. . . . I felt there was a duty incumbent on any American who could do anything that would contribute to a restoration of confidence in the democratic process and in the integrity of government.” He was sworn in as Vice President on December 19, 1974, after four months of confirmation hearings. That process produced an interesting report, “Probing the Rockefeller Fortune.” (Occupy One Observatory Circle!)

Other than the passage of ordinary legislation and the proposal of constitutional amendments, the vice-presidential confirmation power represents one of only two ways in which both houses of Congress may act jointly on the same question. The other is also found in the Twenty-Fifth Amendment (Section 4): the Vice President becomes acting President if two-thirds of both houses of Congress determine (within certain temporal constraints) that the President is “unable to discharge the powers and duties of his office.”


Rockefeller sworn in as vice president, Dec. 19, 1974

On this day in 1974, Nelson Rockefeller, a former 14-year governor of New York and a dynastic scion of one of the nation’s wealthiest families, was sworn in as the 41st vice president of the United States after being confirmed by Congress.

President Gerald Ford had nominated Rockefeller for the post four months earlier. Ford, also a recently appointed vice president, acted on the Rockefeller appointment 11 days after President Richard Nixon had resigned in disgrace on Aug. 9 as a consequence of the Watergate scandal.

Although he had said he was “just not built for standby equipment,” Rockefeller accepted the nomination. “It was entirely a question of there being a constitutional crisis and a crisis of confidence on the part of the American people,” Rockefeller said. “I felt there was a duty incumbent on any American who could do anything that would contribute to a restoration of confidence in the democratic process and in the integrity of government.”

In November 1975, Rockefeller told Ford that he did not want to be his running mate in 1976 since “I didn’t come down [to Washington] to get caught up in party squabbles, which only make it more difficult for the president in a very difficult time.”

Ford, a moderate Republican from Michigan, acceded to pressure from GOP conservatives by elevating Sen. Bob Dole (R-Kan.) to the ticket. Ford remains, 36 years later, the last president to not have his vice president as his running mate.

Ford later said not choosing Rockefeller was one of the biggest political mistakes he ever made. With Dole on the ticket, Ford narrowly lost to Jimmy Carter, a former Georgia Democratic governor.

SOURCE: “THE IMPERIAL ROCKEFELLER: A BIOGRAPHY OF NELSON A. ROCKEFELLER,” BY JOSEPH PERSICO (1982)


Conteúdo

The Senate approved the nomination of Nelson Rockefeller on December 10, 1974 by a vote of 90 to 7. [4] The following week, on December 19, the House of Representatives gave its approval, 287 to 128. [5]

1974 U.S. Senate
Vice presidential
confirmation vote:
Festa Total votes
Democratic Republicano Conservative Independente
sim 52 36 1 1 90 ( 92.8%)
Não 4 3 0 0 7 ( 7.2%)
Result: Confirmed
1974 U.S. House
Vice presidential
confirmation vote:
Festa Total votes
Democratic Republicano
sim 134 153 287 ( 69.2%)
Não 98 30 128 ( 30.8%)
Result: Confirmed

  1. ^ Glass, Andrew (19 December 2012). "Rockefeller sworn in as vice president, Dec. 19, 1974". Politico . Retrieved 5 October 2015 .
  2. ^
  3. Kincade, Vance (2000). Heirs Apparent: Solving the Vice Presidential Dilemma. Greenwood Publishing Group. p. 35. ISBN9780275968663 . Retrieved 5 October 2015 .
  4. ^ umabcd
  5. "Nelson Aldrich Rockefeller, 41st Vice President (1974-1977)". US Senate. US Senate . Retrieved 5 October 2015 .
  6. ^
  7. "To confirm the nomination of Nelson A. Rockefeller to be Vice-President of the U.S."govtrack.us. U.S. Senate–December 10, 1974 . Retrieved February 12, 2019 .
  8. ^
  9. "To agree to H.Res. 1511, confirming Nelson A. Rockefeller as Vice President of the United States". govtrack.us. U.S. House–December 19, 1974 . Retrieved February 12, 2019 .
    , Ron Nessen Papers at the Gerald R. Ford Presidential Library. , YouTube.
  • United States Congress. "1974 United States vice presidential confirmation (id: R000363)". Biographical Directory of the United States Congress. , Contains details on the collection of public and private papers available to researchers at the Center.

This article related to the politics of the United States is a stub. Você pode ajudar a Wikipedia expandindo-a.


Nelson Rockefeller

Nelson Aldrich Rockefeller was the third son of John D. Rockefeller Jr. and the grandson of the founder of Standard Oil. He was active in philanthropy and art collecting, but he is best remembered as the first of the Rockefellers to successfully enter elective politics. Rockefeller, born in Bar Harbor, Maine, on July 8, 1908, was named after his maternal grandfather, Rhode Island Senator Nelson W. Aldrich. From an early age, Nelson was the leader of his four brothers and one sister: Abby Rockefeller Mauzé, John Davison Rockefeller III, Laurance Spelman Rockefeller, Winthrop Rockefeller, and David Rockefeller. He attended school in New York City and graduated from Dartmouth College in Hanover, New Hampshire, in 1930. His parents, Rockefeller Jr. and Abby Greene Aldrich, were active in art collecting, and Nelson quickly gained a role in promoting the work of new American artists in the Museum of Modern Art in mid-town Manhattan, New York. It led to an immediate controversy when one of the murals depicted big American capitalists, including a Rockefeller, as gangsters like Al Capone. Nelson kept the art but displayed it as inconspicuously as possible. During the World War II years, Rockefeller took positions with the State Department and focused on Latin American affairs. Afterward, he chaired the International Development Advisory Board, which was part of Truman's Point Four Program. The purpose of the Point Four Program was to give technical assistance in education, public health, industry, and especially agriculture, to developing nations to lessen their chances of being overtaken by communism. He also returned to the management of Rockefeller philanthropic interests. With the election of Dwight D. Eisenhower as President, Rockefeller returned to Washington, D.C., and served as chair of the President's Advisory Committee on Government Organization, and later as a Department of Health, Education and Welfare undersecretary. In 1958, he won the New York governorship as a Republican, a position he held from 1959 to 1973. Governor Rockefeller engaged in such large building projects as converting the State University of New York into the largest public higher education system in the United States and such major highways as the Long Island, the Southern Tier, the Adirondack, and Interstate Eight, which advanced New York State’s road transportation. He also established the toughest anti-drug laws in the country regarding the possession and sale of cocaine and heroine, some of which remain on the books. As a part of his liberal plans, he created more low-income housing, with unprecedented power given to the New York State Urban Development Corporation, which could override local zoning, condemn property, and develop creative financing schemes to carry out desired development. To pay for those building projects, Rockefeller established approximately 230 public-benefit authorities like the U.D.C., which issued bonds with a higher interest rate than what the state would have charged. He also raised the minimum wage for workers higher than in any other state at the time. He managed to increase the state budget from $2.04 billion in 1959-60 to $8.8 billion in 1973-74 when he left office, during a time of overall state economic decline. In 1961, Rockefeller's most promising son and cum laude Harvard graduate, Michael, was lost while attempting to reach remote villages in his native catamaran in the interior of Papua, New Guinea, at age 23. When Michael encountered rough water, he decided to swim ashore for help. Nelson organized an extensive search but his son was never found. Rockefeller unsuccessfully campaigned for the presidency in 1960, 1964, and 1968 but when Richard M. Nixon resigned the presidency in 1974, he came the closest he would in his public career of reaching the highest political office. Vice President Gerald Ford became President, under the provisions of the Twenty-fifth Amendment to the Constitution, and was required to designate a replacement for the office of Vice President. He chose Nelson Rockefeller, who was sworn in on December 19, 1974, and served until the end of Ford’s term in January, 1977. He died on January 26, 1979 of a heart attack and was cremated soon after. His ashes were buried at the family estate in Pocantico Hills, New York. He was said to have been worth $1 billion at the time of his death. Rockefeller was considered one of the leaders of the moderate wing of the Republican Party, and is hailed as an example of one of the outstanding figures of the 񓟈s and 1970s Republican" movement. Republicans who hold similar views to his are often called "Rockefeller Republicans."


Assista o vídeo: David Rockefeller Jr. Hopes Whoever Buys His Matisse Will Let Him Come Visit