Dedicado ao Empire State Building

Dedicado ao Empire State Building

Em 1º de maio de 1931, o presidente Herbert Hoover inaugura oficialmente o Empire State Building de Nova York, pressionando um botão da Casa Branca que acende as luzes do prédio. O gesto de Hoover, é claro, foi simbólico; enquanto o presidente permaneceu em Washington, D.C., outra pessoa acionou os interruptores em Nova York.

Diz-se que a ideia do Empire State Building nasceu de uma competição entre Walter Chrysler da Chrysler Corporation e John Jakob Raskob da General Motors, para ver quem poderia erguer o prédio mais alto. A Chrysler já havia começado a trabalhar no famoso Chrysler Building, o reluzente arranha-céu de 1.046 pés no centro de Manhattan. Para não ser superado, Raskob reuniu um grupo de investidores conhecidos, incluindo o ex-governador de Nova York Alfred E. Smith. O grupo escolheu o escritório de arquitetura Shreve, Lamb and Harmon Associates para projetar o edifício. Os planos Art-Déco, supostamente baseados em grande parte na aparência de um lápis, também eram amigáveis ​​para o construtor: todo o edifício foi construído em pouco mais de um ano, abaixo do orçamento (em $ 40 milhões) e bem antes do planejado . Durante certos períodos de construção, a moldura cresceu surpreendentes quatro histórias e meia por semana.

LEIA MAIS: 10 fatos surpreendentes sobre o Empire State Building

No momento de sua conclusão, o Empire State Building, com 102 andares e 1.250 pés de altura (1.454 pés até o topo do pára-raios), era o arranha-céu mais alto do mundo. A construção da era da Depressão empregava até 3.400 trabalhadores em um único dia, a maioria dos quais recebia uma excelente remuneração, especialmente dadas as condições econômicas da época. O novo prédio imbuiu a cidade de Nova York de um profundo sentimento de orgulho, desesperadamente necessário nas profundezas da Grande Depressão, quando muitos residentes da cidade estavam desempregados e as perspectivas pareciam sombrias. O controle da Depressão sobre a economia de Nova York ainda era evidente um ano depois, no entanto, quando apenas 25 por cento dos escritórios do Empire State haviam sido alugados.

Em 1972, o Empire State Building perdeu seu título de edifício mais alto do mundo para o World Trade Center de Nova York, que por si só foi o arranha-céu mais alto por apenas um ano. Hoje, a honra pertence à torre Burj Khalifa de Dubai, que se eleva a 2.716 pés no céu.


Edifício Empire State

Nossos editores irão revisar o que você enviou e determinar se o artigo deve ser revisado.

edifício Empire State, arranha-céu com estrutura de aço e 102 andares que foi concluído na cidade de Nova York em 1931 e foi o edifício mais alto do mundo até 1971. O Empire State Building está localizado em Midtown Manhattan, na Quinta Avenida na 34th Street. Ele continua sendo um dos edifícios mais distintos e famosos dos Estados Unidos e é um dos melhores exemplos de design Art Déco modernista.

Para que foi construído o Empire State Building?

O Empire State Building foi oficialmente construído para hospedar escritórios corporativos. Menos oficialmente, o Empire State Building também foi construído para ser o edifício mais alto do mundo. A competição a vencer na época de sua construção - foi concluída em 1931 - incluía os arranha-céus de Nova York, o Bank of Manhattan Building e o Chrysler Building.

Onde está localizado o Empire State Building?

O Empire State Building está localizado em Midtown Manhattan, na cidade de Nova York, Nova York, na Quinta Avenida na 34th Street. Antes de sua construção, o local também abrigava o local original do Waldorf Astoria Hotel na Quinta Avenida.

Como o Empire State Building recebeu esse nome?

O nome do Empire State Building deriva de um apelido do estado de Nova York. Embora a origem precisa do apelido "Empire State" seja desconhecida, uma de suas fontes documentadas mais antigas é uma carta escrita por George Washington em 1785 na qual ele expressa admiração pela força de Nova York durante a Revolução Americana e considera o estado "a sede de o império."

Por que as luzes do Empire State Building mudam?

As cores do sistema de iluminação do Empire State Building mudam para refletir os principais feriados e celebrações ao longo do ano. Essa tradição existe desde 1976, quando o primeiro sistema de iluminação do arranha-céu foi instalado. Em 2012 foi instalado um novo sistema de iluminação LED que permitiu ao edifício exibir milhões de cores.

Na época de sua construção, havia uma competição acirrada pela conquista do título de edifício mais alto do mundo. O Chrysler Building reivindicou o título em 1929, e o Empire State Building apreendeu-o em 1931, sua altura era de 1.250 pés (381 metros), cortesia de sua icônica torre, que originalmente deveria servir como uma estação de ancoragem para dirigíveis. Uma antena de 222 pés (68 metros) foi adicionada em 1950, aumentando a altura total do edifício para 1.472 pés (449 metros), mas a altura foi reduzida para 1.454 pés (443 metros) em 1985, quando a antena foi substituída. (Naquela época, o One World Trade Center, inaugurado oficialmente em 1972, havia se tornado o edifício mais alto do mundo.)

A dupla principal por trás da construção do Empire State Building foi John J. Raskob e Al Smith. Raskob, um magnata dos negócios e ex-presidente do comitê de finanças da General Motors Corporation, junto com Smith, que foi um ex-governador democrata de Nova York, parecia uma dupla estranha no papel. Com toda a probabilidade, sua amizade duradoura foi construída sobre o reconhecimento mútuo de suas histórias de origem semelhantes, como filhos nascidos de famílias católicas romanas de imigrantes em dificuldades. Raskob e Smith puderam apreciar o trabalho diplomático que cada um teve de fazer antes de se tornar conhecido pelo público na América. Antes de estabelecer planos para o Empire State Building em 1929, Smith alistou Raskob para servir como presidente do Comitê Nacional Democrata e como seu próprio gerente de campanha para sua segunda corrida à presidência, nas eleições presidenciais dos EUA de 1928. Sua derrota, nas mãos do candidato republicano Herbert Hoover, afirmou que o país relutava em arriscar a prosperidade econômica dos anos 1920 ao eleger um democrata, mas também indicava que os eleitores não estavam dispostos a eleger um católico romano que potencialmente minaria os valores da maioria protestante.

Após a perda da eleição de 1928 e de seu governo para concorrer à presidência, Smith ficou sem emprego. É impossível saber se devemos dar o crédito a Raskob ou a Smith pela ideia inicial de construir o arranha-céu no antigo local do Waldorf Astoria Hotel original, mas os dois chegaram à conclusão de que seria um projeto conjunto simultaneamente sensato e sensacional em o ponto médio de suas vidas. Raskob seria um financista crítico também encarregado de recrutar outros investidores, e Smith era uma figura afável e familiar para chefiar o projeto. Com a fundação da Empire State Building Corporation e sua nova função como presidente, Smith anunciou os planos para o prédio recorde em 29 de agosto de 1929. Seus arquitetos, Shreve, Lamb & amp Harmon Associates, projetaram um edifício que ultrapassaria 100 histórias.

A construção começou 200 dias depois, em 17 de março de 1930. Entre o momento em que Smith fez o anúncio em agosto e a construção começou em março, no entanto, a bolsa de valores quebrou, em outubro de 1929, e a Grande Depressão começou a se firmar. No entanto, a construção continuou e provou ser uma importante fonte de empregos na cidade de Nova York. O Empire State Building foi inaugurado formalmente em 1º de maio de 1931. A construção do imenso arranha-céu levou menos tempo do que qualquer um poderia ter previsto, sendo concluída após apenas 410 dias. Apesar da publicidade em torno do Empire State Building, sua inauguração ainda foi fortemente afetada pela coincidência com a Grande Depressão, grande parte do espaço de escritórios permaneceu sem aluguel, a tal ponto que o edifício foi chamado de “The Empty State Building”. Demorou quase 20 anos para que o prédio se tornasse lucrativo.

Apesar de seu início lento e eventual destronamento do recorde mundial que foi construído para capturar, o Empire State Building se tornou um ícone duradouro da cidade de Nova York para o mundo e para os próprios nova-iorquinos. Os observatórios estão localizados no 86º e 102º andares, e uma pequena plataforma de observação é encontrada no que alguns chamam de 103º andar. Os observatórios recebem milhões de visitantes todos os anos e, a partir de 1994, um concurso anual ofereceu aos casais a oportunidade de ganhar uma cerimônia de casamento exclusiva no Dia dos Namorados no observatório do 86º andar.

As notáveis ​​aparições do Empire State Building em alguns dos filmes mais românticos do século 20 podem ter servido de inspiração para o concurso. Primeiro em Caso de amor (1939) e então seu remake Um caso para lembrar (1957), os amantes infelizes do filme fazem planos memoráveis ​​de se encontrarem novamente no topo do Empire State Building após um longo tempo separados. A comédia romântica de sucesso Sem dormir em Seattle (1993) faz referência direta a Um caso para lembrar e os personagens de Meg Ryan e Tom Hanks finalmente se encontram no topo do mirante do Empire State Building. Além de suas conotações românticas, o Empire State Building fez aparições em vários meios culturais populares - começando talvez com o primeiro e mais famoso, no filme King Kong, que foi lançado em 1933, logo após a inauguração do edifício. Uma exposição no Empire State Building homenageia a presença generalizada do arranha-céu na cultura popular, exibindo uma montagem de centenas de seus recursos em filmes, videogames, quadrinhos e muito mais.

O Empire State Building também foi reconhecido por suas iniciativas de arquitetura verde. Em 2020, o arranha-céu completou um retrofit com duração de mais de 10 anos que reduziu significativamente o uso de energia, reduziu as emissões em cerca de 40 por cento e aumentou a eficiência.


O Empire State Building foi dedicado 80 anos atrás (VÍDEO)

History.com - Neste dia de 1931, o presidente Herbert Hoover inaugura oficialmente o Empire State Building de Nova York, pressionando um botão da Casa Branca que acende as luzes do prédio. O gesto de Hoover, é claro, foi simbólico enquanto o presidente permaneceu em Washington, D.C., outra pessoa acionou os interruptores em Nova York.

Diz-se que a ideia do Empire State Building nasceu de uma competição entre Walter Chrysler da Chrysler Corporation e John Jakob Raskob da General Motors, para ver quem poderia erguer o prédio mais alto. A Chrysler já havia começado a trabalhar no famoso Chrysler Building, o reluzente arranha-céu de 1.046 pés no centro de Manhattan. Para não ser superado, Raskob reuniu um grupo de investidores conhecidos, incluindo o ex-governador de Nova York Alfred E. Smith. O grupo escolheu o escritório de arquitetura Shreve, Lamb and Harmon Associates para projetar o edifício. Os planos Art-Déco, supostamente baseados em grande parte na aparência de um lápis, também eram amigáveis ​​para o construtor: todo o edifício foi construído em pouco mais de um ano, abaixo do orçamento (em $ 40 milhões) e bem antes do planejado . Durante certos períodos de construção, a moldura cresceu surpreendentes quatro histórias e meia por semana.

Na época de sua conclusão, o Empire State Building, com 102 andares e 1.250 pés de altura (1.454 pés até o topo do pára-raios), era o arranha-céu mais alto do mundo. A construção da era da Depressão empregava até 3.400 trabalhadores em um único dia, a maioria dos quais recebia uma excelente remuneração, especialmente dadas as condições econômicas da época.


Empire State Building é oficialmente dedicado

Neste dia de 1931, o presidente Herbert Hoover inaugura oficialmente o Empire State Building de Nova York, pressionando um botão da Casa Branca que acendeu as luzes do prédio. O gesto de Hoover, é claro, foi simbólico enquanto o presidente permaneceu em Washington, D.C., outra pessoa acionou os interruptores em Nova York. Diz-se que a ideia do Empire State Building nasceu de uma competição entre Walter Chrysler da Chrysler Corporation e John Jakob Raskob da General Motors, para ver quem poderia erguer o prédio mais alto. A Chrysler já havia começado a trabalhar no famoso Chrysler Building, o arranha-céu reluzente de 1.046 pés no centro de Manhattan.

Para não ser superado, Raskob reuniu um grupo de investidores conhecidos, incluindo o ex-governador de Nova York Alfred E. Smith. O grupo escolheu o escritório de arquitetura Shreve, Lamb and Harmon Associates para projetar o edifício. Os planos art déco, supostamente baseados em grande parte na aparência de um lápis, também eram amigáveis ​​para o construtor: todo o edifício foi construído em pouco mais de um ano, abaixo do orçamento (US $ 40 milhões) e bem antes do planejado . Durante certos períodos de construção, a estrutura cresceu surpreendentes quatro andares e meio por semana.

Na época de sua conclusão, o Empire State Building, com 102 andares e 1.250 pés de altura (1.454 pés até o topo do pára-raios), era o arranha-céu mais alto do mundo. A construção da era da Depressão empregava até 3.400 trabalhadores em um único dia, a maioria dos quais recebia uma excelente remuneração, especialmente dadas as condições econômicas da época. O novo prédio imbuiu a cidade de Nova York de um profundo sentimento de orgulho, desesperadamente necessário nas profundezas da Grande Depressão, quando muitos residentes da cidade estavam desempregados e as perspectivas pareciam sombrias.

O controle da Depressão sobre a economia de Nova York ainda era evidente um ano depois, quando apenas 25% dos escritórios do Empire State haviam sido alugados. Em 1972, o Empire State Building perdeu seu título de edifício mais alto do mundo para o World Trade Center de Nova York, que por si só foi o arranha-céu mais alto em apenas um ano. Hoje, a homenagem pertence ao edifício Taipei 101 de Taiwan, que se estende por 500 metros no céu, mas que em breve será substituído pelo edifício Burj em Dubai.


Onde está o Empire State Building hoje

Os efeitos totais da pandemia COVID-19 em prédios de escritórios ainda ocorrem em tempo real e podem não ser totalmente aparentes por vários anos, dizem analistas da indústria à TIME. Ao contrário dos aluguéis de apartamentos que podem durar um ou dois anos, os aluguéis de escritórios tendem a ter prazos de sete a dez anos, então as mudanças podem vir mais lentamente. Mas, à medida que os aluguéis forem sendo renovados, os inquilinos provavelmente manterão suas opções em aberto, dizem os analistas, buscando obter o espaço de escritório mais moderno com o mínimo de dinheiro.

Independentemente do que os inquilinos alugem, a apreciação pós-pandêmica das possibilidades de trabalho remoto provavelmente levará muitas empresas a optar por um espaço menor do que o que tinham antes, diz Jonathan Litt, veterano analista de imóveis comerciais e fundador e CIO da gestão de investimentos Terrenos e edifícios firmes.

Os restaurantes e lojas nos bairros comerciais vão sentir a diminuição do tráfego de pedestres também, ressalta. Isso porque é muito mais fácil trabalhar em casa agora do que durante as crises econômicas anteriores. & # 8220A grande diferença de outras crises que encontramos & # 8217s é que a tecnologia existe e funciona. E funciona muito bem, & # 8221, diz ele.

Nesse ínterim, há mais interesse em sublocar espaço de escritório, à medida que os proprietários de empresas tentam descobrir como será voltar ao escritório, diz Victor Rodriguez, diretor de análises da CoStar, uma empresa de análises e dados imobiliários comerciais. No momento, há cerca de 101 milhões de pés quadrados de espaço de escritório disponíveis para alugar em Manhattan, e 24 milhões de pés quadrados disso estão disponíveis para sublocação & mdasha aumento de 51% do espaço de escritório disponível para sublocação durante a Grande Recessão.

No Empire State Building, há outro fator a ser enfrentado: não apenas os escritórios estão se esvaziando na cidade, mas o tráfego do turismo também está afetado. Em 2019, a maior proporção de sua receita veio do aluguel de escritórios (45%), seguido pelo observatório com 38%. A receita do Observatório em 2020 caiu 77% em relação a 2019. Historicamente, dois terços dos visitantes do observatório vêm do exterior e, dadas as restrições de viagem e a ameaça contínua do vírus no ano passado, o prédio não espera atingir os níveis pré-pandêmicos até a primavera de 2022.

& # 8220Poderia dizer-se levianamente que o Empire State Building é uma plataforma de observação com alguns escritórios & # 8221 diz Jason M. Barr, economista da Rutgers University e autor de Construindo o horizonte: o nascimento e o crescimento dos arranha-céus de Manhattan e # 8217s, que bloga sobre a economia atual dos arranha-céus no blog da Skynomics.

Mas a administração está otimista.

& # 8220 Noventa anos atrás, era chamado de & # 8216Empty State Building & # 8217 e a principal fonte de receita que o sustentava eram os visitantes do observatório. Não estamos vazios agora, estamos com mais de 90% alugados, & # 8221 diz Anthony E. Malkin, presidente e CEO do atual grupo de propriedade do edifício, o Empire State Realty Trust, Inc., cujo avô era um dos homens envolvidos no sindicato de 1961.

E, acreditam os proprietários de edifícios, olhar para o futuro ajudará a sustentar esses números.

& # 8220O Empire State Building, embora sempre o ícone do horizonte da cidade de Nova York, era realmente, no interior, não competitivo & quase 1.000 pequenas suítes, aluguel muito baixo e inquilinos de baixo crédito, & # 8221 Malkin diz. & # 8220O que fizemos foi mudar para um programa de reposicionamento do edifício de forma dinâmica, como líder em eficiência energética, saúde predial e qualidade ambiental interna, como forma de nos diferenciarmos para atrair melhores inquilinos que garantam prazos de locação mais longos. & # 8221

Embora Dubai & # 8217s Burj Khalifa seja agora o edifício mais alto do mundo & # 8217s, Nova York ainda é a capital mundial dos edifícios superaltos, com sete prédios tão altos ou mais altos que o Empire State Building. E a cidade continua batendo recordes de altura. Entre os arranha-céus concluídos em 2020 está o edifício residencial mais alto do mundo, o Central Park Tower de 1.550 pés de altura.

E o Empire State Building ainda está aberto para negócios, 90 anos depois - sugerindo que um edifício com status de ícone e proprietários que podem se dar ao luxo de aguentar até a economia voltar ao normal pode durar.

& # 8220Os ciclos na construção de arranha-céus refletem os ciclos econômicos & # 8221 diz Willis. Apesar das crises econômicas, desastres naturais como o furacão Sandy e atos de terrorismo, & # 8220Nova York sempre se recuperou desses contratempos, e Nova York voltou com valor agregado e agregou novos edifícios a cada vez. & # 8221

Embora a definição de escritório esteja evoluindo, enquanto a cidade de Nova York continuar a ser a capital de uma variedade de setores, haverá demanda por espaços para escritórios.

Como Barr explica, muitos edifícios de escritórios em Nova York tendem a ser & # 8220 caros de operar & # 8221, mas & # 8220seguros, lucrativos constantes & # 8221 porque & # 8220Nova York continua sendo o centro de tudo. & # 8221


Empire State Building dedicado neste dia, 82 anos atrás (FOTOS)

Em 1o de maio de 1931, o presidente Herbert Hoover apertou um botão na Casa Branca que "acendeu" as luzes do prédio mais alto do mundo, então: o Empire State Building.

Como observa o History Channel, o gesto foi obviamente simbólico, já que foi alguém dentro do próprio Empire State Building que realmente acionou os interruptores.

A página do Empire State Building no Facebook postou esta foto da cerimônia de inauguração na quarta-feira:

Com 102 andares e 1.250 pés de altura, o prédio era o mais alto do mundo até 1974, quando foi derrotado pelo World Trade Center.

Depois do 11 de setembro, foi o prédio mais alto de Nova York novamente e assim permaneceu até o ano passado, quando a construção do One World Trade Center ultrapassou a marca de 1.250 pés.

Para saber mais sobre a história do Empire State Building, vá até o History Channel.

Confira abaixo algumas fotos da construção do Empire State Building.


Dedicado ao Empire State Building

Neste dia (1º de maio) de 1931, o presidente Herbert Hoover inaugura oficialmente o Empire State Building de Nova York, pressionando um botão da Casa Branca que acende as luzes do prédio. O gesto de Hoover, é claro, foi simbólico enquanto o presidente permaneceu em Washington, D.C., outra pessoa acionou os interruptores em Nova York.

Diz-se que a ideia do Empire State Building nasceu de uma competição entre Walter Chrysler da Chrysler Corporation e John Jakob Raskob da General Motors, para ver quem poderia erguer o prédio mais alto. A Chrysler já havia começado a trabalhar no famoso Chrysler Building, o reluzente arranha-céu de 1.046 pés no centro de Manhattan. Para não ser superado, Raskob reuniu um grupo de investidores conhecidos, incluindo o ex-governador de Nova York Alfred E. Smith. O grupo escolheu o escritório de arquitetura Shreve, Lamb and Harmon Associates para projetar o edifício. Os planos Art-Déco, supostamente baseados em grande parte na aparência de um lápis, também eram amigáveis ​​para o construtor: todo o edifício foi construído em pouco mais de um ano, abaixo do orçamento (em $ 40 milhões) e bem antes do planejado . Durante certos períodos de construção, a moldura cresceu surpreendentes quatro histórias e meia por semana.

No momento de sua conclusão, o Empire State Building, com 102 andares e 1.250 pés de altura (1.454 pés até o topo do pára-raios), era o arranha-céu mais alto do mundo. A construção da era da Depressão empregava até 3.400 trabalhadores em um único dia, a maioria dos quais recebia uma excelente remuneração, especialmente dadas as condições econômicas da época. O novo prédio imbuiu a cidade de Nova York de um profundo sentimento de orgulho, desesperadamente necessário nas profundezas da Grande Depressão, quando muitos residentes da cidade estavam desempregados e as perspectivas pareciam sombrias. O controle da Depressão sobre a economia de Nova York ainda era evidente um ano depois, no entanto, quando apenas 25 por cento dos escritórios do Empire State haviam sido alugados.

Em 1972, o Empire State Building perdeu seu título de edifício mais alto do mundo para o World Trade Center de Nova York, que por si só foi o arranha-céu mais alto por apenas um ano. Hoje, a homenagem pertence à torre Burj Khalifa de Dubai, que se eleva a 2.717 pés no céu.


Boletim informativo do New York Playbook

Nosso briefing de leitura obrigatória informando a conversa diária entre os nova-iorquinos bem informados

Ao se inscrever, você concorda em receber boletins informativos ou atualizações por e-mail da POLITICO e concorda com nossa política de privacidade e termos de serviço. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento e pode entrar em contato conosco aqui. Este formulário de inscrição é protegido pelo reCAPTCHA e aplicam-se os Termos de Serviço e Política de Privacidade do Google.

De acordo com relatos oficiais, cinco trabalhadores morreram durante a construção, embora o New York Daily News tenha relatado 14 mortes. O prédio custou quase US $ 41 milhões - cerca de US $ 535 milhões em dinheiro hoje - incluindo o custo de demolir o Waldorf-Astoria Hotel, que havia sido inaugurado no local na década de 1890. O projeto chegou a cerca de US $ 20 milhões abaixo do orçamento.

Em 1972, o prédio, então há muito lucrativo, perdeu sua posição de mais alto do mundo para a Torre Norte do World Trade Center de Nova York, que desabou após um ataque terrorista em 11 de setembro de 2001.

O Empire State Building é agora o quarto arranha-céu mais alto dos Estados Unidos e o 40º mais alto do mundo. Ele continua sendo o terceiro edifício mais alto da cidade de Nova York, atrás do One World Trade Center, que foi concluído em 2013, e do 432 Park Ave., uma estrutura residencial concluída em 2015.

Atualmente, o edifício mais alto do mundo é o arranha-céu Burj Khalifa, que tem 163 andares e se eleva a 2.717 pés acima de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Este artigo marcado em:

Perdendo as últimas novidades? Inscreva-se no POLITICO Playbook e receba as últimas notícias, todas as manhãs - em sua caixa de entrada.


Dedicado ao Empire State Building - HISTÓRIA

Em 1º de maio de 1931, a construção foi concluída no que ainda é o edifício mais alto do mundo - o Empire State Building na cidade de Nova York. Menos de oito meses depois, uma antena de transmissão de televisão foi erguida sobre a estrutura de azulejos (um ponto originalmente projetado como um mastro de amarração para dirigíveis). Durante os 36 anos seguintes. sinais de televisão e rádio FM continuaram a ser transmitidos a partir deste local. Hoje, 22 emissoras compartilham o site.

O inquilino original no pináculo do mastro de amarração (a parte mais alta do edifício) era a National Broadcasting Company. A NBC começou as transmissões experimentais de televisão da primeira antena Empire State em 22 de dezembro de 1931 (Fig. 1) Transmissores separados para transmissões visuais e auditivas foram usados ​​com as letras W2XF e W2XK, respectivamente.

Esses dois transmissores foram operados simultaneamente com outro transmissor de televisão NBC já localizado no estúdio de teatro de New Amsterdam na 42nd Street. Essa estação anterior carregava as letras de chamada W2XBS (posteriormente transferidas para o transmissor Empire State) e operava em aproximadamente 2 MHz com sinais de imagem digitalizados mecanicamente de 60 linhas. A primeira transmissão experimental do Empire State Building foram imagens de 120 linhas usando digitalização mecânica de filmes e temas vivos.

(Acredita-se que sejam as primeiras transmissões de alta potência e alta frequência recebidas e monitoradas por meio do cinescópio, ou tubo de imagem de raios catódicos. Naquela época, os tubos tinham telas fluorescentes verdes, já que o fósforo branco posteriormente usado para a televisão em preto e branco ainda não havia sido desenvolvida.) Os testes Empire Slate, embora a uma taxa de linha duas vezes maior que a dos testes de 60 linhas W2XBS indicassem que uma resolução maior seria necessária para um serviço de televisão pública satisfatório.

Em 1934, a NBC, em cooperação com o Major Edwin H, Armstrong, forneceu os recursos de transmissão de VHF de alta potência para testes de modulação de frequência. Essas transmissões de teste continuaram até o final de 1935, quando as instalações foram necessárias para a continuação dos testes realizados pela televisão NBC-RCA. Uma nova antena com polarização horizontal foi instalada em 1936, e uma nova série de testes usando 343 linhas de varredura por imagem foi iniciada a partir do Empire State. Esses testes usaram pela primeira vez uma relação fixa entre as portadoras visuais e auditivas, de modo que os receptores pudessem ser projetados com um único controle de sintonia. Os testes também marcaram o primeiro uso da câmera iconoscópica.

O trabalho começou em 1950 na instalação de múltiplas antenas de TV / FM. Muitos engenheiros estiveram envolvidos na pesquisa, projeto, teste e construção da matriz múltipla. Entre eles estavam o Dr. Frank G. Kear (Kear e Kennedy), John B. Dearing e Herman F. Gihring (RCA) e 0. B. Hanson e Raymond F. Guy (NBC).

Antes da construção inicial dessa nova estrutura de antena, a American Broadcasting Company mudou seu transmissor para o Empire State Building e utilizou uma antena no topo do mastro de suporte da NBC. No final do ano, durante a construção da estrutura de múltiplas antenas, a WJZ-TV da ABC (agora WABC-TV) usou uma antena provisória montada no topo do mastro de amarração, mas inclinada 15 . da vertical. A estação NBC fez o mesmo, para isolamento mútuo.

Em dezembro de 1951, o trabalho foi concluído na instalação de várias antenas. Ele foi projetado e construído de forma que cada uma das cinco estações de televisão e três estações de FM pudesse empregar a radiação máxima permitida pela FCC. Conforme mostrado na Fig. 3. a torre torna-se progressivamente mais estreita à medida que aumenta a sua altura. Esta construção foi ditada pelos princípios de um bom design mecânico. Já o comprimento de onda e conseqüentemente o tamanho do elemento, diminui com o aumento da frequência. as antenas eram geralmente dispostas para aumentar a frequência com o aumento da altura. A antena da NBC foi uma exceção a essa regra por dois motivos: Como inquilino original no Empire State, a NBC também tinha direitos anteriores de posicionamento na torre. como a NBC escolheu uma antena super torneira, ela tinha que ser suspensa, o fino poste de aço não suportaria antenas adicionais acima dela.

Além de controlar os sinais de cinco emissoras de televisão, a torre foi projetada para irradiar transmissões de três emissoras FM. A saída do transmissor FM NBC foi triplexada na antena de TV NBC. Os sinais ABC e CBS FM foram diplexados em um único conjunto de dipolos instalados na antena de TV CBS perto da parte inferior da torre.

Em junho de 1951, o WNBT iniciou as transmissões de sua antena na torre. Em agosto, WPIX (canal 11) e o que hoje é WABC-TV (canal 7) passaram a utilizar suas instalações na estrutura, WABD (agora WNEW-TV. Canal 5) juntou-se às demais estações em outubro, e WCBS-TV (canal 2) estava operando em suas novas instalações em dezembro. As estações ABC e CBS FM começaram a operar de sua antena comum em março de 1952.

Com cinco das sete estações de TV da área metropolitana de Nova York então existentes transmitindo do Empire State Building, a tendência logo alcançou as outras duas. No 1952, WATV (agora WNDT. Canal 13), começou a transmitir de uma antena montada no mastro de amarração do edifício. Uma instalação adicional foi feita durante 1953, e em dezembro a WOR-TV (canal 9) iniciou a transmissão de uma antena no topo do mastro de amarração, logo abaixo da parte inferior de múltiplas antenas. A estação irmã WOR-FM surgiu em 1956, utilizando uma antena logo abaixo da base da torre de múltiplas antenas. Em 1958, a WNEW-FM começou a operar a partir de uma antena dentro da matriz WNEW-TV.

Quando, em 1961, a FCC planejou um teste de televisão UHF em uma área metropolitana. o Empire State Building foi escolhido como local da antena. Pela primeira (e até agora) única vez em Sua história, a própria Comissão tornou-se uma licenciada de radiodifusão. O WUHF começou a transmitir em 1 de novembro de 1961 de uma antena localizada nos quatro cantos da torre, ao lado do conjunto WCBS-TV, próximo à base da torre. A estação (no canal 31) foi posteriormente doada para a cidade de New Fork e tornou-se WNYC-TV.

Em 1965, uma nona estação de TV tinha entrado no ar na área de Nova York - aWNJU-TV (canal 47) licenciada para Linden. N. J. A transmissão começou em 16 de maio de 1965 de uma antena no mastro de amarração do edifício.

Operações combinadas de FM

No outono de 1959, quase 20 estações FM operavam na cidade de Nova York. Com cinco estações já transmitindo do Empire State e outras seis expressando interesse em usar as instalações do prédio, surgiu a possibilidade de uma antena FM comum. Em vez de simplesmente anexar as antenas uma por uma. parecia vantajoso investigar a possibilidade de uma antena mestre. O Empire State Building Co. pediu ao Dr. Kear uma opinião sobre a possibilidade de uma antena FM master. Ele recomendou um estudo de viabilidade realizado pela Alford Manufacturing Co. Dr. Kear e seus associados começaram o projeto, em conjunto com o teste e a construção de vários modelos em escala de Fred Abel. Andrew Alford, Harold H. Leach e Nelson R. Powers, todos da Alford Manufacturing Co.

Em março de 1965, três estações FM de Nova York concordaram em alugar espaço na antena FM principal proposta, logo depois disso, a construção da matriz foi iniciada pela Alford Manufacturing, como pode ser visto na Fig. 4 e nas outras fotos, espaço no mastro de amarração foi limitado. O melhor local disponível parecia ser as faixas de aço inoxidável ao redor do deck de observação do 102º andar. Por meio do uso de um modelo em escala, várias combinações de 8, 12 e 16 dipolos foram testadas, até que os testes provassem que 16 era o número ideal para cada baía. This configuration provided the required circularity in the horizontal plane together with a VSWR of less than 1.10 to 1 from 90 to 108 MHz and less than 1.20 to 1 from 88 to 90 MHz. One of the dipoles is seen in Fig, 5.

Dual polarization was incorporated into the antenna by orienting each dipole 45 away from the horizontal. Each dipole is fed 22.5 c out of phase with respect to its neighbors this arrangement was found to give satisfactory patterns and a low standing-wave ratio. o dipoles are arranged into groups of four, each group being fed by one element of a four-way fork. Each bay contains 16 dipoles, and there are 2 bays, A transfer panel allows feeding both bays, or either bay in case of an emergency

Each station is connected to the antenna through a multiplexer which offers a high degree of attenuation to all frequencies except that of the input station. All multiplexers arc connected in a line and beyond the last station is an extra, unmultiplexed input. If any station's multiplexer should be put out of service, that transmitter may he coupled to the last input for emergency operation. Normal isolation from transmitter to transmitter varies from 26 to 55 dB. The antenna will accommodate 17 stations of up to 10 KW.

On December 9, 1965, WQXR-FM became the first station to begin transmitting from the master FM antenna. During 1966, seven more stations installed transmitters in the building and used the master array: January. WHOM-FM: February. WLIB-FM and WOR-FM

March, WBAI and WNCN September, WNYC-FM and WPIX-FM, On February 1. 1967 WRFM became the ninth station to transmit from the master FM antenna.

Today the Empire Slate Building occupies a unique position in the broadcast industry. It furnishes leased vertical space of 317 feet for the antennas of 22 stations. Between the 80th and 85th floors arc housed 35 separate broadcast transmitters with a combined total RF output power of over 400 KW. The Empire state Building Co. owns the master FM antenna and leases it to individual FM stations perhaps the only such situation in the world. The company also has responsibility for general maintenance of the TV lower.

The tower is provided with a code beacon, and there is obstruction lighting at three lower levels. The mooring-mast section of the building is illuminated by flood-lights. FCC rules with respect to tower painting are waived in favor of tower lighting 24 hours per day.

Stations currently 1 transmitting from the building are listed below in order of their position from the top of the tower (Fig. 6).

WNBC-TV (ch. 4): 25.7 KW visual,

5,13 KW aural at 1445 ft.* WNBC-FM (97.1 MHz): 1.1 KW at

1445 ft. WNBC visual, aural, and FM signals are triplexed into a single 4-bay superturnstile antenna 56 ft in length.

WPIX (TV) (ch. II): 100 KW visual, 20 KW aural at 1400 ft, using a zigzag antenna 23 ft in length. (Also auxiliary antenna at 1325 ft level.)

WABC-TV (ch. 7) 110 KW visual, II KW aural at 1380 ft. using a Z-type antenna 25 ft in length.

WNEW-FM (102.7 MHz): 4.1 KW horizontal, 4.1 KW vertical at 1360 ft, A special single-bay antenna is used. It consists of 4 horizontal dipoles on the tower faces, and 4 vertical dipoles on the corners. All dipoles are positioned between the upper two bays of the WNEW-TV array.

WNEW-TV (ch. 5): 37.1 KW visual, 5,5 KW aural at 1330 ft, A five-bay antenna 56 ft in length is employed. The upper two bays | are used as an auxiliary antenna, while the lower three bays are used as the main antenna,

WPIX (TV): This station also has a

single set of dipoles at the 1325- ft level as an auxiliary antenna.

8.32 KW aural at 1300 ft. A five-bay antenna 65 ft in length is used. The upper three bays are for visual, and the lower two bays for aural transmission.

WNYC-TV (ch. 31) 890 KW visual, 89 KW aural at 1290 ft. A special antenna, utilizing vertical slots in a collinear traveling wave array 40 ft in length is in service. There are 24 slots, or bays, in each element.

WABC-FM (95.5 MHz) 1.5 KW at 1270 ft.,

WCBS-FM (101.1 MHz): 1.5 KW at 1270 ft,

WABC-FM and WCBS-FM are duplexed into a single-bay antenna consisting of four horizontal dipoles mounted on the tower faces between the two lower bays of the WCBS-TV array.

WABC-TV and WNBC-TV: These stations have auxiliary antennas at the 1250-ft level (the very top of the mooring mast).

WOR-FM : An auxiliary antenna is located just below the base of the TV tower.

WOR-TV (ch. 9): 155 KW visual, 31 KW aural at 1240 ft. A special 2-bay antenna 8 ft in length is in use. Each bay consists of 24 dipoles equally spaced around the top of the mooring mast, approximately 35 ft in diameter.

Master FM Antenna: Each of the two bays consists of 16 dipoles equally spaced around the mooring mast above and below the 102nd-floor observation deck. Height is 1220 ft. Stations now using the array:

WBAI (FM) (99.5 MHz): 5.4 KW horizontal, 3.8 KW vertical

WHOM-FM (92.3 MHz): 5.4 KW horizontal, 3.8 KW vertical

WLIB-FM (107.5 MHz): 2,0 KW horizontal, 1.45 KW vertical

WNCN (FM) (104.3 MHz): 5.4 KW 3.5 KW vertical

WNYC-FM (93.9 MHz) 5.3 KW horizontal, 3.7 KW vertical

WOR-FM 98.7 MHz): 5.4 KW horizontal, 3.8 KW vertical

WPIX-FM (101.9 MHz): 5.4 KW horizontal. 3.8 KW vertical

WQXR-FM (96.3 MHz): 5.4 KW horizontal. 3,8 KW vertical

WRFM (FM) (105.1 MHz): 5.2 KW horizontal, 3.7 KW vertical

WNDT (TV) (ch. 13): 178 KW visual,, 34.7 KW aural at 1180 ft. A stacked 6-bay Yagi, 27.5 ft in length, is employed.

WNJU-TV (ch. 47): 234 KW visual, 46.8 KW aural at 1180 ft. In use is a special 4-bay vertical-slot antenna 52 ft in length. The antenna consists of two sections which are mounted on the north and south faces of the mooring mast.

Some time ago, a feasibility study was conducted by a consulting engineering firm for the Empire State Building Co. This study showed that the mooring mast could hold several more UHF antennas. Currently a CP is held by WTVE (ch. 41). licensed to Patterson, N. J., which proposes another antenna on the building. Another FM station is considering using the master FM antenna. Also, WABC-FM, WCBS-FM. and WNDT plan to install new antennas during the summer of 1967.

The world's most unusual antenna site may not exist much longer. Recently, the Port of Nov. York Authority has been planning the construction of twin 1 10-story skyscrapers in Lower Manhattan. Independent studies by Alford Manufacturing Co, and Jansky and Bailey have shown that the proposed towers would cause ghosting to some viewers watching some of the TV stations presently on the Empire State Building. Several solutions to the program have been advanced, one being to relocate antennas from Empire State to the new. taller structures (to be known as the World Trade Center).

Whatever the future of the Empire State Building antenna site. it remains a monument to the ability of broadcast engineers and stations to cooperate for their mutual welfare and for the public benefit.

The author wishes to thank the various engineers of the stations, networks, and companies mentioned for their assistance in preparing this report. He is especially grateful to Thomas J. Buzalski of NBC. John F. Garrety of the Empire State Building Co., Dr. Frank G, Kear of Kear and Kennedy, Harold H. Leach of Alford Manufacturing Co., and Robert M. Morris, formerly of ABC and NBC.


Interesting Facts about the Empire State Building

The following are 12 interesting facts about the Empire State Building:

The Empire State Building topped the heights of all buildings on the earth’s surface for almost 4 decades, before the World Trade Center (WTC) shattered that record into pieces in the 1970s. However, it later reclaimed the title when WTC was destroyed during the 9/11 attacks in 2001. As at 2014, the WTC’s successor, the One World Trade Center (One WTC) became the tallest building in New York. At 1776 feet (541), the One WTC is considered in not just the United States, but the entire Western hemisphere of the world.

The Empire State Building (left) was surpassed by the One World Trade center (right) in 2014.

The human labor that did the construction job numbered about 3400. A greater percentage of the workers were European immigrants. It was officially confirmed that 5 workers lost their lives during the construction process. During construction, A.W. Aldrich was the first person to officially climb to the top of the building. It took the 49-year-old Vermont worker about 36 minutes to do so.

The tough economic times created by the Great Depression of the late 1920s and early 1930s nearly marred the fortunes of the building. A huge volume of offices remained unoccupied due to lack of money in the system. The owners of the building couldn’t make enough profit from their investment for nearly 20 years after its construction. New York residents decided to give it a nickname, Empty State Building. It was during the 1950s that the building became profitable.

In July 1945 a military aircraft accidentally crashed into the 79th floor of the building, as a result of bad weather. After the crash debris had cut off an elevator cable, one worker (Betty Lou) fell in an elevator through 75 floors. Miraculously, she survived the fall. 14 deaths were recorded.

When measured from the bottom to the top, the building’s height is 1250 feet. This measured height excludes an antenna which sits on top of the building. The antenna height of 204 feet, when taken into consideration, stretches the entire height to 1454 feet. The estimated cost of construction of the project was about $ 40 million, far below the initial budget of $ 50 million.

Over the past years, some people misused the building as a suicide zone. While tourists visit the building to enjoy beautiful views of Manhattan, some ill-fated individuals consider the Empire State Building the best height for jumping to their deaths. Since its erection, over 30 people have sadly taken their lives by jumping from higher floors.

William Lamb was the architect who designed the building. He worked at a firm called Shreve, Lamb & Harmon. The contract was executed by the Starret Brothers and Eken. Working together, they faultlessly gave us an iconic building.

  • A truly iconic building requires top-Notch Security Service in and around the premises

The Empire State skyscraper boasts of top tight security services, comparable to that of airport facilities. Visitors are thoroughly screened to prevent them from sending dangerous materials into the building. CCTV cameras are all over the place, 24/7.

The building is considered one of the most famous landmarks in the U.S. A 2007 poll made by the American Institute of Architects revealed that Americans regard it as “America’s Favorite Architecture”. In 1955, the American Society of Civil Engineers named the building the most iconic feat of engineering in America’s history. Also, the building appears on the New York City Landmarks Preservation Commission’s list. It even has its own zip code- 10118.

Every year, about 4 million visitors troop into the building. Among those visitors have been famous people such as Fidel Castro, Bill Clinton, Queen Elizabeth II, Celine Dion, Roger Federer, and a host of other world leaders and celebrities.

Towards the latter part of the 1920s, galore of wealth in New York City, created a competitive race to put up the world’s tallest tower. The Chrysler Building and the Wall Street Bank of Manhattan where the two main towers that tried to beat each other in the competition. The race even became tougher when a New York governor by name AI Smith, formally announced that the Empire State Building was about to be erected. At the end of the day, the Empire State won the race.

One surprising thing about the Empire State Building is about the original purpose of the topmost tower of the building – it was originally meant to be a docking spot for airships to lower their cables and maneuver a landing. Experiments proved that to be very dangerous so the plan was immediately canceled.

Ever since it was put up in 1931, the building has seen its fair share of stubborn parachute jumpers and daredevil enthusiasts. These daredevils occasionally pursue a blood rush by climbing to dangerous heights of the building before jumping all the way down. In 1986, two British nationals, Alastair Boyd and Michael McCarthy, managed to jump off from the 86th floor’s observation deck. They used parachutes they had hidden underneath their clothes. When they landed safely, they were immediately taken into custody and charged for reckless behavior. Another parachutist from Norway successfully repeated the parachute jumping. He escaped unhurt.

In May 1931, the 31st President of the United States, Herbert Hoover, sat in Washington and pressed a button to turn on the lights of the Empire State Building. From a distance of over 200 miles, he had officially opened the building for business.

The architect of the Empire State designed the building to closely follow the design of the Reynolds Building in North Carolina. Workers in the Empire State usually present a Father’s Day gifts to the workers in the Reynolds Building.


Building the Empire State Building: The Daredevil Sky Boys

The Empire State Building soars above Manhattan’s skyline… but it wasn’t easy to build!

Building the Empire State Building? Not an easy task. After all, this “Eighth Wonder of the World,” an Art Deco marvel towering over midtown Manhattan, was the world’s tallest building for over 40 years!

The only thing as impressive as the Empire State Building… are the men who built it! The Empire State Building was built by construction workers who toiled at heights of up to 1,440 feet above the city’s streets. No wonder they were known as “air-treaders,” or “sky boys.”

Here’s what to know about the brave souls who built the Empire State Building!

At the peak of construction, there were 3,000 people working on the Empire State Building

Sky boys at work. Photo by Lewis Hine

Excavation for the Empire State Building began on January 22, 1930, less than three months after the Wall Street crash. Given the city’s financial straits, jobs on the project were coveted.

Most workers were eager European immigrant laborers. At the peak, there were about 3,000 men at work on the building—including carpenters, bricklayers, derrick men, elevator installers, electricians, plumbers, heating and ventilation men, trade inspectors, checkers, foremen, and clerks.

But it was the sky boys—the daredevil steel workers and riveters—who most inspired awe.

The sky boys put on the best open-air show in town…

The gravity-defying ironworkers balanced on narrow beams or hung from derrick lines hundreds, and even thousands, of feet above the city’s streets.

o New York Times wrote that they “put on the best open-air show in town. They rode into the air on top of a steel beam that they maneuvered into place as a crosspiece by hanging to the cable rope and steering the beam with their feet, then strolling on the thin edge of nothingness.”

Along with the steelworkers were the intrepid teams of riveters, who drove red-hot rivets into the beams, fastening them into place to create the building’s steel skeleton.

Passersby stood three and four deep, taking deep breaths as they watched the steelworkers at their acrobatic work. London’s Correio diário compared the workers to classical heroes: “They were right there, in the flesh, outwardly prosaic, incredibly nonchalant, crawling, climbing, walking, swinging, swooping on gigantic steel frames.”

…but seemed comfortable doing it

Hard at work. Photo by Lewis Hine

Despite the danger, the sky boys seemed cool and calm. “It isn’t really as dangerous as it looks,” claimed one of the workers. “It’s safer up here than it is down below,” he said, pointing to the chaotic streets.

Supporting the workers were the water boys, who carried water buckets to the thirsty construction workers and sometimes peddled cigarettes. Joe Carbonell, who was sixteen years old when he worked on the site, remembered, “It was kind of a thrill working on the beams. I learned, don’t look down, just look to the end of the beam.”

The one danger the workers heeded? Clima

As fearless as the riveters and iron workers seemed, there was one danger they heeded: weather. When it rained, there was a danger of slipping when it was bitterly cold, stiff or numb hands could not hold onto anything.

Going up, up, up… Photo by Lewis Hine

Thanks to their hard work, the Empire State Building was built in record time

The Empire State Building’s steel structure rose quickly, averaging 4.5 stories a week.

Structural steel work was completed twelve days ahead of schedule. The building was ready to open by April 1931, just 13 months after construction began.

Thanks to Lewis Hine, the process of building the Empire State Building is well-documented

Fortunately, the Empire State Corporation commissioned Lewis Wickes Hine (1874-1940) to take photos of construction for use as advertising. Hine, a schoolteacher and self-taught photographer, took approximately 1m000 photos over six months during 1930-1931.

Hine photographed the workers in precarious positions, often taking the same risks as the workers. Hooked up to a safety line, he felt his way to the suspended ends of beams and girders to capture dramatic photos.

To obtain a desired vantage point, Hine was swung out in a specially designed basket 1,000 feet above Fifth Avenue.

Click here for a gallery of Hines’ photographs.

A skyboy takes a rest. Photo by Lewis Hine

Hine called the workers, “men of courage, skill, daring, and imagination.” Regarding his photos, he recalled, “I wanted to show things that had to be appreciated.”

Brass medallions in the building’s lobby. Photo by Jeff Dobbins

Today, pay homage to the Empire State Building workers in the building’s lobby

The workers who built the Empire State Building are commemorated in its lobby.

Decorating the marble walls are brass medallions, celebrating the various trades that contributed to the building. Beside the main reception desk hangs a plaque, honoring some of the talented craftsmen who built the remarkable landmark.

For more, check out this incredible film footage of the fearless sky boys at work.


Assista o vídeo: Lego Architecture 21046 Empire State Building Speed Build