12/06/15 Uma semana muito confusa em Tel Aviv e Israel - História

12/06/15 Uma semana muito confusa em Tel Aviv e Israel - História

por Marc Schulman


Viver em Israel - e particularmente em Tel Aviv - é viver em um mundo de contradições. As notícias no início da semana começaram com relatos de que a empresa internacional de telefonia celular “Orange” planejava se juntar ao nascente movimento BDS e iniciar um boicote a Israel. Por alguns dias, esse foi o assunto principal da mídia; o governo rapidamente anunciou planos para combater o boicote. Embora a direita e a esquerda israelenses estejam unidas em sua oposição ao movimento BDS, eles têm visões muito diferentes sobre como combatê-lo. A direita oferece duas explicações para a disseminação do BDS (pontos de vista compartilhados pela maioria dos membros do atual governo). A primeira explicação é que esse problema destaca a necessidade de melhores relações públicas - em outras palavras, se as pessoas nos entendessem melhor, não apoiariam os esforços do BDS. Quanto à segunda explicação, a direita às vezes se contradiz - ou seja, quando argumenta que o mundo inteiro nos odeia, independentemente do que fazemos. A oposição de esquerda afirma que a melhor maneira de lutar contra o boicote é ser mais pró-ativa na busca por negociações com os palestinos.

Essas visões contrastantes foram expostas na Conferência anual de Herzliya, organizada pelo Centro Interdisciplinar de Herzliya na semana passada. Os ministros do atual governo, incluindo o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, explicaram que o governo estava fazendo tudo o que podia para buscar a paz - enquanto os palestinos se recusavam a negociar. O líder da oposição MK Yitzhak Herzog afirmou categoricamente que se ele fosse o primeiro-ministro, ele apresentaria um plano abrangente para combater o BDS, um plano que incluiria iniciativas diplomáticas. Falando imediatamente perante o primeiro-ministro Netanyahu, o ex-primeiro-ministro Ehud Barak concordou com o MK Yitzhak Herzog que Netanyahu não estava fazendo o suficiente. Barak opinou:

“O BDS é um problema urgente sobre o qual venho alertando há anos e nada foi feito a respeito”. Ehud Barak continuou dizendo que: "Netanyahu está certo ao dizer que não há nada que possamos fazer sobre alguns dos membros extremistas do movimento BDS - que odeiam apenas porque somos." Barak continuou: “Netanyahu estava errado quando se tratava da maior parte do mundo, um país que está‘ trabalhando pela paz ’terá amigos.” O ex-primeiro-ministro enfatizou ainda que o BDS é uma nova forma de anti-semitismo e que impõe um duplo padrão. “No entanto, só porque o BDS opera com base em um padrão duplo, não significa que não devemos agir”.

Talvez o discurso mais interessante da conferência tenha sido feito pelo presidente recém-eleito de Israel, Reuven Rivlin. Rivlin, um membro do Likud O Partido Revisionista (extrema direita) afirmou que era hora de o país acordar para a nova realidade - 50% das crianças da primeira série (em Israel pré-1967) vêm de setores da sociedade que não se definem como sionista (ou seja, 25% árabes e 25% ultraortodoxos). Como tal, é preciso que o país se redefina. O Presidente Rivlin afirmou que aqueles que não reconheceram essa realidade não estavam sendo verdadeiros sionistas. O Presidente Rivlin acrescentou que, como Presidente, não poderia apresentar soluções para esses desafios, embora continue sendo responsável por levantar constantemente as questões.

Em meio a essa discussão séria sobre políticas públicas, a mídia rapidamente se envolveu em uma história mais telenovela do que política. Em primeiro lugar, alguns antecedentes: O candidato nº 30 da lista do partido Likud (uma posição que ninguém esperava que fosse realisticamente se tornar um membro do Parlamento) é ocupado por Oren Hazan (filho de um ex-Likud MK). MK Hazan parecia tão surpreso quanto qualquer outra pessoa ao de repente se tornar um membro do Knesset. Apesar de sua inclusão inesperada no Knesset como o 61º membro da coalizão, MK Hazan conseguiu obter uma série de nomeações de comitê de muito prestígio - incluindo ser nomeado Vice-Presidente do Knesset.
No início da semana, o Canal 2 de Israel transmitiu um artigo investigativo mostrando que Hazan operou um c asino na Bulgária. A denúncia também alegou que Oren Hazan supostamente organizou prostitutas e drogas para os convidados de seu cassino. Hazan negou a história, em sua totalidade. Ao longo da semana seguinte, no entanto, as evidências aumentaram. Como resultado, o porta-voz do Knesset disse a Hazan que até que o assunto fosse resolvido, Hazan não poderia presidir o Knesset. Enquanto isso, Hazan recebeu uma recepção de herói na reunião do Comitê Central do partido Likud, com membros alegando que os ataques contra Hazan eram infundados e todos parte de uma conspiração da mídia de esquerda.

À medida que a semana chega ao fim, uma série de questões de segurança nacional rompeu a confusão do ambiente das novelas. Primeiro, houve a revelação de um vírus de computador identificado nos hotéis em que ocorriam as negociações iranianas. Os especialistas divergem quanto ao fato de o vírus ser de origem israelense - com todos os especialistas concordando que o vírus era tão sofisticado que apenas um país importante poderia tê-lo projetado.

Em segundo lugar, como as forças de apoio ao presidente Sírio Assad foram derrotadas em uma série de batalhas, o grito saiu da população drusa de Israel (uma população que tem sido especialmente leal a Israel), para fazer algo para ajudar seus irmãos drusos na Síria (que tinha sido leal a Assad). O medo é que se qualquer uma das forças de oposição síria capturasse as áreas drusas, elas poderiam massacrar os drusos, que são considerados hereges pelos muçulmanos tradicionais.

Finalmente, na noite passada, várias sirenes de alerta vermelho dispararam na parte sul de Israel. Parece que os alertas foram disparados como resultado de um ataque fracassado na Faixa de Gaza pelo ISIS contra Israel. A estratégia da ISS parece ser a seguinte: se eles dispararem mísseis contra Israel; Israel responderá atacando o Hamas (inimigo do ISIS localmente). Dado que Israel pode causar muito mais danos do que o ISIS, sua estratégia parece plausível.

Em meio a toda a política e agitação, os residentes de Tel Aviv saíram às dezenas de milhares para assistir ou participar de uma das maiores paradas do Orgulho LGBT do mundo; parte de um festival de uma semana do orgulho gay que acontece agora em Tel Aviv. A última notícia da semana foi a chegada do CEO da empresa francesa de telecomunicações Orange Stéphane Richard que se encontrou hoje com o primeiro-ministro Netanyahu e disse que sua empresa gostaria de investir em Israel. Isso foi combinado com o anúncio de que a Amazon, que tinha apenas uma pequena presença em Israel até agora, estava abrindo um centro de P&D para 150 pessoas este ano.


ISRAELIS SE REBANDA PARA A PAREDE OCIDENTAL PARA MANHAR O 1 ° E 2 ° TEMPLOS.

O REI JUDAICO JESUS ​​ESTÁ VINDO NO ARREBATAMENTO POR NÓS NAS NUVENS - NÃO PERCA PELO MUNDO. AGORA- LIGUE A JESUS ​​HOJE. O ÚNICO SALVADOR DE TODA A TERRA - NENHUMA OUTRA. 1 COR 15: 23-JESUS ​​OS PRIMEIROS FRUTOS - OS CRISTÃOS RAPTURADOS A JESUS ​​- OS PRIMEIROS FRUTOS DO ESPÍRITO-23 Mas cada homem em sua própria ordem: Cristo as primícias depois aqueles que são Cristo & # 8217s na sua vinda. ROMANOS 8:23 E não só eles, mas também nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, até nós mesmos gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo. (O ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBO)

LUKE 21: 28-29
28 E quando estas coisas começarem a acontecer, (TODOS OS SINAIS DE PROFECIA DA BÍBLIA) então olhe para cima e levantem suas cabeças para a sua redenção (ARREBATAMENTO) se aproxima.
29 E ele lhes contou uma parábola: Eis a figueira (ISRAEL) e todas as árvores (TODOS OS PAÍSES INDEPENDENTES)
30 Quando eles agora disparam, vocês veem e sabem por si mesmos que o verão está próximo. (ISRAEL LITERALMENTE TORNOU-SE E PAÍS INDEPENDENTE APENAS ANTES DO VERÃO EM 14 DE MAIO DE 14 DE 1948.)

JOEL 2: 3,30
3 Um fogo devora (BOMBA ATÔMICA) diante deles (RUSSO-ÁRABE-EXÉRCITOS MUÇULMANOS CONTRA ISRAEL) e atrás deles uma chama arde: a terra é como o jardim do Éden diante deles, e atrás deles um deserto desolado sim, e nada escapará eles.
30 E mostrarei maravilhas no céu e na terra, sangue e fogo, e colunas de fumaça. (EFEITO DA BOMBA ATÔMICA)

ZECARIAS 14: 12-13
12 E esta será a praga com que o SENHOR ferirá todos os povos que lutaram contra Jerusalém. Sua carne se consumirá enquanto eles estão de pé, (DESOLVADOS DA BOMBA ATÔMICA) e seus olhos se consumirão em suas covas, (DESOLVIDOS DA BOMBA ATÔMICA) e sua língua consumirá em sua boca. (DISOLVIDO DA BOMBA ATÔMICA) (PORQUE NUKES FORAM USADOS EM INIMIGOS DE ISRAEL) (DEUS PROTEGE ISRAEL E SEMPRE VAI)
13 E acontecerá, naquele dia, que um grande tumulto da parte do Senhor estará entre eles e cada um agarrará a mão do seu vizinho, e a sua mão se levantará contra a mão do seu vizinho. ( 1 / 2-3 BILHÕES MORREM NA WW3) (ESTE É UM EFEITO DA BOMBA ATÔMICA)

EZEKIEL 20:47
47 E dize ao bosque do sul: Ouvi a palavra do Senhor. Assim diz o Senhor DEUS Eis que acenderei em ti um fogo, que devorará toda árvore verde em ti, e toda árvore seca; a chama flamejante não se apagará, e todas as faces do sul ao norte serão nele queimadas.

ZEFÂNIA 1:18
18 Nem a sua prata nem o seu ouro os poderá livrar no dia da ira do Senhor, mas toda a terra será devorada pelo fogo do seu zelo; porque ele fará uma rápida libertação de todos os que habitam na terra .

MALACHI 4: 1
1 Pois eis que vem o dia em que arderá como um forno (DAS BOMBAS ATÔMICAS) e todos os soberbos, sim, e todos os que praticam a impiedade, serão restolho; e o dia que virá os queimará, diz o SENHOR de hospedeiros, que não os deixará nem raiz nem ramo.

E aqui estão os limites da terra que Israel herdará por meio da guerra ou paz ou Deus no futuro. Deus diz que sua terra é israelense e apenas a terra deles. Eles terão cada centímetro que Deus lhes prometeu desta terra no futuro.
Egito a leste do rio Nilo, Arábia Saudita, Israel, Jordânia, Síria, Líbano, a parte sul da Turquia e a metade ocidental do Iraque a oeste do Eufrates. Gênesis 13: 14-15, Salmos 105: 9,11, Gênesis 15:18, Êxodo 23:31, Números 34: 1-12, Josué 1: 4. TODA ESTA TERRA DE ISRAEL SERÁ DEFINATAMENTE POSSUÍDA NO FUTURO, SEUS ISRAELS NÃO TERRA DE ISHMAELS.
12 TRIBOS HERDAM TERRA NO FUTURO

REVELAÇÃO 11: 1-2
1 E foi-me dada uma (MEDIDA) cana semelhante a uma vara: e o anjo pôs-se em pé, dizendo: Levanta-te, e mede o templo de Deus, e o altar, e os que nele adoram.
2 Mas o átrio que está sem o templo sai de fora (PARA AS NAÇÕES MUNDIAIS) e não o medes, porque é dado aos gentios; e eles pisarão a cidade santa por quarenta e dois meses. (JERUSALÉM DIVIDIDA MAS A 3ª TEMPLO PERMITIDO SER RECONSTRUÍDO)

DANIEL 9:27
27 E ele (O ROMANO, PRESIDENTE DA UE) deve confirmar o pacto com muitos por uma semana: (1X7 = 7 ANOS) e no meio da semana ele deve fazer cessar o sacrifício e a oblação, (3 anos e meio em SACRIFÍCIOS DO TEMPLO PARADO) e para a propagação de abominações ele deve torná-lo desolado, mesmo até a consumação, e que determinado será derramado sobre a desolação.

MICAH 4: 1-5
1 Mas nos últimos dias acontecerá que o monte da casa do Senhor se estabelecerá no cume dos montes, e se exaltará acima dos outeiros, e as pessoas correrão até ele.
2 E virão muitas nações, e dirão: Vinde, e subamos ao monte do Senhor, e à casa do Deus de Jacó, e ele nos ensinará os seus caminhos, e nós andaremos nas suas veredas: porque a lei sairá de Sião, e a palavra do Senhor de Jerusalém.
3 E ele julgará entre muitos povos, e repreenderá nações distantes e fortes, e elas transformarão suas espadas em relhas de arado e suas lanças em podadores: nação não levantará espada contra nação, nem aprenderão mais a guerra.
4 Mas se assentará cada um debaixo da sua vide e debaixo da sua figueira, e ninguém os espantará; porque a boca do Senhor dos exércitos o disse.
5 Porque todos os povos andarão, cada um no nome do seu deus, e nós andaremos no nome do Senhor nosso Deus para todo o sempre.

DANIEL 11:31
31 E as armas ficarão do seu lado, e profanarão o santuário da força, e tirarão o sacrifício diário, e colocarão a abominação que assola. (3º RECONSTRUÇÃO DO TEMPLO)

DANIEL 12:11
11 E a partir do momento em que o sacrifício diário for retirado, (NO MEIO DO PERÍODO DA TRIBULAÇÃO) (3º SACRIFÍCIOS DO TEMPLO PARADOS PELO DITOR) e a abominação que desoladora se estabelecerá, (ADORAR O DITOR OU MORRER) haverá ser de mil duzentos e noventa dias. (1.290 DIAS) (30 DIAS EXTRA NO FINAL DO PERÍODO DE TRIBULAÇÃO DE 7 ANOS PARA JESUS ​​DESTRUIR OS EXÉRCITOS CONTRA JERUSALÉM. E PARA JULGAR AS NAÇÕES DE OVELHAS E CABRAS DE MATEUS 25: 31- 46-COMO ELES TRATAM ISRAEL DURANTE O PERÍODO DE TRIBULAÇÃO DE 7 ANOS.E ENTÃO EU ACREDITO QUE JESUS ​​IRÁ RECONSTRUIR O 4º TEMPLO A 25 MILHAS DO ATUAL MONTE DO TEMPLO.E ENTÃO JESUS ​​REGE PARA OS 1000 ANOS A PARTIR DO TEMPLO 4º).

MATEUS 24: 15-16
15 Quando, pois, virdes a abominação da desolação, falada pelo profeta Daniel, estais no lugar santo, (quem lê, que entenda:) PERÍODO DE 1/2 ANO DO PERÍODO DE TRIBULAÇÃO DE 7 ANOS. OU TRATADO DE PAZ DE 7 ANOS ENTRE ISRAEL-ÁRABES E MUITOS DANIEL 9:27)
16 Então os que estiverem na Judéia fujam para os montes;

O terceiro Templo Judaico está chegando ao seu feed do Facebook - O Instituto do Templo, dedicado a reconstruir o antigo local sagrado, agora usando novas ferramentas da Internet para levar sua mensagem às massas - Por Andrew Tobin, 13 de agosto de 2016, 8h14 - OS TEMPOS DE ISRAEL

JTA & # 8212 & # 8220É hora de construir & # 8221 lê o slogan do último vídeo do YouTube do Temple Institute & # 8217s. A frase resume a missão controversa do grupo & # 8217s de reunir judeus para reconstruir o templo que era o coração de sua religião até sua destruição há 2.000 anos. Ao longo desses dois milênios, o luto pela perda do templo e o anseio por sua restauração tem sido o centro do pensamento e da prática judaica. Conforme observado pelo vídeo produzido profissionalmente & # 8211 uma montagem de filmagens de casamento judaico & # 8211, o piscar de vidro que conclui um casamento judeu é uma dessas práticas. música crescente e o texto pergunta: & # 8220Quantos mais copos precisam ser quebrados? & # 8221 Então, o slogan aparece. O vídeo & # 8212 lançado esta semana antes do dia do jejum judaico de Tisha B & # 8217Av, que comemora o A destruição do Segundo Templo em 70 dC pelos romanos & # 8212 faz parte da estratégia do Temple Institute & # 8217s de usar as novas ferramentas da Internet para levar sua mensagem antiga às massas. & # 8220 Nosso objetivo é aumentar a consciência de o povo judeu e toda a humanidade em relação ao papel central que o templo sagrado desempenha na vida da humanidade & # 8221 Rabbi Chaim Richman, o cofundador nascido em Massachusetts e diretor internacional do Temple Institute, disse ao JTA. & # 8220E & # 8217 estamos muito focados em divulgar a mensagem em todos os canais de mídia social e em tudo que as pessoas gostam hoje. A maior parte do meu trabalho está relacionado à Internet. & # 8221 Estabelecido em 1987, 20 anos depois que Israel conquistou o Monte do Templo e os territórios palestinos na Guerra dos Seis Dias, o Instituto do Templo foi um dos primeiros grupos a defender abertamente a reconstrução dos dois templos que antes ficavam na praça. Outro cofundador é Rabino Yisrael Ariel, que estava entre os pára-quedistas que tomaram o Monte do Templo das forças jordanianas em 1967. O problema para os apoiadores é que o Monte do Templo na Cidade Velha de Jerusalém é sagrado não apenas para judeus, mas também para muçulmanos e cristãos também. O local inclui a Cúpula da Rocha e a Mesquita de Al-Aqsa, dois dos santuários mais importantes do Islã. Israel optou por deixá-lo sob controle muçulmano em 1967, e a oração judaica é proibida lá. Desde então, até mesmo rumores de mudanças no & # 8220status quo & # 8221 & # 8212 e muito menos chamadas provocativas para construir um terceiro templo em seu lugar & # 8212 provocaram a ira muçulmana internacional e a violência palestina. As tensões em torno do Monte do Templo desempenharam um papel importante na primeira e na segunda intifadas palestinas, ou levantes, e ajudaram a desencadear a onda de ataques mais recente que começou em outubro. Alguns israelenses sempre se opuseram à decisão do governo de não reivindicar o monte. Na década de 1980, o Jewish Underground, um grupo terrorista de colonos judeus, planejou bombardear o Domo da Rocha, em parte para catalisar a construção do terceiro Templo em seu lugar. A agência de segurança Shin Bet frustrou o complô. Richman, que costuma citar o grande racionalista judeu Maimônides, disse que o Temple Institute se opõe à violência e funciona & # 8220 dentro dos limites da condição humana, halachá e da realidade política. & # 8221 Halachá é a palavra hebraica para a lei judaica. O Temple Institute concentra-se na preparação de objetos e habilidades necessárias para o sacrifício de animais e os rituais esotéricos que eram realizados por kohanim, ou sacerdotes, na frente de multidões de peregrinos judeus antes do último templo & # 8217s destruição. Todo o seu trabalho é liderado por um conselho rabínico e baseado na análise meticulosa das escrituras judaicas e pesquisas acadêmicas. O grupo também trabalha para construir suporte para sua missão e para si mesmo, que é onde a internet entra. Depois de seu programa de televisão a cabo que foi ao ar no Texas foi cancelado em 2006, Richman encontrou um público para sua exegese bíblica centrada no templo online. Nestes dias, seus programas semanais de TV e rádio estão entre os 914 vídeos que aparecem no canal do YouTube do Temple Institute & # 8217s, que tem mais de 17.000 assinantes e 4,6 milhões de visualizações. A página do grupo no Facebook tem mais de 186.000 seguidores, e sua conta no Twitter tem menos do que impressionantes 741 seguidores.O boletim informativo por e-mail do Temple Institute, que você pode assinar em seu site, chega a 24.000 caixas de entrada todas as semanas. O cinegrafista de Tel Aviv, Yosef Adest, produz os vídeos de orçamento mais alto. A maior parte do conteúdo é em inglês, para maximizar o alcance, incluindo o muitos cristãos evangélicos que apóiam o grupo, muitos por meio de instituições de caridade isentas de impostos nos Estados Unidos. Para muitos evangélicos, a construção de um terceiro templo cumpre uma profecia sobre a segunda vinda de Jesus. Nos últimos três anos, o Instituto do Templo lançou um IndieGogo campanha de crowdfunding antes de Tisha B & # 8217Av, muitas vezes fazendo manchetes na imprensa judaica. A campanha deste ano é para uma escola treinar os sacerdotes para trabalhar no terceiro Templo. Combinadas, as campanhas & # 8212 que duram dois meses até Rosh Hashaná, o ano novo judaico & # 8212 arrecadaram menos de $ 150.000. Isso é uma fração do que o diretor assistente do grupo, Yitzchak Reuven, disse ser um orçamento operacional anual médio de cerca de US $ 1,1 milhão. Mas a arrecadação de fundos não é o objetivo principal das campanhas. & # 8220Nós realmente trabalhamos com um orçamento apertado, então o financiamento coletivo é importante para nós, & # 8221 Yitzchak Reuven, diretor de multimídia do Temple Institute & # 8217s, disse ao JTA. & # 8220Mas o objetivo principal é participar do diálogo e envolver as pessoas. Não estamos revisando algo que tem 2.000 anos. Estamos articulando isso de uma forma que as pessoas possam ver que é contemporâneo, e apenas estar nas redes sociais faz parte da mensagem. & # 8221Também em torno de Tisha B & # 8217Av, o Temple Institute lançou vídeos nos últimos quatro anos buscando reformular o dia como um momento para agir, não lamentar o passado. & # 8220Como algo vai mudar se não fizermos nada a respeito? Nossa coisa é lamentar e chorar, & # 8221 disse Richman. & # 8220Deus nos deu o Monte do Templo em uma bandeja de prata. Seria mais honesto dizer, quer saber? Não estou interessado. O evangelismo agressivo do Temple Institute ajudou a torná-lo uma espécie de instituição em Israel. Uma exposição dos preparativos do grupo & # 8217s para o templo mudou em 2013 de uma pequena rua lateral na Cidade Velha para um espaço maior fora da praça do Muro das Lamentações. Centenas de milhares de turistas visitam a cada ano. A excursão de áudio guiada, disponível até agora em nove idiomas, culmina com a divisão de cortinas ornamentadas para revelar uma réplica em tamanho real da arca da aliança. Perto, com vista para o Muro das Lamentações e o Monte do Templo, é um ouro do tamanho de um homem Menorá revestido que o grupo construiu para uso no templo. Foi transferido para aquele local proeminente em 2007 em uma cerimônia com a presença do então rabino-chefe Ashkenazi Yona Metzger. O governo israelense fornece algum financiamento para o Temple Institute & # 8212 embora não seja confiável ou significativo, de acordo com seus diretores & # 8212, pois faz instituições educacionais e de pesquisa e permite que as mulheres façam seu serviço nacional como guias de turismo em sua exposição. Uma mulher está trabalhando lá agora, e três estão programados para começar no próximo ano. O crescimento do Temple Institute & # 8217s coincidiu com o aumento do apoio dominante para o acesso dos judeus ao Monte do Templo. Uma grande minoria de israelenses agora se opõe à restrição à oração judaica no Monte do Templo, de acordo com as pesquisas. E líderes religiosos, membros e ministros do Knesset pediram a reconstrução do templo, incluindo o ministro da Agricultura Uri Ariel, do partido nacionalista de direita do Lar Judaico, que foi filmado no ano passado orando no Monte do Templo. Mas, de acordo com Yair Sheleg, um pesquisador sobre religião e estado no think tank Israeli Democracy Institute, o Temple Institute se beneficiou mais do que contribuiu para o crescimento do movimento do Monte do Templo. & # 8220Ele é certamente uma das organizações mais importantes, mas o clima não vem por causa de ações de organizações, o clima vem por causa de razões sociais muito mais gerais, & # 8221 ele disse à JTA. & # 8220O clima social surgiu porque muitos sionistas religiosos pensam durante a última década que o sionismo secular falhou e que apenas a motivação religiosa pode manter o espírito nacional contra as motivações religiosas muçulmanas. & # 8221Mesmo para muitos judeus religiosos, buscando ativamente a reconstrução de um O terceiro Templo não é apenas politicamente provocativo, mas também espiritualmente suspeito. & # 8220O modelo rabínico desenvolvido após a destruição do Segundo Templo é o que deu o tom para os judeus, independentemente da denominação, por 2.000 anos, & # 8221 Marcie Lenk, um pesquisador do Shalom Hartman Institute em Jerusalém, escreveu em 2014. & # 8220Os rabinos foram responsáveis ​​por criar o sistema do Judaísmo que sobreviveria e prosperaria sem um Templo, embora eles insistissem que o Templo e sua destruição deveriam ser lembrados e comemorados . & # 8221Yuval Cherlow, um importante rabino sionista religioso moderado, disse que embora a preparação para reconstruir o templo seja uma coisa boa, o primeiro passo é & # 8220recriando a sociedade e a si mesmo. & # 8221 & # 8220 Os profetas enfatizaram constantemente que os pilares do templo são uma sociedade cheia de justiça, caridade e humanidade, e sem orgulho, & # 8221 ele disse ao JTA. & # 8220Eu realmente acredito que se o templo for reconstruído nesta situação, sem aqueles pilares, ele será destruído novamente. & # 8221

Polícia, palestinos lutam no Monte do Templo enquanto os judeus migram para o Muro das Lamentações por Tisha B & # 8217Av-9 Judeus detidos por & # 8216 perturbando a paz & # 8217 durante visita ao local sagrado no dia que marca a destruição dos Templos - Por Raoul Wootliff 14 de agosto de 2016 , 16:01 - OS TEMPOS DE ISRAEL

Os confrontos eclodiram brevemente entre a polícia de Israel e jovens palestinos no complexo do Monte do Templo de Jerusalém e # 8217 no domingo, quando milhares de fiéis judeus visitaram a praça do Muro das Lamentações abaixo. Os adoradores estavam marcando Tisha B & # 8217av, o dia de luto judaico que comemora a destruição dos antigos templos que antes ficavam no topo do Monte do Templo. Os jovens bateram em policiais e jogaram pedras no pessoal de segurança em um esforço para evitar que visitantes judeus visitando o Monte. Na tentativa de evitar uma escalada de violência, a polícia removeu os visitantes judeus e fechou o local antes do planejado. Um palestino foi preso, disse a polícia. De acordo com o serviço de resgate do Crescente Vermelho, cerca de 15 palestinos ficaram feridos nos confrontos, que eclodiram depois que vários judeus desobedeceram ao local & # 8217s proibição de orações públicas. Nove judeus foram detidos por "perturbar a paz", disse a polícia em um comunicado. Honenu, um grupo de defesa que fornece assistência jurídica a judeus extremistas, disse que três deles foram detidos por citar versos de oração e outro por rasgar sua camisa, um sinal de luto no judaísmo. Um total de 983 pessoas visitaram o local no domingo, incluindo 400 visitantes judeus, acrescentou o comunicado da polícia. Defensores dos direitos dos judeus de oração no Monte do Templo, o local mais sagrado do judaísmo e o terceiro local mais sagrado do Islã, pediram aos judeus que visitassem a área sensível, conhecida pelos muçulmanos como Haram al -Sharif composto ou o Nobre Santuário. JERUSALEM: Cena do complexo de Al-Aqsa (lugar onde os judeus não podem orar) enquanto adoradores judeus marcam a destruição do templo pic.twitter.com/PoGQgquauX— Amichai Stein (@ AmichaiStein1) 14 de agosto de 2016 - Não muçulmanos podem visitar, mas não orar ali, sob os arranjos acordados por Israel depois de capturar a área da Jordânia na Guerra dos Seis Dias de 1967. Os palestinos acusaram Israel de tentar mudar o status quo no local, uma acusação que Israel negou repetida e veementemente. As alegações palestinas de supostas intenções israelenses de minar o controle muçulmano do Monte do Templo estão no centro de uma onda de terrorismo e violência palestina desde outubro de 2015, na qual 34 israelenses e quatro estrangeiros foram mortos. Cerca de 220 palestinos morreram no mesmo período, a maioria deles em ataques com faca, arma de fogo ou carro-choque, e outros em confrontos com as forças de segurança israelenses, de acordo com autoridades israelenses. A polícia aumentou sua presença na Cidade Velha de Jerusalém para Tisha B & # 8217Av, que começou na noite de sábado e termina na noite de domingo. O porta-voz da polícia Micky Rosenfeld disse que & # 8220 centenas de policiais extras estarão executando medidas de segurança dentro e ao redor da Cidade Velha de Jerusalém & # 8221 no fim de semana. Milhares de pessoas reuniram-se na praça do Muro das Lamentações no domingo para recitar as orações e ouvir o Livro de Eicha, ou Lamentações, que fala da destruição de Jerusalém pelas mãos do Império Babilônico no século 6 AEC. Cerca de 2.000 pessoas visitaram o local na noite de sábado. Além de marcar a destruição dos templos, Tisha B & # 8217Av também marca outras tragédias sofridas pelo povo judeu que teriam ocorrido no mesmo dia, incluindo o edito de expulsão da Espanha em 1492 e o início da liquidação do Gueto de Varsóvia em 1942.AFP contribuiu para este artigo.

Abbas pede a MKs árabes para mediarem entre Fatah, Hamas-Na reunião de Ramallah, o presidente da AP também diz que os árabes israelenses podem ser a ponte para a paz com os palestinos - Por equipe do Times of Israel 14 de agosto de 2016, 4:41 pm

O presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, sugeriu que membros árabes do Knesset ajudem a mediar uma reconciliação entre os movimentos Fatah e Hamas, informou a Rádio Israel no domingo. Abbas fez a sugestão durante uma reunião no sábado em Ramallah com líderes do setor árabe de Israel e # 8217s, incluindo o Knesset membros e líderes comunitários locais. Hamas e Fatah concordaram no mês passado em realizar eleições municipais na Faixa de Gaza e na Cisjordânia em outubro, pela primeira vez em 11 anos. O grupo terrorista Hamas governa Gaza desde que um golpe sangrento a derrubou Abbas & # 8217s partido Fatah do território costeiro em 2007. Os dois grupos concordaram em um acordo de unidade em abril de 2014 que deveria levar a um governo tecnocrático assumindo a administração de Gaza e da Cisjordânia. No entanto, o Hamas nunca aceitou abrir mão de sua autoridade em Gaza, e os dois lados permanecem em desacordo. Abbas também disse na reunião de sábado que os residentes árabes de Israel podem servir como ponte para a paz entre israelenses e palestinos. & # 8220Precisamos alcançar todos os israelenses e mostrar a eles que realmente queremos a paz & # 8221, disse ele. Os meses recentes viram iniciativas de paz renovadas por parte da França e do Egito. Os palestinos receberam bem a candidatura francesa, mas Israel se opõe fortemente à iniciativa. Enquanto isso, Israel expressou grande interesse no impulso regional liderado pelo Egito, mas os palestinos mostraram muito menos entusiasmo. Abbas no sábado explicou sua relutância em aceitar os esforços do Cairo, dizendo que não deseja facilitar a normalização dos laços entre Israel e as nações árabes antes o problema palestino está resolvido.

Bebês Ashkenazi, filhos de sobreviventes do Holocausto, também & # 8216desaparecidos & # 8217 por Israel-Nova investigação sobre recém-nascidos raptados de famílias iemenitas revela que a prática pode ter ido além das comunidades judaicas do Oriente Médio-Por Raoul Wootliff 14 de agosto de 2016, 13h06-THE ÉPOCAS DE ISRAEL

Histórias de bebês & # 8220desaparecidos & # 8221 & # 8221 de famílias iemenitas por Israel nos primeiros anos do estado estimularam três investigações, com o governo examinando reivindicações feitas por mais de 1.000 famílias que vieram para o país nas décadas de 1940 e 1950 de países do Oriente Médio. Uma nova investigação sobre as alegações, no entanto, sugeriu que a prática ultrapassou as comunidades de judeus iemenitas, norte-africanos e outros judeus do Oriente Médio, que até agora se supunha serem as únicas vítimas da prática. Dezenas de testemunhos coletados pelo jornal Haaretz sugerem que o fenômeno também incluiu crianças de origem Ashkenazi que emigraram para Israel de países ocidentais, muitos nascidos de sobreviventes do Holocausto. Em um relatório publicado na sexta-feira, o Haaretz disse ter recebido informações sobre dezenas de novos imigrantes da Europa Oriental que foram separados de seus filhos pequenos e não sabem o que aconteceu com eles. & # 8220Aconteceu em hospitais em Israel e nos campos de detenção britânicos em Chipre antes da fundação de Israel, & # 8221 disse o relatório. O relatório não deu um número exato, mas estimou que & # 8220 os números chegam a dezenas de casos e talvez ainda mais. ” hospitais e os colocou para adoção com o influxo da imigração na década de 1950. O mistério do desaparecimento das crianças, em meio a acusações contínuas de que elas foram sequestradas pelo estado e entregues a famílias ricas para adoção, ganhou atenção renovada recentemente. Em junho, legisladores de ambos os lados do corredor, bem como o primeiro-ministro e o ministro da justiça, expressaram disposição para divulgar os documentos e lutar contra o baixo p oint na história israelense. O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu anunciou a nomeação do ministro do Likud, Tzachi Hanegbi, para redigir uma recomendação do governo sobre a questão dos documentos confidenciais, observando que & # 8220 como neste momento, não sei por que [a diretiva para selar os documentos] existe . ” no exterior, no maior encobrimento da história do Estado de Israel. Disputado por estudiosos e aparentemente refutado por sondagens, o caso continuou ressurgindo, até porque a maioria das famílias não recebeu os corpos de seus filhos ou foi informada sobre seus cemitérios, atestados de óbito estavam cheios de erros, e a maioria das crianças desaparecidas recebeu avisos de convocação do exército 18 anos após suas supostas mortes. Também houve casos em que crianças adotadas puderam confirmar, por meio de testes de paternidade, que eram de famílias iemenitas que foram informadas de que haviam morrido. Nas últimas décadas, o governo nomeou três comitês de investigação para sondar o caso, com todos concluindo a maioria das crianças morreu no hospital e foi simplesmente enterrada sem que as famílias fossem informadas ou envolvidas. O último painel para investigar o caso em 2001 chegou a conclusões semelhantes, mas selou vários depoimentos da investigação no arquivo do estado até 2071. Em Nesse relatório, bebês de famílias não iemenitas foram mencionados em uma breve cláusula intitulada, & # 8220O desaparecimento de bebês de outras comunidades & # 8221, de acordo com o Haaretz. Uma tabela anexa ao relatório afirmava que 30 casos de crianças de origem & # 8220Europa & # 8221 ou & # 8220Americana & # 8221 estavam entre os que desapareceram. & # 8220 As circunstâncias do desaparecimento de bebês de outras comunidades são muito semelhantes às circunstâncias sobre o desaparecimento dos imigrantes iemenitas & # 8217 bebês & # 8221, escreveu a comissão de inquérito. Marissa Newman contribuiu para este relatório.

Imã e associado de Nova York baleados e mortos perto da mesquita - NYPD não diz nenhuma indicação de crime de ódio, mas membros da comunidade se reúnem para exigir & # 8216 justiça & # 8217 melhor segurança ISRAEL

O líder de uma mesquita de Nova York e um associado foram mortos a tiros em um ataque descarado à luz do dia enquanto deixavam as orações da tarde de sábado. A polícia disse que o imã Maulama Akonjee, de 55 anos, e sua associada, Thara Uddin, foram baleados na parte de trás da cabeça ao deixarem a mesquita Al-Furqan Jame Masjid na seção Ozone Park do Queens, pouco antes das 14h. Ambos os homens foram declarados mortos mais tarde, disse um administrador do Hospital Jamaica. A Polícia disse que nenhum motivo foi estabelecido e lá Não há razão para acreditar que os homens foram baleados porque eram muçulmanos. Nenhum suspeito está sob custódia. & # 8220 & # 8217s não há nada na investigação preliminar que indique que eles foram alvos por causa de sua fé & # 8221 disse o inspetor adjunto Henry Sautner do Departamento de Polícia de Nova York. Sautner disse que a videovigilância mostra que as vítimas foram abordado por trás por um homem em uma camisa pólo escura e shorts que atirou neles e depois fugiu com a arma ainda na mão. Membros da comunidade de Bangladesh servida pela mesquita disseram que querem que os disparos sejam tratados como um crime de ódio. Mais de 100 pessoas que compareceram a um comício no local do tiroteio na noite de sábado entoaram & # 8220We want Justice! & # 8221Sarah Sayeed, membro da equipe do prefeito Bill de Blasio & # 8217s, serve como ligação para as comunidades muçulmanas. Ela compareceu ao comício e disse: & # 8220Eu entendo o medo porque eu mesma o sinto. Eu entendo a raiva. Mas é muito importante montar uma investigação completa. & # 8221Khaled Rahman, que também estava lá, disse acreditar que os tiroteios foram um ataque & # 8220 contra nossa religião & # 8221 e que espera que a polícia aumente a segurança ao redor das mesquitas. Shahin Chowdhury, a adorador na mesquita, disse que membros da comunidade sentiram animosidade recentemente, com pessoas xingando enquanto passavam pela mesquita. Ele disse que aconselhou outros membros da comunidade a ter cuidado ao andar, especialmente quando em roupas tradicionais. Ele chamou o imam de uma & # 8220 pessoa maravilhosa & # 8221 com uma voz que tornou suas leituras do Alcorão especialmente convincentes. O adorador Millat Uddin disse que Akonjee havia liderado o por cerca de dois anos e foi um homem muito piedoso. & # 8220O coração da comunidade & # 8217 está totalmente partido & # 8221 disse Uddin, que não é parente de Thara Uddin. & # 8220É & # 8217 uma grande miséria. É uma grande perda para a comunidade e uma grande perda para a sociedade. & # 8221Os vizinhos também descreveram Thara Uddin como um homem piedoso e atencioso que orava cinco vezes por dia e ia à mesquita. Enquanto estivesse em casa, eles disseram que ele regaria seu jardim e um vizinho. & # 8220Um homem muito honesto e sábio & # 8230 (E) um cara muito prestativo & # 8221 disse o vizinho Mohammed Uddin, que não é parente de Thara Uddin & # 8217s.

Chuva de meteoros deslumbra milhares de astrônomos do deserto de Negev, observadores de estrelas se aglomeram em Mitzpe Ramon para testemunhar uma das exibições mais espetaculares de estrelas cadentes em anos - pela equipe do Times of Israel em 13 de agosto de 2016, 17:34

Milhares de israelenses convergiram para a cidade de Mitzpe Ramon no deserto esta semana para testemunhar uma das chuvas de meteoros mais espetaculares que já ocorreram no céu em anos. cometa, atingiu seu pico este ano na noite de quinta-feira, produzindo o dobro dos meteoros usuais vistos por hora. A NASA estimou um pico de 200 estrelas cadentes visíveis por hora no hemisfério norte durante a noite de quinta a sexta-feira de manhã, ao contrário de anos anteriores, onde a chuva produziu entre 80 e 100 pontos espaciais. A cidade, que fica na borda da cratera Ramon no Deserto de Negev, e oferece algumas das melhores vistas do céu noturno do país, recebeu cerca de 6.000 observadores de estrelas de todos os tipos, desde profissionais astrônomos às famílias. Grande parte de Israel sofre com a poluição luminosa, já que o pequeno país tem poucas áreas selvagens verdadeiras longe da civilização. O deserto de Negev no país & # 8217s ao sul está praticamente livre de habitações e Mitzpe Ramon, na orla da selva, tornou-se um local favorito para os entusiastas das estrelas locais.

Papa chega para visita surpresa a ex-prostitutas - Na & # 8216 Sexta-feira da Misericórdia & # 8217 Pontífice católico ouve histórias de vítimas de tráfico humano, que ele chamou de crime contra a humanidade - Por AFP 14 de agosto de 2016, 6:18 am-OS TEMPOS DE ISRAEL


[Lust Freedom!] Tão cautelosamente quanto dobrar nosso próprio pára-quedas - & # 8220 Devemos pensar em cada passo com o mesmo tipo de raciocínio e determinação que um homem usa quando dobra seu próprio pára-quedas. Decisões pequenas e cuidadosas podem salvar sua vida. 5 minutos de prazer renderam a Esaú a perda de uma vida inteira de bênçãos e inimizade de Deus. Vale a pena? & # 8221

Uma amiga do Facebook, Victoria Christine Bingham, escreveu essas palavras sábias.

Ela escreve esta excelente analogia de dobra de pára-quedas:

Eu estava em um clube de salto na faculdade. Eu testemunhei o cuidado com que os saltadores dobraram seus pára-quedas - geralmente com mais precisão e preocupação do que muitos de nós fazemos minuto a minuto [em nossas] escolhas.

Eu acho que o maior tragédia doutrinária é a ideia de & # 8216uma vez salvo, sempre salvo. & # 8217 Não é bíblico, por que Satanás trabalharia tão duro para desviar os cristãos, se ele não pudesse impactar sua salvação?

Uma vasta quantidade de escrituras ensina os cristãos como viver DEPOIS de serem salvos, para que se apeguem ao que possuem. Quantos homens nas igrejas, que pensam que eles podem & # 8216sair & # 8217 com o pecado de pornografia por causa dessa mentira satânica estão em um caminho rápido para uma eternidade infernal?

Antes de escrever sua confissão queixosa no Salmo 51, Davi usou seus olhos de maneira errada. As consequências desse pecado & # 8216benigno & # 8217, olhar para uma mulher nua que não era sua esposa, levou a uma grande tragédia na vida de Davi. Quando ele escreveu o Salmo 101: 3, David teve aprendido que não existe pecado inofensivo ou benigno, e escreveu & # 8220NÃO conduzirei o mal diante de meus olhos. & # 8221

Jesus aconselhou que nossos atos começam com nossos pensamentos. Se pudermos [tornar] nossos pensamentos cativos, nossos atos se seguirão. Cada ato em nossas vidas é um passo que nós levamos, também em direção ao portão estreito ou longe dele. A trajetória de etapas ao longo de uma vida determinará nosso destino final.

Devemos pensar em cada passo com o mesmo tipo de raciocínio e determinação que um homem usa quando dobra seu próprio pára-quedas. Decisões pequenas e cuidadosas podem salvar sua vida.

5 minutos de prazer renderam a Esaú a perda de uma vida inteira de bênçãos e inimizade de Deus. Vale a pena?


Conheça Israel

Israel é um país com milhares de coisas incríveis para ver e fazer. Nós nos associamos a duas das principais empresas de turismo de Israel para encontrar o Melhores passeios em Israel , incluindo passeios em Jerusalém, Tel Aviv, Petra, a Mar Morto, Cisjordânia e cristão passeios. Há algo para todos os gostos e # 8211 passeios turísticos, passeios a pé, passeios de acampamento, passeios de Segway e muito mais.


Tel Aviv e # 8217s semana de orgulho e militarismo

Por Haokets, 1 de junho de 2017 | Editar

Na próxima semana, enquanto os turistas descem a Tel Aviv para a parada anual do orgulho, um contingente internacional separado pousará na cidade para uma feira de armas de alto nível.

A próxima parada do Orgulho de Tel Aviv acendeu as redes sociais, as ruas e a comunidade queer. Em preparação para a marcha de 9 de junho, as ruas da cidade já estão cheias de bandeiras de arco-íris e turistas bonitos.

Felizmente para os organizadores do desfile, o evento deste ano & # 8217s acontecerá na segunda semana de junho, e não na primeira, o que marca 50 anos desde o início da ocupação de 1967. Já vimos a Marcha das Bandeiras em toda a sua glória no Dia de Jerusalém na semana passada, incluindo o fechamento de empresas palestinas e a expulsão de palestinos das ruas, e severa violência policial contra manifestantes judeus que tentavam impedir a passagem da marcha. bairro muçulmano da cidade velha.

Estas não são realmente as fotos de muitas bandeiras que o Ministério do Turismo e o Ministério das Relações Exteriores querem que os turistas vejam. Na verdade, os eventos de orgulho em Israel nos últimos anos têm sido uma ferramenta hasbara, com o objetivo de mostrar ao mundo uma imagem (falsa) de Israel como um país ocidental, pluralista e democrático que respeita os direitos humanos. É o que os ativistas LGBTQ chamam de "lavagem rosa".

Assim, durante a semana do Orgulho em Tel Aviv, que trará milhares de turistas de todo o mundo para comemorar na praia, um contingente internacional separado estará na cidade para admirar as mercadorias da indústria de armas de Israel na exposição ISDEF.

A exposição, realizada a cada dois anos no Centro de Convenções de Tel Aviv, exibe orgulhosamente tecnologia militar de ponta para representantes de dezenas de países. É uma das maiores exposições de armas do mundo e a maior de Israel. Durante a exposição, Israel venderá seus desenvolvimentos tecnológicos para países estrangeiros, incluindo aqueles sob embargo de armas por violar os direitos humanos.

Não é por acaso que Israel é um dos maiores exportadores militares do mundo. Os territórios e pessoas sob ocupação israelense permitem que os militares desenvolvam, testem e aperfeiçoem novas tecnologias no campo de batalha. Como resultado, Israel pode competir com potências mundiais no comércio global de armas e está preparado para vender seus produtos pelo lance mais alto - independentemente da situação dos direitos humanos no país comprador.

Dois dias após a conclusão do ISDEF, o mesmo Centro de Convenções de Tel Aviv sediará a tradicional afterparty do orgulho realizada por Ofer Nissim, um DJ israelense. É semelhante a como o desfile tecnicolor do Orgulho de Tel Aviv esquece as origens da marcha do orgulho - a luta pelos direitos humanos, da qual quase não há vestígios deixados em um evento que agora celebra o capitalismo, a lavagem rosa e direitos que nunca realmente recebemos aqui.

A próxima semana trará, mais do que nunca, um vislumbre da dissonância cognitiva em ação aqui. É uma viagem real: na bolha de Tel Aviv, milhares celebrarão o orgulho e o amor, enquanto o militarismo e a violência serão festejados ao lado deles. E isso não é novidade - todos os anos, soldados uniformizados marcham na parada do Orgulho LGBT de Tel Aviv, representando iniciativas que visam a igualdade para LGBTQs nas FDI, mesmo que sejam participantes ativos na repressão e violência contra a população civil.

Também estarão presentes no desfile os membros do Shin Bet, que participam de torturas e abusos. E tudo isso acontecerá em uma terra de onde os palestinos foram expulsos em 1948, e em uma praia que muitos residentes da Cisjordânia não podem visitar devido às severas restrições à sua liberdade de movimento.

A luta LGBTQ foi, em seu início, uma luta pelo direito à vida, segurança e autodeterminação. Mas esses direitos são sistematicamente e brutalmente negados aos palestinos - e pelas mesmas instituições e líderes que se beneficiam do marketing positivo de Israel como um país que salvaguarda os direitos de (parte) da comunidade LGBTQ.

Também está programado para a segunda semana de junho o INsecurity: The Military Industries Shadow Conference, realizado por Hamushim, um projeto da Coalizão de Mulheres pela Paz. Representantes de países que usam armas israelenses falarão sobre como a nova tecnologia militar é desenvolvida aqui, a ligação entre a ocupação e a indústria de armamentos e a supervisão deficiente das exportações militares.

A conferência também examinará essas questões e a ideia de “segurança” em geral, a partir de uma perspectiva feminista. O objetivo é tentar entender como as indústrias que ostentam o termo “segurança” realmente lucram com a ocupação e a violação dos direitos humanos, e o preço que muitas pagam por isso.

Tanya Rubinstein é a co-coordenadora da Coalizão de Mulheres pela Paz. Este artigo foi publicado pela primeira vez em hebraico na Haokets. Traduzido por Natasha Roth.


Jerusalém e Tel Aviv, cidades paralelas

Quando planejei originalmente a mensagem deste mês & # 8217s, não tinha ideia de que a abriria com uma oração pela segurança e o bem-estar de três meninos israelenses que foram sequestrados por terroristas no caminho do internato para casa.

Desde o início da manhã de sexta-feira, esses três alunos se tornaram todos os nossos meninos. Estamos todos pensando e falando sobre eles em Israel e em todo o mundo judaico.

Portanto, abro minha mensagem hoje com uma oração pelo retorno seguro de Gilad, Naftali e Eyal para suas famílias, e pelo retorno seguro de todas as forças de segurança agora envolvidas nesta operação. Vamos todos esperar por shalom. Um homem.

Na última terça-feira, o Parlamento de Israel elegeu Reuven Rivlin como o 10º presidente dos Estados Unidos. Rivlin é membro do partido Likud e ex-presidente do Knesset, o parlamento israelense. Rivlin segue Shimon Peres & # 8217 muito bem sucedido mandato de sete anos.

Rivlin nasceu em Jerusalém e é um jerosolimita por dentro e por fora. Shimon Peres cresceu em Tel Aviv e viveu lá durante a maior parte de sua vida. O estilo de Rivlin & # 8217 será um estudo em contrastes com o de seu antecessor, assim como as duas cidades de onde cada um vem.

Jerusalém, localizada no leste de Israel & # 8217, é onde os antigos ventos orientais sopram espiritualidade, névoa e santidade enchem o ar com sons antigos, cheiros exóticos e locais coloridos que dominam todos os sentidos. Tel Aviv, localizada no oeste de Israel, nas margens do Mar Mediterrâneo, é onde as ondas quebram na areia pura, trazendo com elas modernidade, sensibilidade contemporânea, novas influências e novos começos.

Há duas semanas, no dia 28 do mês hebraico de Iyar (28 de maio), Jerusalém celebrou o Yom Yerushalayim, o Dia de Jerusalém, que marca 47 anos de uma Jerusalém unida. Na semana passada, Tel Aviv celebrou a semana do Orgulho Gay, culminando com a 16ª parada do orgulho anual na sexta-feira pelas ruas da cidade.

Jerusalém e Tel Aviv, duas cidades muito distintas com personalidades muito distintas, como Washington DC e Nova York, como Berlim e Munique. Duas cidades a menos de 40 milhas uma da outra e tão diferentes, tão distantes.

O Talmud diz: & # 8220 Dez medidas de beleza desceram ao mundo & # 8211 nove foram tomadas por Jerusalém, uma pelo resto do mundo. & # 8221 (Talmud: Kiddushin 49B).

‘Lonely Planet’ classifica Tel Aviv entre as 10 melhores cidades cheias de ação e uma das mais vibrantes do mundo em vida noturna.

Existem aqueles que amam Jerusalém e não suportam Tel Aviv. E há pessoas de Telavive que consideram Jerusalém em outro planeta.

Eu me considero sortudo por poder passar pelas paredes de Jerusalém todos os dias e admirar sua glória e beleza. Eu nasci em Jerusalém e era apenas um bebê quando a cidade foi libertada e unida. Quando criança, eu adorava ouvir as histórias dos meus pais sobre a vida em Jerusalém antes de junho de 1967, quando os judeus não podiam entrar na metade oriental da cidade, não podiam chegar ao Muro das Lamentações, o Kotel, algo que todo grupo de turistas que chega aqui assume como certo.

Jerusalém com sua santidade e bagagem política & # 8212 onde cada pedra sussurra a história dessa cidade & # 8217, uma história que remonta ao quarto milênio aC & # 8212 pode ser intimidante para alguns. O peso da história e da tradição faz com que muitos anseiem por algo mais leve, gratuito e descomplicado. Tel Aviv representa exatamente isso: uma cidade nova, branca, moderna, livre de complicações e narrativas complexas. Tel Aviv é a capital econômica, cultural e das festas de Israel, um lugar onde você pode ouvir uma orquestra de classe mundial tocar Mahler ou dançar a noite toda ao som de DJs internacionalmente famosos. Se Jerusalém é sobre espírito, antiguidade, guerras, política, glória e santidade, Tel Aviv é sobre modernidade, arte, música, praias e negócios. Se Jerusalém é sobre homus e falafel, Tel Aviv é sobre gastronomia molecular e sushi.

As celebrações do Orgulho Gay da semana passada nas ruas de Tel Aviv aumentaram muito nos últimos anos. Um desfile de várias horas se transformou em uma semana sólida de folia e acontecimentos pela cidade.

Vinte e dois membros do grupo LGBTQ Boarding Pass do JCC Israel Center se juntaram a milhares de israelenses e turistas de todo o mundo no desfile. Enquanto as bandeiras coloridas do arco-íris da comunidade LGBTQ enchiam as ruas de Tel Aviv, nosso grupo vivenciou o Israel clássico e o Israel contemporâneo através das lentes da comunidade gay daqui. Ou seja, nosso grupo teve uma experiência em Jerusalém e em Tel Aviv.

Eu amo Tel Aviv, mas concordarei com nossos sábios como disseram no Talmud, & # 8220Não há beleza maior do que Jerusalém. & # 8221

Hadag Nachash, uma das bandas musicais mais populares e influentes de Israel, canta "Here I Come". Abaixo estão algumas das letras.

Jerusalém, uma cidade que vale uma explosão
andar na rua é como reunir os exilados
mil culturas, todo mundo tem um irmão e nove irmãs
Árabes em ordem, ultraortodoxos na sala de estudos
e todos estão recebendo Deus aqui & # 8211 em uma frequência
depois que o estádio Teddy de Jerusalém e # 8217s queimou rapidamente
dia a dia Tel Aviv brilhava mais
amigo saiu ou se aproximou do criador dos céus
cinza, chato, sem mar
pensamentos sobre sair
três anos demorei para tomar a decisão
Eu coloco meus pertences na mala
da aldeia para a cidade na direção da descida
Tel Aviv e # 8211 aqui vou eu
Estou chegando & # 8211 aqui vou eu.


Uma semana em Tel Aviv, Israel, com um salário de $ 50.000

Bem-vindo ao Diários de Dinheiro, onde estamos enfrentando o que pode ser o último tabu enfrentado pelas mulheres trabalhadoras modernas: dinheiro. Estamos perguntando aos millennials como eles gastam seu dinheiro arduamente ganho durante um período de sete dias - e estamos monitorando cada dólar que resta.

Hoje: uma redatora de marketing de conteúdo que ganha US $ 50.000 por ano e gasta parte de seu dinheiro esta semana em um difusor de óleo essencial.

Nota do Editor: Todas as moedas foram convertidas para USD.

Ocupação: Escritor de marketing de conteúdo
Indústria: Fintech
Era: 24
Localização: Tel Aviv, Israel
Salário: $50,000
Valor do cheque de pagamento (1x / mês): $3,500
Identidade de gênero: Mulher

Despesas mensais
Renda: $ 1.282 (eu me mudei com meu parceiro, P., durante o verão e o lugar estava bem destruído, então ele pagou por todo o trabalho para consertá-lo. Então, em vez de pagar pela metade na época, eu estou pagando de volta cobrindo o aluguel. Ele começará a pagar a metade no mês que vem. Ele também cobre os serviços públicos.)
Empréstimos:
Tutor de hebraico: $160
Associação de ioga: $99
Aposentadoria / Seguro Nacional / Impostos (deduzidos do meu salário): $770 Plano de saúde: $25
Celular: $25
Poupança: $ 5.000 em economia + $ 30 adicionados automaticamente a cada mês
Assinatura do City Car: $8

Dia um

7h35 - Meu despertador toca e me dou alguns minutos para acordar. É difícil sair da cama, mas sei que quanto mais eu adiar, mais difícil será. Eu só quero dormir com P. Levanto às 7h40 e estico minha esteira para um fluxo matinal suave, apenas para colocar meu corpo em movimento. Meu irmão recentemente começou a fazer isso todos os dias e ele recomendou que eu tentasse. É bom levar alguns minutos para verificar como meu corpo se sente antes de o dia começar, quando minha mente ainda está clara e organizada.

8h - Sinto-me melhor após a breve prática de ioga. Mais acordado e menos grogue. Eu tomo um banho rápido, tomo meu B12 (eu sou vegano, então isso é obrigatório) e me visto. Eu realmente não me esforço para me preparar para o trabalho. Todo mundo se veste bem casualmente e eu simplesmente não gosto de gastar dinheiro com roupas. Coloquei jeans e uma camiseta. Eu me aconchego um pouco com P. antes de sair. É sempre difícil sair de manhã, mas sempre digo a mim mesma que quanto mais cedo eu chegar ao trabalho, mais cedo posso chegar em casa. (As horas de trabalho padrão em Israel são 9-6).

8h30 - Chego ao trabalho e o chão está vazio, exceto por dois designers que sempre chegam às 8h (ambas são mães e saem mais cedo para pegar seus filhos - as empresas israelenses de alta tecnologia tendem a ser muito flexíveis quando trata-se de horários de trabalho flexíveis para os pais). Subo para fazer um café gelado. Há uma máquina de café barista séria que faz um café realmente bom. Definitivamente torna as manhãs mais fáceis.

10h30 - Eu verifico meus e-mails e continuo trabalhando em um dos meus blogs. Eu me sinto mais produtivo e criativo pela manhã. Geralmente esqueço de tomar um café da manhã decente porque o café da manhã me enche. Mas, eu não quero morrer de fome ao meio-dia, então vou para a cozinha do escritório para fazer um pouco de aveia.

13:00 - Peço um burrito vegan no Wolt (um serviço de entrega de comida) com um dos meus colegas de trabalho. Temos um enorme prédio de escritórios, mas quase não há espaço para comer. Sentamos em uma mesa vazia e almoçamos. Normalmente, eu gosto de sair e fazer recados para o almoço e tomar um pouco de ar fresco. Mas, se alguém está encomendando Wolt, geralmente estou dentro. $16.30

14:30 - Não tenho reuniões hoje. Comecei a trabalhar aqui há cerca de cinco meses. No começo, eu realmente adorei. Mas, nos últimos dois meses, não me senti desafiado o suficiente. E comecei a perceber que não há muitas oportunidades de crescimento. Eu me senti um pouco preso e também me esforcei para fazer conexões boas e significativas com as pessoas aqui, especialmente com meu chefe. Apesar dos meus problemas, para Israel, é um bom lugar para se estar.O salário é maior do que a média, eles oferecem bons benefícios, um ambiente de trabalho confortável e é bom para o meu currículo. Meu plano é esperar e ver como as coisas ficam depois de estar aqui por um ano inteiro.

17:15 - Eu odeio que já esteja escuro às 5! Eu tenho um dia muito lento e termino a escrita que queria, então vou para a minha aula de hebraico. Quero parar no caminho em uma loja de decoração bonita que estou de olho. Apesar de P. e eu nos mudarmos para a nossa casa há cerca de quatro meses, ainda sinto que sempre posso fazer mais decoração! Antes de morar com P. eu não gostava de gastar dinheiro montando meu espaço porque nunca parecia realmente permanente ou como se eu pudesse me ver ficando lá em um futuro previsível

17:45 - Assim que entro, encontro exatamente o que estou procurando! (Eu sabia que iria encontrar algo, adoro neste lugar!) Compro uma pequena bandeja de bambu que é perfeita para a sala de estar. Eu queria algo para segurar todas as velas que atualmente estão espalhadas sobre a mesa. $15.70

18h - Eu chego na casa do meu tutor e conversamos sobre nosso fim de semana. Lembro que quando fui comprar sabão em pó, não consegui dizer qual era o sabão! Eu morei em Israel por dois anos, mas acho que sempre confiei no rótulo inglês que a maioria das marcas genéricas tem. Mas, desta vez, eu estava decidido a comprar uma marca vegana orgânica e nenhuma das garrafas tinha inglês! Eu tive que perguntar à senhora do check-out. Conto a ele sobre isso e explico que, na verdade, existem três palavras em hebraico para dizer "lavar". Apenas um deles é usado especificamente para lavanderia e nada mais. Eu escrevo todos os três e rio porque ... hebraico! Eu realmente quero me tornar fluente um dia, mas é difícil para mim acreditar que chegarei lá.

19:30 - Eu chego em casa, tomo um banho e coloco um pijama. Eu faço um pouco de ioga apenas para alongar, porque minhas costas doem de ficar sentado o dia todo.

20:00. - Para o jantar, preparo uma sopa farta com os vegetais que comprei no dia anterior - batata, alho-poró, cebola, couve-flor e cenoura. P. e eu jantamos enquanto assistíamos juntos a uma série de hebraico, algo que temos feito mais recentemente para me ajudar com meu hebraico. Ele precisa parar às vezes e traduzir um pouco, mas ainda é hilário! P. me ajuda a lavar a louça e eu faço crochê. Eu adorava fazer artesanato e recentemente voltei a fazê-lo. Acho que é super meditativo e adoro fazer algo criativo para terminar o dia.

22:00 - P. trabalha um pouco enquanto assisto a um Olho Queer episódio. Eu amo isso. Recentemente terminei de ler as memórias de Jonathan Van Ness e simplesmente o amo mais! Ele é tão inspirador e sempre me lembra de tomar essas pequenas ações de amor-próprio.

Total diário: $ 32

Dia dois

7h40 - Meu alarme dispara. Quero continuar dormindo, mas digo a mim mesma que vou me sentir melhor depois da ioga. Eu acordo e rolo meu tapete.

8h - Eu tomo um banho e depois do episódio da noite passada, eu canalizo meu Van Ness interior e levo alguns minutos extras para me arrumar. Eu adoro usar o óleo essencial I Am Love da FRE. É uma mistura de azeite de oliva, ylang ylang, rosehip e alguns outros óleos e tem o cheiro do céu. Eu uso algumas gotas e massageio suavemente no rosto com meu rolo de jade.

8h20 - P. ainda está dormindo, mas me enrolo ao lado dele para lhe dar um abraço de despedida.

8h30 - Só tenho uma caminhada de 10 minutos para o trabalho. Eu faço meu café, verifico e-mails e trabalho em alguns posts no blog.

11h - Faço uma pausa para fazer minhas compras online. Normalmente, eles estão esgotados das coisas que eu quero, mas hoje eles estão totalmente estocados. Eu pego pão de chocolate, canela e semente de papoula, dois tipos de queijo vegan, ravióli vegan e pesto. $60

13h15 - Eu peço Wolt de novo! Há um almoço de equipe, mas é sempre uma bagunça de 20 pessoas tentando fazer o pedido e leva uma eternidade. Eu fico com dois outros colegas de trabalho. Nós pedimos de um restaurante italiano e eu pego uma massa vegana com pesto. $11.70

19:00 - Os mantimentos são entregues. Percebo que o pão que pedi não tem glúten ... e a barra de chocolate é minúscula! Totalmente caro. Bem, a desvantagem de fazer compras online - eu saberei na próxima vez !. Todo o resto está ótimo.

20:30. - Vou fazer minhas sobrancelhas, algo que nunca fico mesquinho e sempre adoro gastar porque ter sobrancelhas modeladas me faz sentir melhor comigo mesmo e me dá aquele impulso de confiança. $22.90

9.30 da noite. - A mãe de P. passa por aqui e deixa alguns alimentos que ela fez para nós! Tão doce. Eu faço o ravióli e o pesto para o jantar. Comemos assistindo ao noticiário - ainda não totalmente lá com meu hebraico, mas novamente uma boa prática!

22:00 - Eu li meu livro (atualmente Talvez você deva ver alguém por Lori Gottlieb - recomendo!) e P. faz alguma codificação para o site que está construindo.

23:30. - Eu caí no sono. P. é uma coruja noturna e geralmente fica acordada muito mais tarde do que eu. P. vem para a cama por volta das 2. Nós brincamos um pouco e fazemos um ao outro rir. Gosto de acordar quando ele vem para a cama porque gosto da sensação de adormecerem juntos.

Total diário: $ 94,60

Dia três

7h50 - Acordo 10 minutos depois porque esta manhã há uma aula de ioga corporativa (um grande benefício!). Arrumo uma muda de roupa e saio às 8:20.

8h30 - Chego ao trabalho e como uma banana antes da aula.

10h - A aula de ioga foi tão difícil! O professor é ótimo, mas muito duro. Tomo banho e volto para o escritório.

1:30 da tarde. - Na hora do almoço, quero algo leve, então pego uma salada pequena. Vamos sair mais tarde com a família de P., então sei que teremos um grande jantar e não quero estar muito cheio no almoço. $8.50

17:30. - Hora feliz! O happy hour de hoje é pizza. É incrível! Eu pego uma fatia de pizza vegana. Normalmente, pizza vegana é terrível, mas esta é tão boa! Eu paro no meu caminho para casa para comprar algumas uvas e romã (o favorito de P.). $14.30

19:30 - Vamos ao que eu acho o melhor restaurante vegano de Tel Aviv. Pedimos um kebab de cordeiro à base de soja que tem um sabor incrível a kebab grelhado! Eu não sei como eles fazem isso. Pedimos vários outros pratos e alguns coquetéis saborosos. Sempre nos divertimos muito juntos. A família de P. paga.

22:00 - P. paga por uma scooter Bird e vamos para a festa de aniversário de um amigo de P.. É bom e eu tenho uma boa conversa com C. e D., mas depois que eles saem, não tenho mais ninguém com quem conversar e me perco nas conversas em hebraico. Estou muito cansado, mas tente pegar o que puder.

12h30 - Eu sinalizo para P. que estou me sentindo pronto para ir. Nos despedimos e partimos por volta das 12h30. Eu pago pela scooter Bird em casa. Eu pulo atrás dele (adoro quando fazemos isso) e seguro nele enquanto voamos pela cidade ao longo da praia, a lua refletindo no mar. $3.29

Total diário: $ 26,09

Quarto dia

10h - Acordamos com o alarme. Temos a tendência de dormir até tarde nos fins de semana e depois nos arrepender quando a tarde inteira está praticamente acabada! Nós nos abraçamos e ficamos na cama até as 11:30.

12h - Comemos frutas e depois vamos para a praia. Vivemos do outro lado da rua da praia, o que é incrível! Até agora, está bastante quente para novembro e a água tem estado muito plana e perfeita para nadar. Nós dois nadamos e relaxamos ao sol. Conversamos um pouco na praia sobre meu trabalho. Conto a ele como estou um pouco farto de grandes tecnologias. Antes de trabalhar aqui, trabalhei em uma start-up muito pequena e foi totalmente diferente, me senti valorizada e como parte da equipe. Eu estava tão nervoso com a ideia de me candidatar a este emprego e tive certeza de que não era bom o suficiente. Agora, eu realmente sinto que poderia ter negociado por um salário melhor.

14h00 - Voltamos para casa para almoçar e comer algumas sobras que a mãe de P. nos deu. A gente relaxa em casa, eu faço macramê e limpo a casa.

18h - Vamos para a casa da mãe de P.. Sua irmã e seu marido se juntam a nós. Ela pede sushi para todos nós. Comemos juntos e o cunhado de P. faz tapioca para sobremesa! Ficamos lá até tarde porque P. está consertando o computador de sua irmã. Estou com sono e adormeço no sofá.

2h - Voltamos para casa. Eu estou acordado neste momento, então eu faço um chá para nós. Ele trabalha um pouco mais até que finalmente consegue resolver o problema. Vamos para a cama por volta das 3.

Total diário:

Quinto dia

10:45 - Programei meu despertador para evitar dormir a manhã toda. Eu fico na cama até por volta das 11h15. Normalmente, eu faço panquecas no sábado de manhã, mas estou com muito sono, então saio para pegar o café da manhã enquanto P. dorme.

11h30 - Caminho alguns minutos até o bairro iemenita - nossa parte favorita de Tel Aviv e a razão pela qual procuramos um apartamento aqui. Eu para conseguir um pão iemenita chamado Jachnun. Adoro passear pela vizinhança nas manhãs de sábado. É muito tranquilo, com poucos cafés abertos. Costumo comprar um café, mas resolvo fazer em casa. $15.40

12:30 - Faço café, tomamos brunch, lavo roupa e depois nos arrumamos para ir à praia.

1:30 da tarde. - Nos encontramos com os amigos dele na praia e de novo, como não tem ondas, é perfeito para nadar. Passamos um tempo na água e depois relaxamos na praia.

3:30 da tarde. - Voltamos para casa e eu esquento os restos de sopa para um almoço tardio. Assistimos TV, aninhamo-nos no sofá, fazemos sexo e depois adormecemos para tirar uma soneca. Eu amo sábados preguiçosos como este.

19:00 - P. sai com esse primo. Não tenho muito na geladeira, mas faço lentilhas ao curry com leite de coco e arroz e faço o suficiente para levar para o almoço.

23:30. - Eu leio na cama e adormeço. P. chega em casa e lê na cama comigo.

Total diário: $ 15,40

Dia seis

7h40 - Não importa o quão bem eu durma, é sempre difícil acordar aos domingos (em Israel, os dias úteis são de domingo a quinta-feira). Eu me forço a acordar para uma breve prática de ioga.

7h50 - Tomo banho e me aconchego por 10 ou 15 minutos com P. antes de ir para o trabalho.

8h30 - Finalmente entendi como fazer o melhor café! Nos últimos meses, eu tinha acabado de fazer café gelado porque não conseguia descobrir o espumante de leite! Acontece que eu só tive que aumentar a pressão da água quente. Eu faço um cappuccino espumoso de soja.

1:30 da tarde. - Eu normalmente não levo almoço, mas hoje trago as lentilhas e o arroz que fiz ontem à noite. Eu como com alguns dos designers. Eles são tão amigáveis ​​e fáceis de conversar. Eu gostaria de ter mais chance de trabalhar com eles e conhecê-los.

17:15 - Feito! Os domingos são sempre difíceis. Sinto-me impaciente por voltar para casa. No caminho para casa, vou ao supermercado orgânico. É mais caro, mas a qualidade é ótima. Eu realmente acho que a terapia de compras de supermercado é uma coisa! Sempre me sinto melhor depois de escolher minhas frutas e vegetais e pensar nas receitas que quero fazer. Compro macarrão, leite de aveia, molho de tomate, tofu, tomate, cebola verde, feijão verde, cebola e banana. $24.20

18h - Eu estava indo para a ioga, mas levo meu tempo desempacotando as compras e decido que prefiro me organizar em casa. Asso muffins de banana para P.

19:30 - Eu faço o jantar para mim, P. vai visitar a avó. Eu faço tofu, refogado em manteiga vegana e leite de coco e um pouco de arroz basmati orgânico.

20:30. - A irmã de P. me liga e me diz que encontrou uma corda bonita para macramê e me convida. Eu amo sair com ela. Eu levo uma scooter para a casa dela. Ela mora no apartamento mais lindo. Sua varanda fica sob uma árvore enorme e ela tem toneladas de plantas, então parece uma selva na cidade. $3.10

22:30. - Eu pego uma scooter de volta para casa, assistir Amigose depois adormece. P. chega em casa e me dá um abraço de boa noite. Ele fica acordado até mais tarde para fazer algum trabalho. Por trabalhar em casa, ele tem horários mais flexíveis. $3.12

Total diário: $ 30,42

Dia sete

7h15 - Eu acordo com nosso vizinho gritando! Ela grita pelo que parece uma eternidade. Estou muito cansado para entender o que ela está gritando, mas ela parece muito chateada. Ela grita sem parar por cerca de 15 minutos.

7h30 - Tomo banho, me visto e coloco uma muda de roupa para fazer pilates (temos pilates no trabalho às segundas-feiras).

8h20 - Dou um abraço de despedida em P., coloco meu almoço (sobras) e caminho para o trabalho.

8h50 - Eu vou para pilates (adoro que minha empresa ofereça essas aulas). Somos apenas três nesta semana, então ela torna a aula realmente desafiadora! Minhas pernas estão tremendo no final! Os alongamentos são bons e sei que ficarei dolorido amanhã.

1:30 da tarde. - Eu como meu almoço e depois vou comprar algumas coisas. Eu gosto de fazer recados na hora do almoço, isso limpa minha cabeça. Compro três anéis de madeira para os cabides de macramê que quero fazer. Sinto que os materiais artesanais são muito mais caros aqui. Não temos nada como Michael ou Target. Vou até a loja ao lado que vende todos os tipos de produtos domésticos e compro um queimador de óleo essencial, algo que há um tempo queria experimentar. Tenho um infusor no meu quarto, mas quero um para a sala de estar. Quando chego em casa depois do trabalho, adoro queimar velas ou sálvia ou qualquer coisa para encher a casa com um cheiro calmante. Eu realmente valorizo ​​o tempo que tenho depois do trabalho como meu tempo para recarregar as baterias e relaxar antes de ter que ir para outro dia de trabalho. $22.10

13h45 - Vou na livraria ao lado comprar um jogo de cartas P. e joguei enquanto estávamos na Jordânia e amávamos! Nós ficamos em um albergue e à noite nós saímos com alguns outros israelenses que nos mostraram este jogo de cartas. Livros e jogos também são muito caros aqui, eu acho! $25.40

17:30. - Nas últimas semanas, meus olhos ficaram muito secos e doeram muito durante o dia. Preciso marcar uma consulta com um oftalmologista, mas continuo adiando. Meus olhos doem tanto que, no final do dia, mal posso esperar para simplesmente sair do computador e sair do escritório.

18h30 - Eu faço macramê quando chego em casa, estou fazendo um cabide de plantas para a irmã de P. com a corda que ela me deu. É muito bom. Eu gostaria de poder apenas freestyle e não seguir um padrão, mas o resultado é muito melhor quando eu faço.

20:30. - Eu faço um jantar maior do que o normal - feijão verde, macarrão com pesto e pequenas batatas assadas no forno com especiarias de batata, sumagre e páprica. Recentemente, comecei a comprar mais especiarias e isso fez toda a diferença para preparar jantares rápidos que realmente têm um gosto bom. P. me ajuda e faz uma salada Caprese vegana com a mussarela vegana que pedi na semana passada, cara, mas vale muito a pena.

22:00 - P. me ajuda com a louça. Termino de fazer o cabide de plantas. Assistimos ao noticiário e adormeço no colo de P..

23:30. - Vamos para a cama e assistir alguns Como conheci sua mãe. Já vi todos os episódios, mas é o programa perfeito para assistir antes de dormir.

Total diário: $ 47,50

Os Diários do Dinheiro têm como objetivo refletir as experiências individuais das mulheres e não refletem necessariamente o ponto de vista da Refinery29. A Refinery29 de forma alguma incentiva atividades ilegais ou comportamentos prejudiciais.

O primeiro passo para colocar sua vida financeira em ordem é monitorar o que você gasta - para tentar por conta própria, confira nosso guia para gerenciar seu dinheiro todos os dias. Para mais diários de dinheiro, clique aqui.

Você tem um diário financeiro que gostaria de compartilhar? Envie conosco aqui.

Gostou do que está vendo? Que tal um pouco mais de bondade R29, bem aqui?


Tel Aviv Fashion Week: a semana que foi!

Esta foi uma referência muito importante para Israel e é o primeiro grande passo para colocar Israel no mapa da moda & # 8211 é o primeiro desfile internacional de moda em 30 anos! A imprensa estrangeira também esteve presente, além do convidado especial, o estilista italiano Roberto Cavalli. O evento foi realizado em conjunto com o Ministério do Turismo de Israel e repórteres e convidados especiais fizeram visitas guiadas às belas e históricas cidades de Israel.

A Tel Aviv Fashion Week (TLVFW) aconteceu de 21 a 23 de novembro de 2011 em uma grande marquise atrás da Estação (HaTachana), A nova área de varejo de Tel Aviv ocupando a lindamente restaurada estação de trem do Império Britânico. Por meio do TLVFW, os designers de moda israelenses tiveram a oportunidade de mostrar seu talento e criatividade para a comunidade internacional.

O evento foi liderado pelo Sr. Ofir Lev, fundador e CEO, TLVFW e gerente geral da Associação de Moda Têxtil de Israel, juntamente com Moti Reif, que iniciou a organização da Imprensa Estrangeira.

Yaniv Persy

Pode-se ver claramente as influências parisienses nas criações deste jovem designer. A coleção predominantemente preta e de couro tinha linhas clássicas com toques modernos angulares. Esta linha de outono 2012/13 está muito em sintonia com a tendência geral de S & ampM.

Yossef

Seu estilo de vanguarda balançou a pista - literalmente! As estampas e as inspirações roqueiras estavam lá - mas também havia um lado mais suave. Os vestidos brancos eram leves e ondulados, se encaixavam perfeitamente na forma feminina sem restringi-la, e tinham o suficiente de vigor para permanecer inequivocamente - Yossef.

Roberto Cavalli

Sua coleção primavera / verão 2012 foi espetacular! Melhor descrito como um rock boêmio e uma socialite sofisticada, ele apresentava vestidos esvoaçantes e peças separadas sob medida. Fiel ao seu estilo característico, havia muitas lantejoulas, estampas e penas. Seus deslumbrantes vestidos brancos embelezados com brilho e penas realmente roubaram o show e sinalizaram outra tendência transportada de temporadas anteriores.

Pas Pour Toi

O designer Dorit Bar Or apresentou uma bela coleção toda preta de coquetéis e roupas de noite com delicadas contas douradas e pretas. Foi uma espécie de retrocesso ao final dos anos 80 e início dos anos 90 que estavam voltando em grande estilo, mas sem as cores fortes parecia um pouco abaixo do esperado. As intrincadas contas costuradas à mão, inspiradas no Oriente Médio, eram lindas, mas, infelizmente, Dorit não acrescentou nada de novo ou inventivo aos visuais empolgantes daquela época.

Gideon Oberson

Ele apresentou uma coleção em preto e branco estonteante e aerodinâmica que deixou os detalhes geométricos como dobras, recortes, decotes e tramas tomarem o centro do palco. Não se chamaria de mínimo, mas era discreto de uma forma bonita e incomum. O cabelo penteado para trás e a dramática maquiagem dos olhos contribuíram para a apresentação marcante. Ele era o nosso favorito do dia.

Próximos Designers

10 designers promissores e promissores mostraram suas pequenas coleções nesta importante apresentação. Um deles foi escolhido por um comitê internacional de especialistas para receber apoio / exposição internacional e um desfile na semana de moda italiana.A estrela deste desfile foi Israel Ohayan, suas criações lembraram Alexander McQueen e se destacaram nas coleções mais convencionais apresentadas ao longo da semana. Os tons de cores suaves realmente permitem que os designs arquitetônicos e os detalhes precisos e de construção brilhem.

Ishtar

Os modelos foram enviados para a passarela descalços, o que foi uma mudança de ritmo bem-vinda. Sua coleção foi inspirada no artesanato e na herança do Oriente Médio e foi dominada por todos os tons de branco em belos brocados de Damasco, sedas e algodões egípcios. Suas peças para a cabeça eram delicadas e impressionantes - em total contraste com o show anterior. Era terreno, feminino, elegante e atemporal!

Designers da Shenkar

Oito alunos proeminentes da Shenkar, de diferentes níveis de classe e estilos variados, apresentaram suas pequenas coleções neste show combinado. Foi uma produção muito esperada, pois todos estavam curiosos para saber o que esperar da próxima geração de design de moda israelense. Os alunos apresentaram peças marcantes que superaram todas as expectativas! Havia vestidos de renda delicados, criações dramáticas de veludo, estonteantes de seda e designs de tricô evasivos.

Alon Livne

As celebridades compareceram com força total para o evento de encerramento do TLVFW! A coleção Primavera / Verão 2012 de 40 looks inspirou-se na era vitoriana.


Onde você começa e onde você transcende todas essas energias Chega, que ano louco foi & # 8211 o que estávamos dispostos a fazer e o quão longe estávamos dispostos a viajar por alguns momentos mágicos de silêncio, de embriaguez, de música magnética e amigos . Como sentimos saudades da multidão, dos rolos, das noites que terminam pela manhã, dos sorrisos que enchem a mente, da dança até doer as pernas, do êxtase, desse transe que tudo se confunde e fica tão claro. Por este momento temos esperado e aqui está & # 8230 Voltando a respirar, voltando a ficar animado. Consulte Mais informação.


Embora não seja o método mais amigável para o seu bolso, pegar um táxi ainda é uma maneira popular e fácil de se locomover pela cidade. Para mais informações sobre táxis, clique aqui.

Caminhar é de longe a maneira mais agradável de se locomover pela cidade. Como Tel Aviv não é grande, ir de uma ponta a outra não levará muito mais do que uma hora. Com um clima excelente o ano todo, caminhar é uma ótima maneira de obter vitamina D e fazer exercícios. Encontrar o caminho é muito fácil com o Google Maps. Se você não tiver um serviço de telefone celular quando estiver aqui, baixe um mapa off-line e você estará pronto para começar!

Visitando Tel Aviv? Junte-se a uma de nossas viagens por Tel Aviv, como a Street Art Tour ou o Tour no Carmel Market.


Assista o vídeo: Huge Protest in Israel Against Health Pass u0026 Restrictions #NoGreenPass #Israel #Protest #Massive